Banner Portal
Os impressos estudantis e a história da educação
PDF

Palavras-chave

História da educação. Imprensa estudantil. Materialismo histórico dialético.

Como Citar

TORRES, C. M. R.; NASCIMENTO, M. I. M. Os impressos estudantis e a história da educação. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 18, n. 2, p. 462–482, 2018. DOI: 10.20396/rho.v18i2.8651230. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8651230. Acesso em: 1 mar. 2024.

Resumo

O artigo apresenta os resultados do estado da arte da pesquisa de doutorado História, Educação e Imprensa Estudantil: o pensamento progressista na revista Movimento da UNE, 1962-1963. O objetivo é demonstrar como a história da educação brasileira pela imprensa estudantil foi abordada nas produções acadêmicas stricto sensu dos Programas de Pós-Graduação em Educação do Brasil, tendo como ponto de partida os estudos que possuem como fonte primária ou objeto de investigação a imprensa estudantil. O levantamento permitiu mapear treze dissertações, a maioria sob o viés da história cultural, revelando uma carência de trabalhos fundamentados no materialismo histórico dialético, bem como o ineditismo da pesquisa doutoral em construção.

https://doi.org/10.20396/rho.v18i2.8651230
PDF

Referências

CARUSO, A. Traço de união como vitrine: educação feminina, ideário católico e práticas escolanovistas no periódico do Colégio Jacobina. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2006.

CATANI, D.; BASTOS, M. H. C. (Org.). Educação em revista. A imprensa pedagógica e a história da educação. São Paulo: Escrituras, 1997.

COSTA, M. C. Em cena, o movimento estudantil acadêmico no Maranhão: 1930-1950. 2009.

Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2009.

FRAGA, A. S. Imprensa estudantil e práticas de escrita e de leitura: a revista o estudo (Porto Alegre/RS, 1922 a 1931). 2012. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012.

FRANCO, I. M. Estudantes Tijucanos em cena: história de suas organizações políticas e culturais (Ituiutaba-MG, 1952-1968). 2014. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2014.

HOBSBAWM, E. Sobre História. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

LENINE, V. I. As três fontes e as três partes constitutivas do marxismo. In: LENINE, V. I. Obras escolhidas. 2. ed. São Paulo: Alfa-Omega, 1982. p. 35-39. v. 1.

MARQUES, G. R. D. A educação do corpo e o protagonismo discente no Colégio Pedro II: mediações entre o ideário republicano e a memória histórica da instituição (1889-1937). 2011. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2011.

MARX, K. A Questão judaica. 1843. Disponível em: < https://www.marxists.org/português/marx/1843/questaojudaica.htm >. Acesso em: 07 fev. 2016.

MARX, K. O capital: crítica da economia política. Livro I: O processo de produção do capital. Tradução de Rubens Enderle. São Paulo: Boitempo, 2013.

MARX, K.; ENGELS, F. A ideologia alemã. São Paulo: Boitempo, 2007.

OLIVEIRA, R. S. de. A relação entre a história e a imprensa, breve história da imprensa e as origens da imprensa no Brasil (1808-1930). Historiæ, Rio Grande, v. 2, n. 3, p. 125-142, 2011.

OZELIN, J. R. Periódicos educacionais da escola normal de São Carlos: educação moral, civismo e higiene (1911-1923). 2010. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual Paulista, Marília, 2010.

PAIVA, G. de. A. G. de. A UNE e os partidos políticos no governo Lula (2003-2010). 2011. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel, 2011.

PIÑEDA, S. S. Hyloea: o feminino na revista dos alunos do Colégio Militar de Porto Alegre (1922-1938). 2003. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2003.

SANTOS, V. L. dos. A revista do “Patrocínio”: textos e imagens de um periódico escolar dedicado à formação feminina (décadas de 20 e 30, século XX). 2004. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004.

SAVIANI, D. Breves considerações sobre fontes para a história da educação. In. LOMBARDI, J. C.; NASCIMENTO, M. I. M. (Org.). Fontes, história e historiografia da educação. Campinas, SP: Autores Associados, 2004. p. 1‐12.

SERRA, Á. E. As associações de alunos das escolas normais do Brasil e de Portugal: apropriação e representação (1906-1927). 2010. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Estadual Paulista, Marília, 2010.

SILVA, E. C. da. A Configuração do habitus professoral para o aluno-mestre: a escola normal secundária de São Carlos (1911-1923). 2009. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual Paulista, Marília, 2009.

SILVA, G. A. A união dos estudantes secundaristas de Patos de Minas (UEP/MG): militância e formação cidadã e político-partidária (1958 a 1971). 2009. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2009.

SIMIAND, F. Método histórico e ciência social. Tradução de José Leonardo do Nascimento. Bauru, SP: Ed. da EDUSC, 2003.

SODRÉ, N. W. História da imprensa no Brasil. 2. ed. Rio de Janeiro: Graal, 1977.

SOUZA, C. Z. V. No mundo das normalistas: as representações da futura professora nas páginas das revistas Instituto e Normalista (1941-1953). 2007. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2007.

TOLEDO, C. de. A. A. de.; SKALINSKI JUNIOR, O. A imprensa periódica como fonte para a história da educação: teoria e método. Rev. HISTEDBR On-line, Campinas, n. 48, p. 255-268, dez. 2012.

TORRES, C. M. R. Educação e emancipação em Karl Marx e Theodor Adorno. Rev. HISTEDBR On-line, Campinas, v. 17, n. 4 [74], AOP, p. 1266-1282, out./dez. 2017.

VALLE, M. R. do. O diálogo é a violência: movimento estudantil e ditadura militar em 1968. 1997. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade estadual de Campinas, Campinas, 1997.

VIEIRA, P. M. Psiu! Fermento! Pastoral da Juventude & imprensa estudantil nos anos 1980 a 1990. 2014. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2014.

ZANLORENZI, C. M. P. A expressão do liberalismo na Revista A Escola (1906-1910) no Paraná. 2014. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Estadual de Ponta Grossa, Ponta Grossa, 2014.

ZANLORENZI, C. M. P. História da educação, fontes e a imprensa. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, n. 40, p. 60-71, dez. 2010.

Revista HISTEDBR On-line utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.