Banner Portal
Políticas públicas de educação no ensino básico do Estado do Paraná: da dívida social à formação para o mercado (1980-2000)
PDF

Palavras-chave

Educação. Políticas públicas. Neoliberalismo.

Como Citar

NODA, M.; GALUCH, M. T. B. Políticas públicas de educação no ensino básico do Estado do Paraná: da dívida social à formação para o mercado (1980-2000). Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 18, n. 2, p. 545–569, 2018. DOI: 10.20396/rho.v18i2.8652356. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8652356. Acesso em: 5 mar. 2024.

Resumo

O presente artigo objetiva analisar de que forma diversos governos do Estado do Paraná, com plataformas políticas divergentes, elaboraram e implantaram políticas públicas para a educação do ensino básico fundamentados nas orientações de organismos internacionais como a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD). Mesmo que em seus discursos rechaçavam o modelo neoliberal sugerido por tais órgãos, tal fenômeno pode ser percebido entre as duas últimas décadas do século XX e o primeiro decênio do presente milênio. Além do estudo bibliográfico investigamos os planos de governos e os principais documentos norteadores da educação paranaense outorgados pela Secretaria de Estado da Educação (SEED) e Superintendência da Educação (SUED) paranaense. Tendo como sustentação teórica o materialismo histórico dialético concluímos que desde fins da década de 1980 a políticas educacionais levadas por distintos governantes se apropriaram do suporte econômico e ideológico sugeridos pelo neoliberalismo.

 

https://doi.org/10.20396/rho.v18i2.8652356
PDF

Referências

BACZINSKI, A. V. de. M. A implantação oficial da pedagogia histórico-critica no estado Paraná (1983-1994): legitimação, resistência e contradição. 2007. 154 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, 2007.

BORDENAVE, J. D. O que é participação. São Paulo: Brasiliense, 1983.

CUNHA, L. A. Educação, estado e democracia no Brasil. São Paulo: Cortez; Niterói, RJ: Editora Federal Fluminense; Brasília, DF: FLACSO do Brasil, 1991.

EVANGELISTA, O.; SCHMIDT, M. A. Relação estado/município no Paraná: construção ou desconstrução da escola pública de qualidade? In: VELOSO, J. et al. (Org.). Estado e educação. Campinas, SP: Papirus, 1992. p. 279-297. (Coletânea CBE).

FIGUEIREDO, I. M. Z. Políticas educacionais do estado do Paraná nas décadas de 80 e 90: da prioridade à “centralidade da educação básica”. 2001. 179 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, 2001.

FIORI, J. L. Os moedeiros falsos. 5. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 1998.

GALUCH, M. T. B.; SFORNI, M. S. de. F. Interfaces entre políticas educacionais, prática pedagógica e formação humana. Práxis Educativa, Ponta Grossa, v. 6, n. 1, p. 55-66, jan./jun. 2011.

Disponível em: < http://www.periodicos.uepg.br >. Acesso em: 01 jan. 2013.

GENTILI, P. A complexidade do óbvio: A privatização e seus significados no campo educacional. In: SILVA, L. H. (Org.). A escola cidadã no contexto da globalização. Petrópolis, RJ: Vozes, 1998. p. 320-339.

GONÇALVES, M. D. de. S. et al. A presença do Banco Mundial e do Banco Interamericano no financiamento do ensino fundamental e médio na Rede Estadual de Ensino do Paraná. Educar em Revista, v. 21, n. 2. Especial, p. 71-99, 2003.

LIBÂNEO, J. C. O dualismo perverso da escola pública brasileira: escola do conhecimento para os ricos, escola do acolhimento social para os pobres. Educação e Pesquisa, v. 38, n. 1, p. 13-28, 2012.

LIMA, A. B.; VIRIATO, E. O. As políticas de descentralização, participação e autonomia: desestatizando a educação pública. In: REUNIÃO ANUAL DA ANPED, 23., Caxambu, MG, 2005. Anais eletrônicos... Caxambu, MG, 2005. p. 1-15. Disponível em: < http://anped.org.br/reuniões/28/gt06.htm >. Acesso em: 25 out 2014.

MAINARDES. J. Ciclo básico de alfabetização: da intenção à realidade. (Avaliação do CBA no Município de Ponta Grossa – PR). 1995. 239 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, 1995.

MÂNFIO, A. J. A proposta pedagógica como instrumento de qualidade e de gestão da escola: conteúdo, processo de elaboração, acompanhamento e avaliação: a participação do magistério. Curitiba: SEED, 1993.

MAROCHI, Z. M. L. Projeto de correção de fluxo: um marco referencial na educação do Paraná. Em Aberto, Brasília, DF, v. 17, n. 71, p. 134-138, jan. 2000.

MARTINS, R. B. Escola cidadã do Paraná: análise de seus avanços e retrocessos. 1997. 271 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, 1997.

NORONHA, O. M. Políticas neoliberais, conhecimento e educação. Campinas, SP: Alínea, 2002.

OLIVEIRA, D. A. A reestruturação do trabalho docente: precarização e flexibilização. Educação e Sociedade, Campinas, SP, v. 25, n. 89, p. 1127-1144, set./dez. 2004. Disponível em: < http://www.cedes.unicamp.br >. Acesso em: 05 abr. 2012.

PARANÁ (Estado). Secretaria de Estado da Educação. Políticas SEED – PR; fundamentos e explicitação. 3. ed. Curitiba: SEED, 1984.

PARANÁ (Estado). Secretaria de Estado da Educação. Projeto Pedagógico: 1987 – 1990. Curitiba: SEED, 1987a.

PARANÁ (Estado). Secretaria de Estado da Educação. Reorganização da escola pública de 1º grau: proposta preliminar de trabalho. Curitiba: SEED, 1987b.

PARANÁ (Estado). Secretaria de Estado da Educação. Plano global: educação básica – período 1992-1995. Curitiba: SEED, 1991.

PARANÁ (Estado). Secretaria de Estado da Educação. Superintendência de Educação. Paraná: Construindo a Escola Cidadã. Curitiba: SEED, 1992.

PARANÁ (Estado). Secretaria de Estado da Educação. Avaliação escolar: um Compromisso Ético. Curitiba: SEED, 1993.

PARANÁ (Estado). Secretaria de Estado da Educação. Inovando nas escolas do Paraná. Brasília, DF: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais, 1994.

PARANÁ (Estado). Secretaria de Estado da Educação. Plano de Ação 1995-1998. Curitiba: SEED, 1995.

PARANÁ (Estado). Secretaria de Estado da Educação. Proposta pedagógica e autonomia da escola: Novos paradigmas curriculares e alternativas de organização pedagógica na educação básica brasileira. Curitiba: SEED, 2000.

PARANÁ (Estado). Secretaria de Estado da Educação. Superintendência da Educação. Transferências de recursos para empresas parceiras 1999-2002. Curitiba: SEED, 2003.

PARTIDO DO MOVIMENTO DEMOCRÁTICO BRASILEIRO - PMDB. Uma educação para a modernidade: propostas de ações governamentais para o ensino do Paraná (Roberto Requião). Curitiba, 1990.

PARRA, S. O processo de conversão da idéia de projeto político pedagógico em política educacional pública no estado do Paraná (1983-2002). 2008. 173 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2008.

PITON, I. M. Políticas educacionais e movimento sindical docente: reformas educativas e conflitos docentes na educação básica paranaense. 2004. 293 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, 2004.

SAMPAIO, C. M. A. Nova atmosfera, novo modelo e o velho princípio do mercado: o neoliberalismo e as políticas públicas de educação no Paraná de 1995 a 2002. In: SEMINÁRIO SOCIOLOGIA & POLÍTICA. 2., 2010, Curitiba, Anais... Curitiba: Universidade Federal do Paraná, 2010. p. 1-25.

SHIROMA, E. O.; EVANGELISTA, O.; MORAES, M. C. M. de. Política educacional. 4. ed. Rio de Janeiro: Lamparina, 2011.

SILVA, C. G.; AZZI, D.; BOCK, R. Banco Mundial em foco: um ensaio sobre a sua atuação na educação brasileira e na da América Latina. São Paulo: Ação Educativa, 2007. Disponível em: < http://www.bdae.org.br/dspace/bitstream/123456789/2348/1/banco_mundial_em_foco.pdf. >. Acesso em: 10 out. 2013.

SILVA, T. T. da. A “nova” direita e as transformações na pedagogia da politica e na política da pedagogia. In: GENTILI, P. A. A.; SILVA, T. T. da. (Org.). Neoliberalismo, qualidade total e educação. 2. ed. São Paulo: Vozes, 1995. p. 9-29.

TAVARES, T. M. Gestão pública do sistema de ensino no Paraná (1995-2002). 2004. 161 f. Tese (Doutorado em Educação) – Pontifícia Universidade Católica, São Paulo, 2004.

WOOD, E. M. Democracia contra capitalismo: a renovação do materialismo histórico. Trad. Paulo Cezar Castanheira. São Paulo: Boitempo, 2011.

Revista HISTEDBR On-line utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.