Banner Portal
Escolas multisseriadas rurais no Estado do Tocantins e pedagogia histórico-crítica: aproximações
PDF

Palavras-chave

Pedagogia Histórico-Crítica. Prática pedagógica. Escola multisseriada rural.

Como Citar

NUNES, Klívia de Cássia Silva; BEZERRA, Maria Cristina dos Santos. Escolas multisseriadas rurais no Estado do Tocantins e pedagogia histórico-crítica: aproximações. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 18, n. 1, p. 258–275, 2018. DOI: 10.20396/rho.v18i1.8645922. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8645922. Acesso em: 24 maio. 2024.

Resumo

O presente trabalho aborda as práticas pedagógicas existentes nas escolas multisseriadas de 08 povoados rurais do município de Tocantinópolis/TO a partir da perspectiva dos docentes. Tomamos como referência de análise a Pedagogia Histórico-Crítica (PHC) tendo como fio condutor o seguinte questionamento: como os professores se posicionam diante das práticas pedagógicas que desenvolvem nas escolas multisseriadas rurais? Os dados aqui apresentados foram coletados no decorrer de um projeto de extensão integrado a pesquisa sobre o ensino em salas multisseriadas para o qual optou-se pela realização da pesquisa teórica e de campo. O resultado, ainda que provisório, proporcionou uma visão geral sobre a prática dos professores das escolas multisseriadas rurais no município estudado, que em suas falas demonstraram receber pouca orientação e subsídios sobre didática que facilitem trabalhar nestas escolas. Constatou-se também que há necessidade de adotar uma visão mais crítica na formação dos filhos dos trabalhadores do campo, de forma que compreendam a situação de dominação atual e, vemos na Pedagogia Histórico Crítica um referencial teórico-prático que possibilita desenvolver esse tipo de formação que vai além do trabalho escolar, preparando o indivíduo para sua inserção social pautada em conteúdos sólidos.

https://doi.org/10.20396/rho.v18i1.8645922
PDF

Referências

ARROYO, M. G. Escola: terra de direito. Prefácio. In: ROCHA, M. I. A.; HAGE, S. M. (Org.). Escola de direito: reinventando a escola multisseriada. Belo Horizonte: Autêntica, 2010.

BEZERRA NETO, L. Educação do campo ou educação no campo? Revista HISTEDBR, on-line, Campinas, n. 38, p. 150-168, jun. 2010. Disponível em: < http://www.histedbr. fe.unicamp.br/revista/edicoes/38/art12_38.pdf >. Acesso em: 20 nov. 2017.

BRASIL. Censo Escolar da Educação Básica de 2016: Notas Estatísticas. Brasília: DF, fev. 2017. Disponível em: < http://download.inep.gov.br/educacao_basica/censo_escolar/notas_ estatisticas/2017/notas_estatisticas_censo_escolar_da_educacao_basica_2016.pdf. >. Acesso em: 05 dez. 2017.

BRASIL. INEP/MEC. Panorama da educação do campo. Brasília, 2007. Disponível em: < http://portal.mec.gov.br/secad/arquivos/pdf/educacaodocampo/panorama.pdf >. Acesso em: 12 ago. 2015.

BRASIL. Lei nº 12.960, de 27 de março de 2014. Estabelece sobre as diretrizes e bases da educação nacional, para fazer constar a exigência de manifestação de órgão normativo do sistema de ensino para o fechamento de escolas do campo, indígenas e quilombolas. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato20112014/2014/Lei/ L12960.htm >. Acesso em: 05 mar. 2016.

CARDOSO, M. A. A organização do trabalho didático nas escolas isoladas paulistas: 1893 a 1932. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Estadual de Campinas. Campinas, SP, 2013.

DUARTE, N. A pedagogia histórico-crítica no âmbito da história da educação brasileira. In: PINHEIRO, A. C. F.; CURY, C. E.; ANANIAS, M. (Org.). História da educação brasileira: experiências e peculiaridades. João Pessoa: Ed. da UFPB, 2014. p. 29-50. Disponível em: < http://boletimef.org/biblioteca/3087/A-pedagogia-historico-critica-na-historia-da-educacao >. Acesso em: 20 dez. 2017.

FURTADO, E. D. P. Estudo sobre a educação para a população rural no Brasil. PROYECTO FAO; UNESCO; DGCS ITALIA; CIDE; REDUC, 2004. Disponível em: < red-ler.org/estudio_educacion_poblacion_rural_brasil.pdf >. Acesso em: 26 jan. 2018.

GAMA, C. N.; DUARTE, N. Concepção de currículo em Dermeval Saviani e suas relações com a categoria marxista de liberdade. Interface, Botucatu, v. 21, n. 62, jul./set. 2017. Disponível em: < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-32832017000300521 >. Acesso em: 17 nov. 2017.

HAGE, S. A. M. Transgressão do paradigma da (multi)seriação como referência para a construção da escola pública do campo. Educ. Soc., Campinas, v. 35, p. 1165-1182, out./dez., 2014.

MARSIGLIA, A. C.; SAVIANI, D. Prática pedagógica alfabetizadora à luz da psicologia histórico cultural e da pedagogia histórico-crítica. Psicologia em Estudo, Maringá, v. 22, n. 1, p. 3-13, jan./mar. 2017.

MARTINS, L. M.; MARSIGLIA, A. C. G. Contribuições para a sistematização da prática pedagógica na educação infantil. Cadernos de Formação RBCE, p. 15-26, mar. 2015. Disponível em: < revista.cbce.org.br/index.php/cadernos/article/download/2079/1035 >. Acessado em: 04 jan. 2018.

MARTINS, L. M. Os fundamentos psicológicos da pedagogia histórico-crítica e os fundamentos pedagógicos da psicologia histórico-cultural. Revista Germinal: Marxismo e Educação em Debate, Salvador, v. 5, n. 2, p. 130-143, dez. 2013.

MEDEIROS, M. D. de. A escola rural e o desafio da docência em salas multisseriadas: o caso do Serindró norte riograndense. Dissertação (Mestrado em Educação) – universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2010. Disponível em: < https://repositorio.ufrn.br/jspui/bitstream/123456789/14437/1/MariaDM_DISSERT.pdf. >. Acesso em: 08 mar. 2018.

MINAYO, M. C. de. S. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 2. ed. São Paul; Rio de Janeiro: HUCITEC-ABRASCO, 1993.

ORSO, P. J. Pedagogia histórico-crítica no campo. In: BASSO, J. D.; SANTOS NETO, J. L.; BEZERRA, M. C. dos. S. (Org.). Pedagogia histórico-crítica e educação no campo: história, desafios e perspectivas atuais. São Carlos: Pedro & João; Navegando, 2016.

PARO, V. H. Administração escolar e qualidade de ensino: o que os pais ou responsáveis têm a ver com isso? In: BASTOS, J. B. (Org.). Gestão democrática. 2. ed. Rio de Janeiro: DP & A, 2001.

SAVIANI, D. A pedagogia histórico-crítica na educação do campo. In: BASSO, J. D.; SANTOS NETO, J. L.; BEZERRA, M. C. dos. S. (Org.). Pedagogia histórico-crítica e educação no campo: história, desafios e perspectivas atuais. São Carlos: Pedro & João; Navegando, 2016.

SAVIANI, D. As concepções pedagógicas na história da educação brasileira. Campinas, UNICAMP, Projeto “20 anos do HISTEDBR”, 2005. Disponível em: < http://www.histedbr.fe.unicamp.br/navegando/artigos_frames/artigo_036.html >. Acesso em: 17 ago. 2015.

SAVIANI, D. Escola e democracia: para além da “teoria da curvatura da vara”. Revista Germinal: Marxismo e Educação em Debate, Salvador, v. 5, n. 2, p. 227-239, dez. 2013.

SAVIANI, D. Escola e democracia: teorias da educação, curvatura da vara, onze teses sobre a educação política. 39. ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2007.

SAVIANI, D. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. Campinas: Autores Associados, 2008.

VÁZQUEZ, A. S. Filosofia da práxis. São Paulo: Expressão Popular, 2011.

Revista HISTEDBR On-line utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.