A ONG Ação Moradia: influência do terceiro setor na periferia

Autores

  • Milena Abadia de Sousa Universidade Federal de Uberlândia.
  • Gabriel Humberto Muñhoz Palafox Universidade Federal de Uberlândia.

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v17i71.8645141

Palavras-chave:

Espaço urbano. Periferia. Terceiro setor. ONG. Formação humana.

Resumo

O presente artigo tem como objetivo descrever e analisar a história, estrutura e funcionamento da ONG “Ação Moradia” localizada na periferia da cidade de Uberlândia/MG, bem como os limites e possibilidades da sua contribuição no âmbito do Terceiro Setor brasileiro. A pesquisa é resultado de uma Dissertação de Mestrado realizada no Programa de Pós-Graduação em Educação, na linha de pesquisa “Estado, Política e Gestão da Educação”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Milena Abadia de Sousa, Universidade Federal de Uberlândia.

Mestre em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade Federal de Uberlândia, na linha de pesquisa em Estado, Política e Gestão da Educação.Também Graduada em Geografia/Licenciatura pela Universidade Federal de Uberlândia. 

Gabriel Humberto Muñhoz Palafox, Universidade Federal de Uberlândia.

Licenciado em Educação Física pela Escola Superior de Educação Física - ESEF do México (1977-1980), Mestre em Supervisão e Currículo (1989) e Doutor em Educação e Currículo (2001), ambos pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. É Professor Titular da Universidade Federal de Uberlândia - UFU, lotado na Faculdade de Educação Física - FAEFI e professor permanente, membro da linha de Políticas e Gestão da Educação do Programa de Pós-graduação em Educação da Faculdade de Educação da UFU. Atua nas áreas de políticas públicas da Educação; formação continuada de professores/as do ensino básico, e Metodologia e Planejamento da Educação, Educação Física Escolar e Educação Popular. Coordena o Núcleo de Estudos em Planejamento e Metodologias da Cultura Corporal - NEPECC da FAEFI/UFU. Além de assessorar entidades e movimentos sociais, desde 2004 atua no processo de implantação e desenvolvimento de cooperativas populares no contexto da Economia Solidária. Foi Pró-reitor de Extensão, Cultura e Assuntos Estudantis da UFU nas gestões 2001-2004 e 2005-2008 e Coordenador Geral do Centro de Incubação de Empreendimentos Populares Solidários - CIEPS/UFU no período 2008-2012. Atualmente coordena o Programa de extensão em articulação com pesquisa e ensino de desenvolvimento da Qualidade Ambiental em assentamentos da agricultura familiar (2015-2016).

Referências

AÇÃO MORADIA. Estatuto Social da ONG Ação Moradia. Uberlândia: 2004. 7 p. Disponível em: http://acaomoradia.org.br/wp/wp-content/uploads/2011/02/Estatuto.pdf Acesso em: 03 mar. 2015.

ARAÚJO SOBRINHO, F. L. Evolução Urbana e moradia popular em Uberlândia/ MG: Estudo de caso do Santa Mônica II. 1995. 131 f. Monografia Instituto de Geografia. Universidade Federal de Uberlândia. Uberlândia, 1995. Disponível em: http://www.geografiaememoria.ig.ufu.br/downloads/011_Fernando_Luiz_Araujo_Sobrinho.pdf. Acesso em: 12 mai 2015.

BRASIL. Censo Demográfico: 1980, 1991, 2004 e 2010, e Contagem da População 1996. Disponível: http://seriesestatisticas.ibge.gov.br/series.aspx?vcodigo=POP122. Acesso em: 05 mar. 2015.

CAMBA, S. V. ONGs e escolas públicas: uma relação em construção. São Paulo: Paulo Freire, 2009.

CARLOS, A. F.A. A cidade. São Paulo: Contexto, 2005.

COUTINHO, J. As ONGs: Origens e (des) caminhos. Disponível em: www.pucsp.br/neils/downloads/v13_14_joana.pd. Acesso em: 18 nov. 2015.

DAVIS, M. Planeta Favela. São Paulo: Boitempo, 2006.

FRANÇA FILHO, G. C. Terceiro Setor, Economia Social, Economia Solidária e Economia Popular: Traçando fronteiras conceituais. Revista Bahia Análise de Dados. Salvador. v. 12, n. 1, p. 9-19, junho 2002.

MARTINS, J. A pesquisa qualitativa. In: Fazenda, Ivani (Org.). Metodologia da pesquisa educacional. São Paulo: Cortez, 1994, p. 49-58.

MEIRA, J.C. ONGs e Reforma do Estado no Brasil: Ressignificação da cidadania ou esvaziamento político dos movimentos sociais? 2009. 183 f. Dissertação de Mestrado (Mestrado em História). Universidade Federal de Uberlândia: Uberlândia, 2009.

PALAFOX, G.H.M. Breves Considerações a Respeito do Materialismo Histórico- dialético. Mimeo, 2013.

PEREIRA, T. D. O Não Governamental em Questão: estudo sobre o universo ABONG. Rio de Janeiro: FASE, 2003.

PRÓ BONO. Manual do Terceiro Setor. São Paulo. 2005. Disponível em: http://www.probono.org.br/arquivos/file/manualterceirosetor.pdf. Acesso em: ago. 2015.

RAMIRES, J.C.L.; SANTOS, M.A.F. Percepção espacial da violência e do medo pelos moradores dos bairros Morumbi e Luizote de Freitas em Uberlândia/MG. Sociedade & Natureza, Abr/2009. Uberlândia. p. 131-145. Disponível: http://www.seer.ufu.br/index.php/sociedadenatureza/article/view/9463/5754 Acesso em: 05 jan. 2015.

SANTOS, M. Metrópole Corporativa Fragmentada: O Caso de São Paulo. São Paulo: Nobel, 1990.

TONET, I. A propósito de “Glosas críticas”. In: MARX, K. Glosas críticas marginais ao artigo “O rei da Prússia e a reforma social”. De um prussiano. Tradução Ivo Tonet. São Paulo: Expressão Popular, 2010, 80p.

Downloads

Publicado

2017-07-13

Como Citar

SOUSA, M. A. de; PALAFOX, G. H. M. A ONG Ação Moradia: influência do terceiro setor na periferia. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 17, n. 1, p. 290–307, 2017. DOI: 10.20396/rho.v17i71.8645141. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8645141. Acesso em: 18 set. 2021.

Edição

Seção

Artigos