“Mais dóceis, mais limpos e mais alegres”: projetos para infância desvalida em Duque de Caxias (1955-1964)

Palavras-chave: Infância desvalida. Patronato. Trabalho. Baixada Fluminense.

Resumo

Apresentamos o projeto assistencialista e educacional da Associação Beneficente de Menores, criada em Duque de Caxias (RJ),na década de 1950, para o enfrentamento da situação da “infância desvalida” do município. A análise dos objetivos e práticas de assistência desvela uma pedagogia que pretendia disseminar hábitos de trabalho e códigos de comportamento da Igreja Católica. Houve uma intensa atuação destinada ao controle social de “menores” por meio da regulação do trabalho infantil urbano e pela institucionalização de um patronato agrícola. As crianças asiladas deveriam ser submetidas a instrução primária, ao ensino de ofícios artesais e agrícolas, e serem educadas conforme os valores da doutrina católica.Diagnósticos sobre rendimento escolar, indisciplina e anormalidade eram acionados para a remoção de crianças consideradas inaptas ao internato.A pesquisa no acervo documental foi cotejada com a bibliografia sobre a história social da infância, de modo a analisar o projeto de “pedagogia cristã” utilizado no Patronato São Bento como recurso de controle social da infância pobre.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Amália Cristina Dias da Rocha Bezerra, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Doutora em História da Educação pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Professora Adjunta da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

Márcia Spadetti Tuão da Costa, Centro de Pesquisa, Memória e História da Cidade de Duque de Caxias
Mestrado em Educação, Cultura e Comunicação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Diretora executiva do Centro de Pesquisa, Memória e História da Cidade de Duque de Caxias (CEPEMHED). 

Referências

ACANDA, J. L. Sociedade civil e hegemonia. Rio de Janeiro: Ed. UFRJ, 2006.

ALVES, H. A. A. B. M. Trabalho de rua. Arquivo patronato São Bento, 079, caixa 003, 1958.

BUTTIGIEG, J. A. Educação e hegemonia. In: COUTINHO, C. N. (org.). Ler Gramsci, entender a realidade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003. p. 39-50.

CONCEIÇÃO, J. T. da. A pedagogia de internar: história do internato no ensino agrícola federal (1934-1967). São Cristóvão: Ed. UFS, 2012.

CONVÊNIO de ensino entre a Prefeitura Municipal de Duque de Caxias e a Mitra Diocesana de Petrópolis. Arquivo Patronato São Bento, 123.2, caixa 003, 1963.

COOPERAÇÃO entre a capital e o interior para assistência e proteção à infância. Folha de Notícias, 24 jul. 1949.

COSTA, M. S. T. da. Patronato São Bento: assistência, escolarização e trabalho para menores em Duque de Caxias (1950-1969). 2017. Dissertação (Mestrado em Educação) –Faculdade de Educação, Universidade do Rio de Janeiro, Duque de Caxias, 2017.

ESCLARECIMENTOS sôbre a obra. Arquivo Patronato São Bento, 126, caixa 003, s/a, [1964].

ESTATUTOS da Associação Beneficente de Menores – Fazenda São Bento Duque de Caxias E. R. J. Arquivo Patronato São Bento, 347.4/5, caixa 005, s/a, 1961.

FALEIROS, V. de P. Infância e processo político no Brasil. In: PILOTTI, F.; RIZZINI, I. A arte de governar crianças: a história das políticas sociais, da legislação e da assistência à infância no Brasil. Rio de Janeiro: Instituto Interamericano Del Niño, Ed. Universitária Santa Úrsula, Amais Livraria, 1995. p. 47-98.

GRAMSCI, A. Cadernos do cárcere, v. 2: os intelectuais. O princípio educativo . jornalismo. 2. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002.

GRAMSCI, A. Cadernos do cárcere, v. 3: Maquiavel. Notas sobre o estado e a política. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2007.

GRAMSCI, A. Concepção dialética da história. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1981.

HOJE, o início oficial da campanha em favor do menor desamparado. Folha de Caxias, 30 abr. 1956.

LIMA JUNIOR, G. de. Departamento de Maternidade e Infância – Instrução nº1/55. Arquivo Patronato São Bento, 002.1-3, caixa 002, 1955.

MENDONÇA, S. R. de. Estado, educação rural e influência norte-americana no Brasil (1930-1961). Niterói: Ed. UFF, 2010.

MOURA, D. O. Assistência à Associação Beneficente de Menores. Arquivo Patronato São Bento, 84.1, caixa 003, 1957.

MOURA, D. O. Bilhete à dona Noêmia Gomes. Arquivo Patronato São Bento, 191.1, caixa 004, 1960a.

MOURA, D. O. Bilhete à dona Noêmia Gomes. Arquivo Patronato São Bento, 191.2, caixa 004, 1960b.

MOURA, D. O. Carta ao Bispo. Arquivo Patronato São Bento, 113.2, caixa 003, 1961a.

MOURA, D. O. Carta ao bispo Dom Manoel Pedro da Cunha e Cintra. Arquivo Patronato São Bento, 127.3, caixa 003, 1964.

MOURA, D. O. Livro-Caixa. Arquivo Patronato São Bento, 64, caixa 001, 1962.

MOURA, D. O. Ofício Expedido. Arquivo Patronato São Bento,199, caixa 004, 1960c.

MOURA, D. O. Ofício Expedido. Arquivo Patronato São Bento, 212.1, caixa 004, 1961b.

MOURA, D. O. Ofício Expedido. Arquivo Patronato São Bento, 220, caixa 004, 1961c.

MOURA, D. O. Ofício Expedido. Arquivo Patronato São Bento, 221, caixa 004, 1961d.

MOURA, D. O. Relatório das atividades da Associação Beneficente de Menores durante o ano de 1957. Arquivo Patronato São Bento, 083.3, caixa 003, 1958.

MOURA, D. O. Relatório das atividades da Associação Beneficente de Menores durante o ano de 1959. Arquivo Patronato São Bento, 100.1, caixa 003, 1960d.

MOVIMENTA-SE Duque de Caxias em favor do menor abandonado. Folha de Caxias. 3-4 jun. 1956.

PASSETTI, E. Crianças carentes e políticas públicas. In: PRIORI, M. D. (org.) História das crianças no Brasil. São Paulo: Contexto, 2000.

PRIMEIRO passo na assistência aos menores. Folha da Cidade, 19 e 20 ago. 1956.

RIZZINI, I. Meninos Desvalidos e Menores Transviados: A trajetória da assistência pública até a Era Vargas. In: PILOTTI, F.; RIZZINI, I (org.). A arte de governar crianças: a história das políticas sociais, da legislação e da assistência à infância no Brasil. Rio de Janeiro: Instituto Interamericano Del Niño, 1995.

SEÇÃO: menores abandonados, assinado por Dom Odilão. Folha da Cidade, 1-2 jul. 1956.

SIMILI, I. G. Mulher e política. A trajetória da primeira-dama Darcy Vargas (1930-1945). São Paulo: Ed. UNESP, 2008.

Publicado
2019-03-19
Como Citar
Bezerra, A. C. D. da R., & Costa, M. S. T. da. (2019). “Mais dóceis, mais limpos e mais alegres”: projetos para infância desvalida em Duque de Caxias (1955-1964). Revista HISTEDBR On-Line, 19, e019014. https://doi.org/10.20396/rho.v19i0.8653886