A expressão do liberalismo na revista A Escola (1906-1910), no Paraná

Autores

  • Claudia Maria Petchak Zanlorenzi UEPG

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v16i67.8645239

Palavras-chave:

Liberalismo. Educação. Revista Pedagógica. Trabalho docente. Método Intuitivo. Revista A Escola

Resumo

Esta tese apresenta um estudo sobre a educação brasileira no início do século XX, tendo como fonte primária a revista A Escola, publicada em Curitiba-PR no período compreendido entre 1906 a 1910, e como objetivo discutir a disseminação da ideologia liberal nos primórdios republicanos no Brasil. Especificamente, propõe-se identificar as influências do liberalismo na educação, nas mudanças do trabalho docente e na propagação do método intuitivo como modelo ideal de ensino. A partir do pressuposto do materialismo histórico, os procedimentos metodológicos adotados na pesquisa seguiram as seguintes etapas: revisão bibliográfica,  levantamento e catalogação da Revista A Escola junto ao Arquivo Público do Paraná e Biblioteca Pública localizados em Curitiba, seleção dos artigos relevantes para o desenvolvimento da pesquisa e  análise e discussão dos artigos selecionados, tendo em vista os objetivos propostos para a pesquisa e a escrita da tese organizada em três partes. Na primeira seção, são abordados, os princípios do liberalismo, tomando por base os autores clássicos Locke e Smith, a fim de evidenciar o liberalismo como embasamento filosófico e político, bem como a sua utilização enquanto ideologia. Em seguida, analisa-se a relação entre liberalismo e Estado e a sua disseminação no Brasil após a proclamação da República. Trata, ainda, do liberalismo na educação, tendo como fonte a revista A Escola, abordando, especificamente, a educação escolar como redefinição do trabalhador livre e sua utilização como estratégia prioritária, fundamentada na Pedagogia Liberal durante a primeira República do Brasil. Culmina com a discussão sobre o trabalho docente e o método intuitivo como forma de homogeneização desta proposta. As reflexões que suscitam do estudo na revista A Escola, apontam os discursos, os anseios, as conveniências, os interesses da sociedade em relação à educação, fornecendo pistas sobre as repercussões e polêmicas instauradas, e mais, contribuindo sobremaneira para a compreensão das situações da contemporaneidade. Os resultados desse estudo permitem concluir que a educação no estado do Paraná, no início do século XX, foi marcada pela influência da ideologia liberal, e essa foi amplamente disseminada nas folhas da Revista A Escola.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Claudia Maria Petchak Zanlorenzi, UEPG

Possui graduação em Pedagogia pelo Centro Universitário de Araras ?Dr. Edmundo Ulson" e em Letras pela FECLI, atualmente Universidade Estadual do Centro-Oeste. Doutora em História da Educação pelo Programa de Pós Graduação da Universidade Estadual de Ponta Grossa (2014), bem como Mestre em Educação pela mesma universidade (2006).

Downloads

Publicado

2016-07-05

Como Citar

ZANLORENZI, C. M. P. A expressão do liberalismo na revista A Escola (1906-1910), no Paraná. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 16, n. 67, p. 310–310, 2016. DOI: 10.20396/rho.v16i67.8645239. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8645239. Acesso em: 25 out. 2021.

Edição

Seção

Resumo

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)