Banner Portal
A educação física e a pedagogia histórico-crítica
PDF

Palavras-chave

Educação física
Pedagogia histórico-crítica
Radicalização da teoria pedagógica
Contra-hegemonia

Como Citar

CALHEIROS, Vicente Cabrera; FERREIRA, Liliana Soares. A educação física e a pedagogia histórico-crítica: aproximações . Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 21, n. 00, p. e021028, 2021. DOI: 10.20396/rho.v21i00.8659287. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8659287. Acesso em: 13 abr. 2024.

Resumo

Este artigo apresenta uma reflexão centrada no esforço aproximativo entre a Educação Física (EF), entendida como disciplina que trata de uma área denominada de cultura corporal (SOARES et al., 2012), e a pedagogia histórico-crítica (PHC). Justifica-se pela necessidade de radicalização da teoria pedagógica (FRIZZO, 2015), na perspectiva da construção do conhecimento e fortalecimento da contra-hegemonia (SOUZA, 1999), assim como faz jus ao apontamento de Silva (2013), ao manifestar a importância de que se constituam novos estudos e reflexões que articulem a EF com a PHC, visto esta produção na área ainda ser incipiente. Portanto, este texto é resultado de uma reflexão teórica, com base em revisão de literatura em obras de autores que possuem, como perspectiva teórico-metodológica, o materialismo histórico e dialético. Ao longo do percurso investigativo, explicitam-se os processos históricos gerais de desenvolvimento da EF a fim de reconhecer as condições de sua produção, objetivando compreender suas principais manifestações, dando centralidade aos desdobramentos relativos ao campo educacional e escolar. Neste movimento de análise, realiza-se debate, tendo como fundamento a EF como materialidade que contém, em si, história, ou seja, que é fruto de relações sociais contraditórias sendo resultado da ação humana. Realiza-se também uma contextualização histórica dos processos que desencadearam na construção da pedagogia histórico-crítica, entendendo que estas mesmas determinações sociais influenciaram a EF. Por fim, manifesta-se o posicionamento de que a PHC se constitui em importante fundamentação teórica para que a EF alcance condições de, mediante a radicalização da teoria pedagógica, contribuir com a construção da contra-hegemonia.

https://doi.org/10.20396/rho.v21i00.8659287
PDF

Referências

CALHEIROS, V. C.; SOUZA, M. S. Avaliação como categoria: elementos para uma discussão. Kinesis, Santa Maria, v. 32, n. 1, p. 95-109, 2014.

CASTELLANI FILHO, L. A educação física no Brasil: a história que não se conta. 18. ed. Campinas, SP: Papirus, 2010. (Coleção Corpo & Motricidade).

D´AGOSTINI, A.; TITTON, M. Educação Física no contexto da crise estrutural do capital e nas mudanças no mundo do trabalho: repercussões na formação dos professores. In: SOUZA, M. S.; RIBAS, J. F. M.; CALHEIROS, V. C. (Org.). Conhecimento em Educação Física no movimento das mudanças no mundo do trabalho. Santa Maria: Ed. da UFSM, 2015.

FERREIRA, L. S. Trabalho pedagógico na escola: do que se fala? Educação e Realidade, v. 43, n. 2, p. 591-608, 2018.

FRIZZO, G. A necessária radicalização da teoria pedagógica da educação física nos tempos de crise do capital e nas mudanças no mundo do trabalho. In: SOUZA, M. S.; RIBAS, J. F. M.; CALHEIROS, V. C. (Org.). Conhecimento em Educação Física no movimento das mudanças no mundo do trabalho. Santa Maria: Ed. da UFSM, 2015.

LUKÁCS, G. História e consciência de classe: estudos sobre a dialética marxista. São Paulo: Martins Fontes, 2003. (Tópicos).

MARX, K. O capital: crítica da economia política: Livro I: o processo de produção. São Paulo: Boitempo, 2013.

MARX, K.; ENGELS, F. A ideologia alemã. São Paulo: Boitempo, 2007.

MARX, K.; ENGELS, F. Manifesto do Partido Comunista. São Paulo: Martin Claret, 2005.

MORAES, M, C. M. de. Recuo da teoria: dilemas na pesquisa em educação. Revista Portuguesa de Educação, v. 14, n. 1 p. 5-24, 2001.

MORAIS, R, de. Prefácio In: MEDINA, J, P, S. (Org.). O brasileiro e seu corpo. Educação e política do corpo. São Paulo: Papirus, 1987.

NEVES, L. M. W.; SANT´ANNA, R. Introdução: Gramsci, o estado educador e a nova pedagogia da hegemonia. In: NEVES, L. M. W. (Org.). A nova pedagogia da hegemonia: estratégias do capital para educar o consenso. São Paulo: Xamã, 2005.

OLIVEIRA, V. M. Educação Física: ideologia e contra-ideologia. In. Artus: Revista de Educação Física e Desportos, ano XII, n. 21, 1989.

RIBEIRO, M. É possível vincular educação e trabalho em uma sociedade “sem trabalho”? Revista da UCPEL, Pelotas, v. 8, n. 1, p. 5-17, jan./jun. 1999.

RUBIN, I.I. A teoria marxista do valor. São Paulo: Livraria e Editora Polis, 1987.

SAVIANI, D. A crise estrutural do capitalismo e seus impactos na educação pública brasileira. In: LOMBARDI, J. C. (Org.). Crise capitalista e educação brasileira. Uberlândia, MG: Navegando Publicações, 2016. p. 31-45

SAVIANI, D. A filosofia na formação do educador. In: Educação: do senso comum à consciência filosófica. 15. ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2004. (Coleção educação contemporânea).

SAVIANI, D. Antecedentes, origem e desenvolvimento da pedagogia históricocrítica. In: MARSIGLIA, A. C. G. (Org.). Pedagogia histórico-crítica: 30 anos. Campinas: Autores Associados, 2011a. p. 197-225.

SAVIANI, D. Escola e democracia. Edição comemorativa. Campinas: Autores Associados, 2008.

SAVIANI, D. História das ideias pedagógicas no Brasil. 3. ed. rev. 1 reimpr. Campinas, SP: Autores Associados, 2011b. (Coleção Memórias da educação).

SAVIANI, D. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. 11. ed. rev. Campinas, SP: Autores Associados, 2013.

SILVA, E. M. A pedagogia histórico-crítica no cenário da educação brasileira. 2013. Dissertação (Mestrado) – Faculdade de Educação Física, Universidade de Brasília, 2013.

SOARES, C. L. Educação física: raízes europeias e Brasil. 2. ed. rev. Campinas, SP: Autores Associados, 2001. (Coleção educação contemporânea).

SOARES, C. L. et al. Metodologia do Ensino da Educação Física. São Paulo: Cortez, 2012.

SOUZA, M. S. Educação Física: construindo ideologia ou contra-hegemonia? Motrivivência, ano XI, n. 12, p. 163-174, maio 1999.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Copyright (c) 2021 Vicente Calheiros, Liliana Ferreira

Downloads

Não há dados estatísticos.