A educação na Bahia: percurso histórico da educação na Região Cacaueira

Autores

  • Raimunda Alves Moreira de Assis Universidade Estadual de santa Cruz – UESC

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v16i67.8646119

Palavras-chave:

História. Educação. Região cacaueira

Resumo

O texto aborda o debate ocorrido em uma Mesa Redonda sobre a “História da Educação na Bahia, promovido pelo Grupo de Estudos e Pesquisas “História, Sociedade e Educação no Brasil” (HISTEDBR), Secção-BA, na X Jornada Nacional, intitulada “História da Educação: intelectuais, memória e política”, ocorrido na Universidade  Estadual do Sudoeste da Bahia – UESB, Campus  de Vitória da Conquista, entre os dias 26 e 29 de  julho  de 2011. O estudo apresenta apontamentos sobre variados aspectos que caracterizaram a organização e funcionamento do ensino na região. O caminho investigativo para a reflexão é respaldado numa análise de  bases sócio-histórica e, como metodologia recorreu a pesquisa bibliográfica e  análise documental de fontes primárias, por meio de leituras de jornais e atas do Conselho Municipal no período de 1906 a 1945, sob a guarda do Arquivo Publico Municipal de Itabuna. A presente investigação demonstrou que a educação da região, no período em estudo, destinava-se a pequena parcela da população, os filhos dos coronéis, que detinha alto poder aquisitivo. E as crianças  das classes populares ficavam sem estudar porque dependiam de algumas Instituições da sociedade civil como Rotary Clube, Maçonaria que passaram a construir escolas, assumindo o papel do Estado.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Raimunda Alves Moreira de Assis, Universidade Estadual de santa Cruz – UESC

Doutora em Educação pela Universidade Federal Fluminense (UFF) (2008) e Mestre em Educação pela Universidade Federal da Bahia (2000). É graduada em Pedagogia pela Universidade Estadual de Santa Cruz (1974) . Professora Adjunta da Universidade Estadual de Santa Cruz.

Referências

ANDRADE, Maria Palma. Itabuna: estudo monográfico. Salvador: S.A. Artes Gráficas Salvador, 19772.

ASSIS, Raimunda Alves Moreira de. A Educação em Itabuna: um estudo de organização escolar, 1906-1930. Ilhéus - Ba: Editus, 2006.

ALVES, Gilberto Luiz. Nacional e Regional na História Educacional Brasileira: uma análise sob a ótica dos Estados mato-grossenses. In: Educação no Brasil: história e historiografia/Sociedade Brasileira de História da Educação (Org.). Campinas, SP: Autores Associados, SBHE, 2001.

ARANHA, Maria Lúcia de Arruda. História da Educação e da Pedagogia: geral e Brasil. 3a ed. revisão e ampliação. São Paulo: Moderna, 2006.

AZEVEDO, Janete Lins de. Educação Como Política Publica. Campinas S. P. Autores Associados, 2002.

BARBOSA, Carlos Roberto Arléo. Notícias Históricas de Ilhéus. 3. Ed. Itabuna: Colorgraf, 1994.

HEINE, Maria Luiza. IME: o sonho de Eusínio Lavigne 1939-1999: 60 anos de história. Ilhéus: Editus, 2000.

GHIRALDELLI J.R., Paulo. História da Educação. São Paulo: Cortez, 1990.

RIBEIRO, Maria Luisa Santos. História da Educação Brasileira. Campinas, SP: Autores Associados, 2003.

ROMANELLI, Otaíza de Oliveira. História da Educação no Brasil. 11. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 1989.

SAVIANI, Dermeval; LOMBARDI, José Claudinei e SANFELICE, José Luis. (orgs.) Liberalismo e educação em debate. Campinas: Autores Associados, 2007.

VEIGA, Cynthia Greive. História da Educação. São Paulo: Ática, 2007, 328p. http://www.colegiosaofrancisco.com.br/alfa/renascimento/index.php acessado em 20/04/2009

Downloads

Publicado

2016-07-05

Como Citar

ASSIS, R. A. M. de. A educação na Bahia: percurso histórico da educação na Região Cacaueira. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 16, n. 67, p. 218–227, 2016. DOI: 10.20396/rho.v16i67.8646119. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8646119. Acesso em: 27 nov. 2021.

Edição

Seção

Dossiê: X Jorn HISTEDBR-História da Educação: intelectuais, memória e política