Banner Portal
Produções bibliográficas sobre o programa Universidade Para Todos (ProUni) entre 2005 e 2018
PDF

Palavras-chave

ProUni
Ensino superior
Inclusão
Permanência
Egressos

Como Citar

PIRES, André; RIBEIRO, Maynara de Oliveira. Produções bibliográficas sobre o programa Universidade Para Todos (ProUni) entre 2005 e 2018: desenho do programa; perfil dos ingressantes; permanência e egressos. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 20, p. e020035, 2020. DOI: 10.20396/rho.v20i0.8657166. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8657166. Acesso em: 18 maio. 2024.

Resumo

Durante os anos de existência do Programa Universidade para Todos (ProUni), criado em 2005, foram realizadas inúmeras pesquisas e discussões sobre suas funcionalidades e efetivação na inclusão de pessoas com baixa renda familiar per capita no Ensino Superior, contendo argumentos contrários e favoráveis ao seu desenho, implementação e resultados. Fundamentada no método de investigação de tipo “estado da arte”, este artigo procura analisar 52 produções qualificadas sobre o ProUni, visando melhor compreensão sobre as seguintes dimensões relacionadas ao programa: desenho do programa, perfil dos ingressantes, permanência dos bolsistas e egressos. De maneira sintética, a leitura destas produções indica que o ProUni tem atingido positivamente estudantes de baixa renda, antes com poucas chances de ingresso no Ensino Superior e que dificilmente seriam atendidos pelas IES públicas. Todavia, ainda são grandes os desafios em termos de propiciar condições adequadas para estes se manterem e concluírem seus cursos de graduação.

https://doi.org/10.20396/rho.v20i0.8657166
PDF

Referências

ABDAL, A.; NAVRRA, J. "Uni por Uni, eu escolhi a que era do lado da minha casa": deslocamentos cotidianos e o acesso, a permanência e a fruição da universidade por bolsistas do ProUni no ensino superior privado. Novos estud. - CEBRAP [online], n. 99, p. 65-87, 2014. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-33002014000200065&lng=en&nrm=iso&tlng=pt . Acesso em: 29 maio 2020.

ALMEIDA, M. A. de. Universidade para todos: o PROUNI na visão dos bolsistas de uma instituição de ensino superior. 120p. Dissertação (Mestrado em Educação) – Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Campinas, 2009.

AMARAL, D. P. do.; OLIVEIRA, F. B. de. O ProUni e a conclusão do ensino superior: novas trajetórias pessoais e profissionais dos egressos. Ensaio: aval. pol. públ. Educ. [online], v. 19, n. 73, p. 861-890, 2011. ISSN 0104-4036. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=s0104-40362011000500008&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 29 maio 2020.

ARANHA NETO, M. de. O. Compreendendo a dinâmica de inclusão e/ou exclusão de alunos bolsistas do ProUni. 2014. 186p. Dissertação (Mestrado em Administração de Empresas) – Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2014.

BARBOSA, M. L. de. O. Democratização ou massificação do Ensino Superior no Brasil? Rev. educ. PUC-Camp., Campinas, v. 24, n. 2, p. 240-253, maio/ago. 2019.

BORBA, T. M. Desigualdades na educação superior: acesso e permanência de bolsistas ProUni na PUC-RS. 2017. 145p. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2017.

BORGES, R. G. Egressos do ProUni de uma universidade do interior do Estado de São Paulo do ano 2008 até o ano de 2016: trajetórias de ex-bolsista do programa bolsa família. 158p. Dissertação (Mestrado em Educação) – Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Campinas, 2018.

BORGES, Y. de M. Juventude e políticas públicas de acesso ao Ensino Superior: as trajetórias de jovens egressos do ProUni. 107p. Dissertação (Mestrado em Educação) –Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2017.

BOVÉRIO, M. A. ProUni: estudo multicasos com bolsistas beneficiários (estudantes e egressos) de sete Instituições de Ensino Superior do interior do Estado de São Paulo. 2014. 471p. Tese (Doutorado em Educação Escolar) – Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Araraquara, 2014.

BRASIL, Ministério da Educação e Cultura. Portal do Programa Universidade para Todos (ProUni). Brasília: MEC. Disponível em: http://prouniportal.mec.gov.br/o-programa. Acesso em: 19 set. 2019.

BRASIL. MEC/SESu/DIPES. Coordenação Geral de Projetos Especiais para Graduação. Manual do Bolsista. 2015. Disponível em: http://prouniportal.mec.gov.br/informacoes-e-avisos/4-manual-do-bolsista. Acesso em: 19 jun. 2019.

CARVALHO JUNIOR, F. G. de. Universidade Para Todos: o Prouni na visão dos bolsistas de uma Instituição de Ensino Superior – entre políticas de financiamento, concepções e experiências profissionais dos alunos concluintes. 2018. 158p. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Mossoró, 2018.

CARVALHO, C. H. A. de. O PROUNI no governo Lula e o jogo político em torno do acesso ao ensino superior. Educ. Soc. [online]. v. 27, n. 96, p. 979-1000, 2006. ISSN 0101-7330. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0101-73302006000300016&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 29 maio 2020.

CORREA, M. D. Programa Universidade para Todos (Prouni): satisfação, expectativa, evasão e permanência de bolsistas em uma faculdade particular de Presidente Prudente (SP). 2014. 208p. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade do Oeste Paulista, Presidente Prudente, 2014.

COSTA, F. de S. O ProUni e seus egressos: uma articulação entre educação, trabalho e juventude. 2012. 201p. Tese (Doutorado em Educação) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.

DUARTE, R. A. G. A experiência de jovens bolsistas do ProUni em um ambiente universitário elitizado. 2017. 119p. Dissertação (Mestrado Profissional em Administração) – Faculdade de Economia e Finanças do IBMEC, Rio de Janeiro, 2017.

DUBET, F. Qual democratização do ensino superior? Caderno CRH, Salvador, v. 28, n. 74, p. 255-265, maio/ago. 2015.

FELICETTI, V. L. Comprometimento do aluno ProUni: acesso, persistência e formação acadêmica. Rev. Bras. Estud. Pedagog. [online], v. 95, n. 241, p. 526-543, 2014. ISSN 2176-6681. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S2176-66812014000300005&lng=pt&nrm=i. Acesso em: 29 maio 2020.

FELICETTI, V. L.; FOSSATTI, P. Alunos ProUni e não ProUni nos cursos de licenciatura: evasão em foco. Educ. rev. [online], n. 51, p. 265-282, 2014. ISSN 0104-4060. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0104-40602014000100016&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 29 maio 2020.

FERREIRA, K. T. Os caminhos do ProUni: trajetórias de bolsistas. 2011. 166p. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2011.

FERREIRA, N. S. de A. As pesquisas denominadas “estado da arte”. Educação & Sociedade, v. 23, n. 79, p. 257-272, 2002.

KARNAL, C. L. et al. Fatores de proteção em estudantes bolsistas do Programa Universidade para Todos. Psicol. Esc. Educ. [online], v. 21, n. 3, p. 437-446, 2017. ISSN 2175-3539. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-85572017000300437&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 29 maio 2020.

LAMBERTUCCI, G. M. Um olhar sobre o percurso acadêmico de bolsistas do Prouni da Puc Minas, na perspectiva da relação com o saber. 2007. 87p. Dissertação (Mestrado em Educação) – Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2007.

LIMA, T. C. S. de.; MIOTO, R. C. T. Procedimentos metodológicos na construção do conhecimento científico: a pesquisa bibliográfica. Rev. Katál. Florianópolis v. 10, n. esp., p. 37-45, 2007.

MONGIM, A. B. Crescimento pessoal, mediação e sacrifício: itinerários sociais de estudantes beneficiários do Prouni. Educ. Soc. [online]. v. 36, n. 133, p. 927-943, 2015. ISSN 0101-7330. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0101-73302015000400927&script=sci_abstract&tlng=pt . Acesso em: 29 maio 2020.

NONATO, B. F. Os sentidos da experiência universitária para jovens bolsistas do Prouni. 2012. 212p. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2012.

OLIVEIRA, A. dos S.; BOCK, A. M. B. Escolha do curso por prounistas: estudando a dimensão subjetiva da desigualdade. Psicol. Esc. Educ., Maringá, v. 20, n. 2, 10 p. maio/ago. 2016. ISSN 2175-3539.

RIBEIRO, F. de M. Consciência dos Prounistas sobre sua inserção no ensino superior. 2013. 137p. Dissertação (Mestrado em Psicologia) – Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Campinas, 2013.

RIBEIRO, F. de M. Preconceitos e Prounistas: "Seu Lugar Não É Aqui”. 2018. 189p. Tese (Doutorado em Psicologia) – Pontifícia Universidade Católica De Campinas, Campinas, 2018.

RISTOFF, D. O novo perfil do campus brasileiro: uma análise do perfil socioeconômico do estudante de graduação. Avaliação (Campinas) [online]. v. 19, n. 3, p. 723-747, 2014. ISSN 1414-4077. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-40772014000300010&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 29 maio 2020.

ROCHA, C. S. Por que eles abandonam? Evasão de bolsistas ProUni dos cursos de licenciaturas. 2015. 131p. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2015.

ROMÃO, P. C. R. Vivências dos ex-beneficiários do Programa Bolsa Família e bolsistas do Prouni que frequentam cursos de graduação com maior e menor prestígio em universidade do interior do Estado de São Paulo. 2018. 119p. Dissertação (Mestrado em Educação) – Pontifícia Universidade de Campinas, Campinas, 2018.

SAES, P. M. Acesso ao ensino superior e trajetórias dos egressos do PROUNI. 2015. 97p. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2015.

SANTOS, D. A. R. dos. A questão da permanência de estudante beneficiários do Programa Universidade para Todos – ProUni: um estudo do Curso de Serviço Social da UNIGRANRIO. 2015. 125p. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) – Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2015.

SENA, E. de F. Estímulo, acesso, permanência e conclusão no ensino superior de alunos bolsistas do Programa Universidade para Todos (PROUNI): contribuições para o enfrentamento do processo de inserção. 2011. 225p. Tese (Doutorado em Educação) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011.

SILVA, C. S. da. Depois do acesso: a inserção profissional de jovens egressos do ProUni. 2017. 242p. Dissertação (Mestrado em Administração) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2017.

TROW, M. A. Reflections on the transition from elite to mass to universal access: forms and phases of higher education in modern societies since WWII. Berkeley: University of California, 2005.

Revista HISTEDBR On-line utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.