Estética, marxismo e educação: um diálogo necessário à contemporaneidade

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v17i2.8645852

Palavras-chave:

Estética. Marxismo. Educação.

Resumo

O presente artigo é resultado de pesquisa em Pós-graduação em Educação e objetiva contribuir para os debates contemporâneos sobre estética, literatura e educação. Toma como fundamento teórico o método de Marx que pousa o homem no centro da história, demonstrando que os objetos, inclusive os objetos espirituais, foram colocados na realidade pela ação consciente do homem, ou seja, pelo trabalho, bem como na teoria estética e literária lukacsiana. Discute a importância dessas teorias para os estudos contemporâneos acerca do papel da arte e da literatura, destacando como o professor de literatura pode ter sua práxis enriquecida por este conhecimento. Foi uma pesquisa bibliográfica de compreensão categorial para colaborar teoricamente com o trabalho do professor de literatura. Advoga uma práxis no ensino de literatura que considere a obra literária e seu caráter educativo diante do mundo dos homens.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Karla Raphaella Costa Pereira, Secretaria Estadual de Educação do Ceará

Doutoranda pelo Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Estadual do Ceará (UECE), professora da rede estadual de ensino do Ceará (SEDUC/CE).

Frederico Jorge Ferreira Costa, Universidade Estadual do Ceará

Doutor pelo Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira pela Universidade Federal do Ceará (UFC), Professor da Universidade Estadual do Ceará (UECE).

Referências

COSTA, Frederico Jorge Ferreira. Ideologia e educação na perspectiva da ontologia marxiana. 2007. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2007.

COUTINHO, Carlos Nelson; PAULO NETTO, José. Apresentação. In: LUKÁCS, György. Arte e sociedade: escritos estéticos 1932-1967. Organização e tradução de Carlos Nelson Coutinho e José Paulo Netto. 2. ed. Rio de Janeiro: Ed. da UFRJ, 2011. p. 8-20.

INFRANCA, Antonino. Estudio preliminar. In: VEDDA, Miguel. La sugestión de lo concreto: estudios sobre teoria literaria marxiana. Buenos Aires: Goria, 2006.

LIFSCHITZ, Mikhail. Prólogo. In: MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. Cultura, arte e literatura: textos escolhidos. Tradução de José Paulo Netto e Miguel Makoto Cavalcanti Yoshida. São Paulo: Expressão Popular, 2010.

LUKÁCS, Georg. A estética de Hegel. In: LUKÁCS, Georg. Arte e sociedade: escritos estéticos 1932-1967. Organização e tradução de Carlos Nelson Coutinho e José Paulo Netto. 2. ed. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2011. p. 43-86.

LUKÁCS, Georg. Arte livre ou arte dirigida? In: LUKÁCS, Georg. Marxismo e teoria da literatura. 2. ed. Tradução de Carlos Nelson Coutinho. São Paulo: Expressão Popular, 2010a. p. 267-285.

LUKÁCS, Georg. Arte y verdad objetiva. In: LUKÁCS, Georg. Problemas del Realismo. Traducción de Carlos Gerhard. México D.C; Buenos Aires: Fondo de Cultura Económica, 1966. p. 11-54.

LUKÁCS, Georg. Estetica 1: la peculiaridad de lo estetico. Traducción de Manuel Sacristán. Barcelona: Ediciones Grijaldo, 1982.

LUKÁCS, Georg. Introdução aos escritos estéticos de Marx e Engels. In: MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. Cultura, arte e literatura: textos escolhidos. Tradução de José Paulo Netto e Miguel Makoto Cavalcanti Yoshida. São Paulo: Expressão Popular, 2010b. p. 11-38.

MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. Cultura, arte e literatura: textos escolhidos. Tradução de José Paulo Netto e Miguel Makoto Cavalcanti Yoshida. São Paulo: Expressão Popular, 2010. p. 11-38.

MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. Teses sobre Feuerbach. In: MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. A ideologia alemã: crítica da novíssima filosofia alemã em seus representantes Feuerbach, B. Bauer e Stiner; e do socialismo alemão em seus diferentes profetas, 1845-1846. Tradução de Marcelo Backes. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2007.

MARX, Karl. Manuscritos econômico-filosóficos. Tradução de Jesus Ranieri. São Paulo: Boitempo, 2010.

PAULO NETTO, José. Lukács: tempo e modo. In: PAULO NETO, José. Georg Lukács: sociologia. 2. ed. São Paulo: Ática, 1992.

SAVIANI, Demerval. O trabalho como princípio educativo frente às novas tecnologias. In: FERRETI, Celso João (Org.). Novas tecnologias, trabalho e educação: um debate multidisciplinar. Petrópolis: Vozes, 1994.

SAVIANI, Demerval. Pedagogia Histórico-Crítica: primeiras aproximações. 10. ed. Campinas: Autores Associados, 2008. (Educação Contemporânea).

TERTULIAN, Nicolas. Georg Lukács: etapas de seu pensamento estético. Tradução Renira Lisboa de Moura Lima. São Paulo: Ed. da UNESP, 2008.

TONET, Ivo. Educação, cidadania e emancipação humana. 2. ed. Maceió: Ed. da EDUFAL, 2013.

Downloads

Publicado

2017-12-13

Como Citar

PEREIRA, K. R. C.; COSTA, F. J. F. Estética, marxismo e educação: um diálogo necessário à contemporaneidade. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 17, n. 3, p. 827-841, 2017. DOI: 10.20396/rho.v17i2.8645852. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8645852. Acesso em: 30 out. 2020.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)