Banner Portal
De “nocivo à educação geral” à “templo do saber”: as transformações no gymnasio paes de carvalho na primeira república
PDF

Palavras-chave

Gymnasio Paes de Carvalho. Instrução secundária. Primeira república. Transformações curriculares.

Como Citar

ARAÚJO, Iza Helena Travassos Ferraz de; ROCHA, Genylton Odilon Rêgo da. De “nocivo à educação geral” à “templo do saber”: as transformações no gymnasio paes de carvalho na primeira república. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 16, n. 69, p. 52–75, 2017. DOI: 10.20396/rho.v16i69.8648236. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8648236. Acesso em: 29 maio. 2024.

Resumo

O Gymnasio Paes de Carvalho, atual “Escola Estadual de Ensino Médio 'Paes de Carvalho'”, localizado em Belém do Pará, foi a primeira instituição pública de instrução secundária deste Estado e se tornou, na primeira república, principal locus de formação da elite política, econômica e social paraense. Neste artigo objetivamos discutir as finalidades que foram imputadas ao Gymnasio Paes de Carvalho no período em tela e as transformações curriculares ocorridas nesta instituição na primeira república. A pesquisa realizada para a produção deste artigo foi qualitativa e do tipo histórica, assumindo-se como aporte teórico-metodológico o materialismo histórico-dialético. Os resultados apontam que os anos iniciais da República no Pará constituem o ponto de inflexão que alterou substancialmente o status do ginásio da capital paraense, que se transformou de uma instituição decadente em um “templo do saber” no Pará republicano.

https://doi.org/10.20396/rho.v16i69.8648236
PDF

Referências

ABUD, Katia. M. A história e o ensino temático. In: MONTEIRO, J. M.; BLAJ, I. (org). Histórias & utopias. Textos apresentados no XVII Simpósio Nacional de História. São Paulo: ANPUH, 1996, p. 492-501. Disponível em: http://anais.anpuh.org/?p=16734 Acesso em: 20/06/2013

ALVES, Eva M. S. O Atheneu Sergipense: uma casa de educação literária examinada segundo os planos de estudos (1870-1908). Tese (Doutorado). Pós-graduação em Educação: História, Política e Sociedade, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.

BORGES, Ricardo. Pará Republicano (1824-1928): ensaio histórico. Belém: Conselho Estadual de Cultura, 1983. (Coleção História do Pará. Série Arthur Vianna).

CANCELA, Cristina D. Famílias de elite: transformação da riqueza e alianças matrimoniais. Belém 1870-1920. In: TOPOI, v. 10, n. 18, jan-jun. De 2009, p. 24-38.

CARVALHO, José M. de. Os bestializados: o Rio de Janeiro e a República que não foi. 3 ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.

CHERVEL, Andre. História das disciplinas escolares: reflexões sobre um campo de pesquisa. Teoria & Educação, n. 2, p. 177-229, 1990.

FARIAS, William G. Os intelectuais e a República: 1886-1891. Dissertação (Mestrado). Universidade Federal do Pará, Núcleo de Altos Estudos Amazônicos, Curso Internacional de Mestrado em Planejamento do Desenvolvimento, Belém, 2000.

FIRMO CARDOSO, Antonio. O Pará e a Instrução Secundária – 1841/1910 (Polyanthéa comemorativa da fundação e inauguração do Gymnasio Paes de Carvalho). Pará, Typ da “Papelaria Americana”, 1910.

MALHEIROS, Rogério G. Tensões e negiações entre Igreja e Estado: arrazoamentos e acordos políticos em um período de aceleradas tranformações (1883 a 1891). In: MNEME – Revista de Humanidades, 11(29), jan./jul. 2011.

MORAES, Tarcísio C. A engenharia da história: natureza, geografia e historiografia na Amazônia. Dissertação (Mestrado). Universidade Federal do Pará, Instituto de Flosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-graduação em História Social da Amazônia, Belém, 2009.

MOURA, Daniella de A. A República paraense em festa (1890-1911). Dissertação (Mestrado). Universidade Federal do Pará, Instituto de Flosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-graduação em História Social da Amazônia, Belém, 2008.

MOURA, Ignacio B. Ephemerides do 'Lyceu Paraense', actual Gymnasio 'Paes de Carvalho'. Publicado no Annuario de Belém, 1915. In: RÊGO, Clóvis S. de M. Subsídios para a história do Colégio Estadual “Paes de Carvalho”. Belém, EDUFPA / L&A Editora, 2002.

NAGLE, Jorge. Educação e sociedade na Primeira República. São Paulo, EPU, Editora da Universidade de São Paulo, 1974.

PACHECO, José. A. Educação, formação e conhecimento. Porto: Porto Editora, 2014.

POLON, Thelma L. P. Políticas públicas para o ensino médio nos anos 90: a trajetória do Colégio Pedro II / RJ. Dissertação (Mestrado). Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Departamento de Educação, Rio de Janeiro, 2004.

RÊGO, Clóvis S. de M. Subsídios para a história do Colégio Estadual “Paes de Carvalho”. Belém, EDUFPA / L&A Editora, 2002.

SARGES, Maria de N. Belém: riquezas produzindo a Belle Époque (1870-1912). 3 ed. Belém: Paka-Tatu, 2010. (Coleção Açaí).

VALENTE, Wagner R. (org.). O nascimento da matemática no ginásio. São Paulo: Annalube; FAPESP, 2004.

VECHIA, Ariclê; LORENZ, Karl M. (org.).Programa de ensino da escola secundária brasileira: 1850-1951. Curitiba: Ed. do Autor, 1998.

VERÍSSIMO, José. A instrução pública no Estado do Pará em 1890. Relatório apresentado ao Exmo. Sr. Dr. Justo Chermont. Pará: Diretoria Geral de Instrucção Publica, 1890.

Revista HISTEDBR On-line utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.