Banner Portal
Educação e nacional-desenvolvimentismo: articulações e confrontos entre concepções e pedagogias antagônicas (1946-1964)
PDF

Palavras-chave

História da Educação Brasileira. Educação e guerra-fria. Educação no período nacional-desenvolvimentista. História das ideias pedagógicas no Brasil. Teorias pedagógicas no Brasil

Como Citar

LOMBARDI, José Claudinei. Educação e nacional-desenvolvimentismo: articulações e confrontos entre concepções e pedagogias antagônicas (1946-1964). Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 16, n. 67, p. 23–38, 2016. DOI: 10.20396/rho.v16i67.8645955. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8645955. Acesso em: 19 abr. 2024.

Resumo

O texto aborda as articulações e confrontos entre pedagogias no período denominado de “Nacional Desenvolvimentista” (1945-1964), sintetizando as pesquisas sobre a educação no período histórico que se convencionou chamar de Nacional-desenvolvimentista. Entendendo que as ideias pedagógicas são determinadas por suas bases materiais, históricas, a análise focou dois movimentos: por um lado, as articulações e confrontos entre sujeitos e grupos defensores de posições diferenciadas e que aparecem nos movimentos sociais e pedagógicos do período; por outro, os embates entre concepções teóricas diferenciadas e defendidas por diferentes intelectuais e expressas em suas produções e publicações. Foi um período histórico em que ocorreu grande expansão das instituições escolares, com ampliação das vagas; acirramento do embate entre defensores da escola pública versus escola privada; mudanças no disciplinamento legal da educação, com a Constituição Federal de 1946 e a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), aprovada apenas em 1961; criação de vários órgãos e instituições voltados à pesquisa e à modernização educacional; floresceram inúmeros movimentos culturais e educacionais populares, acompanhando o acirramento das lutas populares da sociedade civil organizada.

https://doi.org/10.20396/rho.v16i67.8645955
PDF

Referências

ARANHA, Maria Lúcia de Arruda. História da Educação e da pedagogia: geral e Brasil. 3ª. Ed. rev. e ampl., São Paulo : Moderna, 2006.

BUFFA, E. Ideologias em conflito: escola pública e escola privada. São Paulo: Cortez/Moraes, 1979.

CAMBI, Franco. História da pedagogia. São Paulo: Editora Unesp, 1999.

GANDINI, Raquel. Intelectuais, Estado e Educação: Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, 1944-1952. Campinas, SP : Editora da UNICAMP, 1995.

HOBSBAWM, E.J.. Era dos extremos : 1914-1991. São Paulo, SP: Companhia das Letras, 2001.

MARCÍLIO, Maria Luíza. História da escola em São Paulo e no Brasil. São Paulo : Imprensa Oficial do Estado de São Paulo : Instituto Fernand Braudel, 2005.

MARX, Karl. O Dezoito Brumário de Luiz Bonaparte. https://www.marxists.org/portugues/marx/1852/brumario/

MONTALVÃO, Sérgio. A LDB de 1961: apontamentos para uma história política da educação. Mosaico, Edição no. 3, ano II, Rio de Janeiro/RJ, PPHPBC-FGV, 06 de Jul de 2010 - http://cpdoc.fgv.br/mosaico/?q=artigo/ldb-de-1961-apontamentos-para-uma-hist%C3%B3ria-pol%C3%ADtica-da-educa%C3%A7%C3%A3o

PAIVA, Vanilda Pereira. Educação popular e educação de adultos. São Paulo: Loyola, 1973.

PAIVA, Vanilda Pereira. Paulo Freire e o nacionalismo-desenvolvimentista. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1980.

PAIVA, Vanilda Pereira. Paulo Freire e o nacionalismo-desenvolvimentista. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira; Fortaleza: Edições UFC, 1980. 2ª edição Rio de Janeiro: Graal, 2000.

RIBEIRO, Maria Luisa Santos. História da Educação Brasileira: a organização escolar. 15a. ed. rev. e ampl. - Campinas: Autores Associados, 1998.

ROMANELLI, Otaíza de O. História da Educação no Brasil: 1930-1973. Petrópolis: Vozes, 1978 e 1984.

SAVIANI, Dermeval. Educação brasileira: estrutura e sistema. São Paulo: Autores Associados, 1983, 1996 e 2000.

SAVIANI, Dermeval. História das ideias pedagógicas no Brasil. Campinas, SP : Autores Associados, 2007.

SAVIANI, Dermeval. Política e educação no Brasil. 5. ed. Campinas: Autores associados, 2002.

VIEIRA, Evaldo. Estado e miséria social no Brasil: de Getúlio a Geisel. 3. ed. São Paulo: Cortez, 1987.

Revista HISTEDBR On-line utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.