Políticas públicas e políticas educacionais: percursos históricos, interfaces e contradições das produções na década de 2000

Autores

  • Antonia Almeida Silva UEFS
  • Elisângela Alves da Silva Scaff UFGD
  • Márcia Aparecida Jacomini UNIFESP

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v16i67.8646121

Palavras-chave:

Políticas educacionais. Estado. Políticas públicas. Campo

Resumo

Este estudo está voltado à apreensão de possíveis mudanças na tradição metodológica da área de Políticas Educacionais, confrontando os elementos constitutivos da produção difundida pela Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (Anped), no Grupo de Trabalho Estado e Política Educacional, entre 2000 e 2010, com os que sobressaíram em estudos anteriores. O trabalho teve como base empírica todos os resumos das comunicações aprovadas pela Anped no período e os textos integrais que focalizaram questões teórico-metodológicas no campo das Políticas Educacionais. Evidenciou-se a abundância de produções individuais e a escassez de investigações mais atentas aos desafios de constituição do campo. Entre as contribuições desta pesquisa, problematizam-se os usos e sentidos da categoria Estado e defende-se sua centralidade como chave explicativa do campo.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonia Almeida Silva, UEFS

Professora titular da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), atuando na área de Políticas Educacionais, tanto nos cursos de licenciatura quanto na pós-graduação em Educação, com ênfase em História das Políticas Educacionais, Gestão e Estudos Epistemológicos em Políticas Educacionais. Contato: <antoniasilv@gmail.com>.

Elisângela Alves da Silva Scaff, UFGD

Professora adjunta da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), atua na área de Política e Gestão Educacional, com ênfase em Planejamento da Educação. Contato: <elisangelascaff@ufgd.edu.br>.

Márcia Aparecida Jacomini, UNIFESP

Professora de graduação e pós-graduação da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Desenvolve pesquisas em Políticas Públicas para a Educação e Gestão Educacional, com destaque para estudos sobre a produção acadêmica em políticas educacionais. Contato: <marciajacomini@uol.com.br>.

Referências

AZEVEDO, J. M. L. de. A educação como política pública. Campinas, SP: Autores Associados, 1997.

AZEVEDO, J. M. L. de; AGUIAR, M. A. da S. Políticas de educação: concepções e programas. In: WITTMANN, Lauro C.; GRACINDO, R. V. (Coord.). O estado da arte em política e gestão da educação no Brasil (1991-1997). Brasília: Anpae; Campinas, SP: Autores Associados, 2001a. p. 71-87.

AZEVEDO, J. M. L. de; AGUIAR, M. A. da S. A produção do conhecimento sobre política educacional no Brasil: um olhar a partir da Anped. Educação & Sociedade, Campinas, ano XII, n. 77, p. 49-70, dez. 2001b.

BALL, S. J. Intelectuais ou técnicos? O papel indispensável da teoria nos estudos educacionais. In: BALL, S. J.; MAINARDES, J. (Org.). Políticas educacionais: questões e dilemas. São Paulo: Cortez, 2011a. p. 78-99.

BALL, S. J. Sociologia das políticas educacionais e pesquisa crítico-social: uma revisão pessoal das políticas educacionais e da pesquisa em política educacional. In: BALL, S. J.; MAINARDES, J. (Org.). Políticas educacionais: questões e dilemas. São Paulo: Cortez, 2011b, p. 21-53.

BARRETTO, E. S. de S. Perspectivas teóricas e metodológicas da pesquisa em política educacional na atualidade. Estudos em Avaliação Educacional,São Paulo, n. 44, p. 493-507, nov. 2009.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2004.

BOURDIEU, P. Razões práticas: sobre a teoria da ação. 10. ed. Campinas, SP: Papirus, 2010.

BUCI-GLUCKSMANN, C. Gramsci e o Estado. 2. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1980.

CADERNO CRH, Salvador: CRH/Ufba, v. 16, n. 39, jul./dez. 2003.

COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR. Planilhas comparativas de avaliação trienal/Capes/2010. Brasília, DF, 2010.

CHARLOT, B. A pesquisa educacional entre conhecimentos, políticas e práticas: especificidades e desafios de uma área de saber. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 11, n. 31, p. 7-18, jan./abr. 2006.

FIGUEIREDO, M. F.; FIGUEIREDO, A. M. C. Avaliação política e avaliação de políticas: um quadro de referência teórica. Análise & Conjuntura, Belo Horizonte, v. 1, n. 3, p. 107-127, set./dez. 1996.

FREY, K. Políticas públicas: um debate conceitual e reflexões referentes à prática da análise de políticas públicas no Brasil. Planejamento e Políticas Públicas, Brasília, DF, n. 21, p. 211-259, jun. 2000.

GONÇALVES, N. G. A produção acadêmica brasileira sobre a relação Estado e educação (1971-2000): temas, críticas e expectativas. In: REUNIÃO ANUAL DA ANPED, 27., 21-24 nov. 2004, Caxambu, MG. Anais... Rio de Janeiro: Anped, 2004. Disponível em: http://27reuniao.anped.org.br/?_ga=1.27112701.1936825704.1427765489. Acesso em: 27 mar. 2016.

GRAMSCI, A. Cadernos do cárcere. v. 3: Maquiavel: notas sobre o Estado e a política. Edição e tradução Carlos Nelson Coutinho. Co-edição Luiz Sérgio Henriques e Marco Aurélio Nogueira. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2000.

KRAWCZYK, N. R.; ROSAR, M. F. F. Mapeamento das possibilidades de investigação da política educacional gestada na América Latina. In: REUNIÃO ANUAL DA ANPED, 23., 24-28 set. 2000, Caxambu, MG. Anais... Rio de Janeiro: Anped, 2000. Disponível em: http://23reuniao.anped.org.br/trabtit1.htm#gt5. Acesso em: 12 jan. 2010.

MAIA, G. Z. A.; MACHADO, L. M. Ensaio para a construção de uma terminologia em Administração da Educação no Brasil: fazendo conversar os conceitos. In: REUNIÃO ANUAL DA ANPED, 30., 7-10 out 2007, Caxambu, MG. Anais... Rio de Janeiro: Anped, 2007. Disponível em: http://30reuniao.anped.org.br/?_ga=1.1560817.1936825704.1427765489. Acesso em: 27 mar. 2016.

MAIA, G. Z. A.; MACHADO, L. M. As publicações da Anpae e a trajetória do conhecimento em administração da educação no Brasil. In: REUNIÃO ANUAL DA ANPED, 29., 15-18 out. 2006, Caxambu, MG. Anais... Rio de Janeiro: Anped, 2006. Disponível em: http://29reuniao.anped.org.br/?_ga=1.40327650.1936825704.1427765489. Acesso em: 27 mar. 2016.

MAIA, G. Z. A.; RIBEIRO, D. S.; MACHADO, L. M. A evolução do conhecimento em administração da educação no Brasil: suas raízes e processos de constituição teórica. In: REUNIÃO ANUAL DA ANPED, 26., 5-8 out. 2003, Poços de Caldas. Anais... Rio de Janeiro: Anped, 2003. Disponível em: http://www.anped.org.br/reunioes/26/textos. Acesso em: 12 jan. 2010.

MELO, M. A. Estado, governo e políticas públicas. In: MICELI, S. (Org.). O que ler na ciência social brasileira (1970-1995). 2. ed. São Paulo: Sumaré: Anpocs; Brasília, DF: Capes, 1999. p. 59-99.

POWER, S. O detalhe e o macrocontexto: o uso da teoria centrada no Estado para explicar práticas e políticas educacionais. In: BALL, S. J.; MAINARDES, J. (Org.). Políticas educacionais: questões e dilemas. São Paulo: Cortez, 2011. p. 54-77.

RAMALHO, B. L.; MADEIRA, V. de P. C. A pós-graduação em Educação no Norte e Nordeste: desafios, avanços e perspectivas. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, n. 30, p. 70-81, set./dez. 2005.

REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS SOCIAIS. São Paulo: Anpocs, v. 18, n. 51, fev. 2003. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_issuetoc&pid=0102-690920030001&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 28 mar. 2016.

SANDER, B. Administração da educação: genealogia do conhecimento. Brasília, DF: Liber Livro, 2007.

SANTOS, A. L. F dos. Conhecimento e interesse: fatores que influenciam a escolha dos objetos de pesquisa no campo acadêmico da pesquisa sobre política educacional. In: REUNIÃO ANUAL DA ANPED, 31., 19-22 out. 2008, Caxambu, MG. Anais... Rio de Janeiro: Anped, 2008. Disponível em: http://31reuniao.anped.org.br/1trabalho/trabalho05.htm. Acesso em: 27 mar. 2016.

SANTOS, A. L. F. dos; AZEVEDO, J. M. L. de. A ação de pesquisadores que investigam a política educacional: analisando estratégias de delimitação do campo acadêmico no contexto de produção do discurso. In: REUNIÃO ANUAL DA ANPED, 33., 17-20 out. 2010, Caxambu, MG. Anais... Rio de Janeiro: Anped, 2010. Disponível em: http://33reuniao.anped.org.br/internas/ver/trabalhos-gt05. Acesso em: 12 jan. 2011.

SANTOS, A. L. F. dos; AZEVEDO, J. M. L. de. A pós-graduação no Brasil, a pesquisa em educação e os estudos sobre a política educacional: os contornos da constituição de um campo acadêmico. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, n. 30, p. 534-550, set./dez. 2009.

SOUZA, C.“Estado do campo” da pesquisa em políticas públicas no Brasil. Revista Brasileira de Ciências Sociais, São Paulo, v. 18, n. 51, p. 15-20, fev. 2003a.

SOUZA, C. Introdução: políticas públicas; questões temáticas e de pesquisa. Caderno CRH, Salvador, n. 39, p. 11-24, jul./dez. 2003b.

SOUZA, D. B; FARIA, L. C. M. de. Política, gestão e financiamento de sistemas municipais públicos de educação no Brasil: bibliografia analítica (1996-2002). São Paulo: Xamã; Niterói: Intertexto, 2005.

WITTMANN, L. C.; GRACINDO, R. V. (Coord.) O estado da arte em política e gestão da educação no Brasil (1991-1997). Brasília, DF: Anpae; Campinas, SP: Autores Associados, 2001.

Downloads

Publicado

2016-07-05

Como Citar

SILVA, A. A.; SCAFF, E. A. da S.; JACOMINI, M. A. Políticas públicas e políticas educacionais: percursos históricos, interfaces e contradições das produções na década de 2000. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 16, n. 67, p. 254–273, 2016. DOI: 10.20396/rho.v16i67.8646121. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8646121. Acesso em: 25 out. 2021.

Edição

Seção

Dossiê: X Jorn HISTEDBR-História da Educação: intelectuais, memória e política