História, instituições escolares e o materialismo histórico dialético

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v18i4.8652660

Palavras-chave:

Materialismo histórico dialético. Instituições escolares. Marxismo. História da educação. Gramsci.

Resumo

Esse artigo objetiva analisar a contribuição teórico-metodológica do materialismo histórico dialético para o campo da Educação, especialmente para o estudo histórico das Instituições Escolares. Resultado de debates desenvolvidos na pós-graduação da Faculdade de Educação da UNICAMP constatamos a grande importância dos estudos das instituições escolares para a área da educação, pois enriquecem a prática pedagógica nas escolas, fortalecem os compromissos desses autores institucionais com a educação e desenvolve o conjunto da área da Educação, pois a história das escolas é a própria História da Educação. Nesse sentido, concluímos que o materialismo histórico dialético tem fundamental contribuição para a Educação, dado que sem o auxílio desse campo teórico e metodológico os estudos da história das instituições escolares ficariam, ainda mais, sem problemas e objetos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo Sarruge Molina, Pontifícia Universidade Católica de Campinas

Doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Professor Adjunto da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

Referências

ARAÚJO, J. C. S.; GATTI JUNIOR., D. (Org.). Novos temas em história da educação brasileira. Instituições escolares e educação na imprensa. Campinas, SP: Autores Associados; Uberlândia, MG: EDUFU, 2002.

BETTO, F. Batismo de sangue: guerrilha e morte de Carlos Marighella. Rio de Janeiro: Rocco, 2006.

BUFFA, E.; NOSELLA, P. Instituições escolares: porque e como pesquisar. Campinas, SP: Alínea, 2009.

BURKE, P. A escola dos Annales (1929-1989): a Revolução Francesa da historiografia. São Paulo: Ed. da UNESP, 1997.

CHAUÍ, M. Brasil: mito fundador e sociedade autoritária. São Paulo, SP: Fundação Perseu Abramo, 2000.

DOSSE, F. A história em migalhas: dos Annales à Nova História. Bauru, SP: EDUSC, 2003.

LE GOFF, J. História e memória. Campinas, SP: Ed. da UNICAMP, 1990.

GRAMSCI, A. Concepção dialética da história. Rio de Janeiro: 10. ed. Civilização Brasileira, 1995.

HALIMI, S. Dos miseráveis da terra à camada média superior: a armadilha dos 99%. Revista Le Monde Diplomatique Brasil, Edição de 20 de setembro de 2017. Disponível em: http://diplomatique.org.br/a-armadilha-dos-99/. Acesso em: 28 set. 2017.

HOBSBAWM, E. J. Sobre história. São Paulo: Companhia das Letras, 1999.

KUSHNIR, B. A grande imprensa apoiou o golpe e a ditadura. Revista Carta Capital, Especial 50 anos do golpe. Publicado em 31 mar. 2014. Disponível em: http://www.cartacapital.com.br/politica/a-grande-impressa-apoiou-o-golpe-e-a-ditadura-e-nao-teve-papel-relevante-para-o-fim-do-regime-1979.html. Acesso em: 19 fev. 2016.

LOWY, M. As Aventuras de Karl Marx contra o Barão de Munchhausen: marxismo e positivismo na sociologia do conhecimento. São Paulo: Busca Vida, 1987.

LOWY, M. Ideologia e ciências sociais: elementos para uma análise marxista. 12. ed. São Paulo: Cortez, 1998.

MAGALHÃES, J. P. Tecendo nexos: história das instituições educativas. Bragança Paulista: EDUSF, 2004.

MAGALHÃES, J. P. Um apontamento metodológico sobre a história das instituições educativas. In: SOUSA, C. P. de.; CATANI, D. B. (Org.). Práticas educativas, culturas escolares, profissão docente. São Paulo: Escrituras, 1998.

MARTÍN, M. Polícia do Rio forja cena de crime para esconder assassinato de jovem. Jornal El país (Brasil). Rio de Janeiro, 30 nov. 2015. Disponível em: http://brasil.elpais.com/brasil/2015/09/30/politica/1443571133_773507.html. Acesso em: 19 fev. 2016.

MARX, K. Posfácio à Segunda Edição Alemã (1872) do Primeiro Volume de “O Capital”. Editorial"Avante!" Transcrição e HTML: Fernando A. S. Araújo, março 2007. Disponível em: https://www.marxists.org/portugues/marx/1873/01/24.htm. Acesso em: 21 jan. 2016.

MARX, K. O capital. Livro 1, v. II. 25. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2011.

MARX, K.; ENGELS, F. A ideologia alemã. Trad. Bruni, José Carlos e Nogueira, Marco Aurélio. São Paulo: Hucitec, 1987.

MENDONÇA, S. R. de. As políticas de educação rural do Ministério da Agricultura (1945-1961). In: CONGRESSO BRASILEIRO DE HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO, 5., 2008, Sergipe. Anais... Sergipe: SBHE, 2008. p. 1-14.

MOLINA, R. S. Escola agrícola prática "Luiz De Queiroz" (ESALQ/USP): sua gênese, projetos e primeiras experiências - 1881 a 1903. 2011. Dissertação (Mestrado) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2011.

MOLINA, R. S. Ditadura, agricultura e educação: a USP/ESALQ e a "modernização conservadora" do campo brasileiro (1964 a 1985). 2016. Tese (Doutorado) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2016.

MORAES, D. de. O jornalista Antonio Gramsci. Revista Carta Maior [2013]. Mídia. Disponível em: http://www.cartamaior.com.br/?/Editoria/Midia/O-jornalista-Antonio-Gramsci/12/29684. Acesso em: 06 ago. 2015.

MINTO, L. W. A educação da miséria: particularidade capitalista e educação superior no Brasil. São Paulo: Outras Expressões, 2014.

NORONHA, O. M. Historiografia das instituições escolares: contribuição a debate metodológico. In: SAVIANI, D.; NASCIMENTO, M. S.; SANDANO, W.; LOMBARDI, J. C. (Org.). Instituições escolares no brasil: conceito e reconstrução histórica. Campinas, SP: Autores Associados: HISTEDBR, 2007, p. 165-173.

SANFELICE, J. L.; JACOMELI, M. R. M.; PENTEADO, A. E. A. P. (Org.). História de instituições escolares. Bragança Paulista, SP: Margem da Palavra, 2016.

SANFELICE, J. L. História e historiográfica de instituições escolares. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, n. 35, p. 192-200, set. 2009. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8639622/7190. Acesso em: 19 out. 2018.

SANFELICE, J. L. História, instituições escolares e gestores educacionais.

Revista HISTEDBR On-line, Campinas, n. especial, p. 20-27, ago. 2006.

SAVIANI, D. et al. Instituições escolares no Brasil: conceito e reconstrução histórica. NASCIMENTO, M. S.; SANDANO, W.; LOMBARDI, J. C. (Org.). Campinas, SP: Autores Associados: HISTEDBR, 2007.

SAVIANI, D. Antecedentes, origem e desenvolvimento da pedagogia histórico-crítica. In: MARSIGLIA, A. C. G. (Org.). Pedagogia histórico - crítica: 30 anos. Campinas-SP: Autores Associados, 2011.

SCHAFF, A. História e verdade. São Paulo: Martins Fontes, 1987.

Downloads

Publicado

2018-12-21

Como Citar

MOLINA, R. S. História, instituições escolares e o materialismo histórico dialético. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 18, n. 4, p. 1209-1228, 2018. DOI: 10.20396/rho.v18i4.8652660. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8652660. Acesso em: 26 nov. 2020.

Edição

Seção

Artigos