Escola nova e bolchevismo

episódios exemplares de um embate

Palavras-chave: Escola nova, Lourenço Filho, Cecília Meireles

Resumo

Este artigo tem como objetivo estudar dois episódios que ocorreram no ano de 1937 e envolveram dois signatários do Manifesto de 1932: o educador Lourenço Filho e a conhecida escritora e educadora Cecília Meireles. A partir da análise de documentos da biblioteca do Conselho Nacional de Educação e do Arquivo do Supremo Tribunal Federal, trazemos algumas reflexões sobre o fechamento da Biblioteca Infantil do Pavilhão Mourisco dirigido por Cecília Meireles, acusado de conter livros comunistas e os impactos deste fechamento no interior do Conselho Nacional de Educação. Neste episódio, Lourenço Filho foi alvo de acusação pelo jornal O Povo de ser comunista justamente em um momento que diversas pessoas estavam presas e investigadas por suposta participação na “Intentona Comunista” de 1935. O estudo analisou fontes primárias e procurou confrontar com elementos que apontavam no horizonte cada vez mais próximo a imposição de um Estado de Exceção, que se configurou em novembro de 1937. Neste sentido, compreender esses episódios como cenas acessórias junto à ação principal da complexa realidade do período em que a Escola Nova se colocava como uma alternativa à educação do período ajuda a problematizar a complexa realidade dos anos 1930 e seus desfechos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Damiro Moraes, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

Doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Professor Associado da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). 

Referências

AGAMBEN, G. Estado de exceção. São Paulo: Boitempo, 2004.

BOAVENTURA, E. M. Isaías Alves de Almeida. Verbete In: FÁVERO, M. L. A.; BRITTO, J. M. (org.). Dicionário de Educadores no Brasil - da colônia aos nossos dias. 2. ed. atum. Rio de Janeiro: Ed. UERJ: MEC-Inep-Comped, 2002.

BRASIL. Decreto nº 229 de 11 de julho de 1935. Brasília, DF: Câmara do Deputados, 1935a. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1930-1939/decreto-229-11-julho-1935-518037-publicacaooriginal-1-pe.html. Acesso em: 27 mar. 2019.

BRASIL. Decreto nº 246 de 19 de julho de 1935. Brasília, DF: Câmara do Deputados, 1935b. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1930-1939/decreto-246-19-julho-1935-509259-publicacaooriginal-1-pe.html. Acesso em: 27 mar. 2019.

BRASIL. Lei nº 38 de 04 de abril de 1935. Brasília, DF: Câmara do Deputados, 1935c. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/1930-1939/lei-38-4-abril-1935-397878-publicacaooriginal-1-pl.html. Acesso em: 27 mar. 2019.

BRASIL. Supremos Tribunal Federal. Mandado de Segurança nº 127. União Feminina do Brasil contra Decreto 246/1935 da Presidência da República. Relator Ministro Manuel Costa Manso. Decisão em 23/09/1935. INDEFERIDO por unanimidade. 1935d.

CNE. CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. Ata de Reunião do Conselho Nacional de Educação. Rio de Janeiro: [s.n.], 1937a.

CNE. CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. Originais Serviço de Taquigrafia. Rio de Janeiro: [s.n.], 1937b.

DÊEM ESCOLAS ao Brasil. Jornal O Globo, Rio de Janeiro, 25 de julho de 1938.

ESCOLA nova e bolchevismo: coisas que precisam ser vistas – de pé as denúncias do professor Isaías Alves. Jornal O Povo, Rio de Janeiro, 26 de outubro de 1937.

GANDINI, R. P. C.; RISCAL, S. A. Manoel Bergström Lourenço Filho. Verbete In: FÁVERO, M. L. A.; BRITTO, J. M. (org.). Dicionário de Educadores no Brasil- da colônia aos nossos dias. 2. ed. atum. Rio de Janeiro: Ed. UERJ: MEC-Inep-Comped, 2002.

KELLER, V. V. R. Verbete In: ABREU, A. A.; BELOCH, I.; LATTMAN-WELTMAN, F.; LAMARÃO, S. T. N. (coord.). Dicionário histórico biográfico brasileiro pós 1930. Rio de Janeiro: Ed. FGV, 2001. 5 v.

LEAL, H. A. T. Amélias de ontem: a educação feminina na concepção de intelectuais da década de vinte. 1997. Tese (Doutorado em Filosofia e História da Educação) – Programa de estudos pós graduados em educação, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, 1997.

LÔBO, Y. L. Cecília Benevides de Carvalho Meireles. Verbete In: FÁVERO, M. L. A.; BRITTO, J. M. (org.). Dicionário de Educadores no Brasil - da colônia aos nossos dias. 2. ed. aum. Rio de Janeiro: Ed. UERJ: MEC-Inep-Comped, 2002.

MACHADO, M. S. A implantação da geografia universitário no Rio de Janeiro. Revista On-line Geografia, ano II, n. 03, semestral, jan./jun. 2000. Disponível em: http://periodicos.uff.br/geographia/article/view/13378/8578. Acesso em: 27 mar. 2019.

MIGNOT, A. C. V. Baú de memórias, bastidores de histórias: o legado de Armanda Álvaro Alberto. Bragança Paulista, SP: EDUSF, 2002.

MORAES, J. D. de. Cecília Meireles e o ensino religioso nos anos 1930: embates em defesa da escola nova. Educ. Pesqui., São Paulo, v. 42, n. 3, p. 741-754, set. 2016. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-97022016000300741&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 18 out. 2018. http://dx.doi.org/10.1590/S1517-9702201609151046.

NUNES, C. Anísio Spínola Teixeira. Verbete In: FÁVERO, M. L. A.; BRITTO, J. M. (org.). Dicionário de Educadores no Brasil - da colônia aos nossos dias. 2. ed. aum. Rio de Janeiro: Ed. UERJ: MEC-Inep-Comped, 2002.

PILETTI, N. Fernando de Azevedo. Verbete In: FÁVERO, M. L. A.; BRITTO, J. M. (org.). Dicionário de Educadores no Brasil - da colônia aos nossos dias. 2. ed. aum. Rio de Janeiro: Ed. UERJ: MEC-Inep-Comped, 2002.

PIMENTA, J. S. Leitura e encantamento: a biblioteca infantil do Pavilhão Mourisco. In NEVES, M. S.; LÔBO, Y.; MIGNOT, A. C. V. Cecília Meireles: a poética da educação. Rio de Janeiro: PUC-Rio: Loyola, 2001.

SILVA, H. 1935: a revolta vermelha. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1969.

UMA CONFERÊNCIA libertária. Jornal A Lanterna. São Paulo, nº 398, 13 de julho de 1935, p. 02. Diretor Gerente Edgard Leuenroth, 1935.

VARGAS, G. Manifesto à nação. Rio de Janeiro: Serviço de Publicidade da Imprensa Nacional, 1934.

Publicado
2019-06-04
Como Citar
Moraes, J. D. (2019). Escola nova e bolchevismo. Revista HISTEDBR On-Line, 19, e019024. https://doi.org/10.20396/rho.v19i0.8654016