Banner Portal
As ciências sociais na Bahia
PDF

Palavras-chave

Educação superior
Política educacional
Faculdade de Sociologia e Política de Vitória da Conquista

Como Citar

MENDES, Luciana Canário;  CASIMIRO , Ana Palmira Bittencourt Santos. As ciências sociais na Bahia: a faculdade de sociologia e política de Vitória da Conquista (FSPVC) . Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 21, n. 00, p. e021034, 2021. DOI: 10.20396/rho.v21i00.8659979. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8659979. Acesso em: 28 maio. 2024.

Resumo

Este artigo objetiva tecer algumas reflexões sobre o processo de implantação e extinção da Faculdade de Sociologia e Política em Vitória da Conquista (BA). A Faculdade foi inspirada em um grupo de escolas geopoliticamente instaladas, cuja origem foi a Escola Livre de Sociologia e Política de São Paulo (ELSP). Na Bahia, a fundação desse modelo de instituição aconteceu em Salvador, Ilhéus e Vitória da Conquista. Seus fundadores mostravam-se particularmente preocupados em dimensionar o impacto dos problemas de gestão urbana decorrentes da urbanização e industrialização e viam na Sociologia uma ferramenta privilegiada para a formulação das políticas sociais. Entretanto, a Faculdade de Sociologia e Política de Vitória da Conquista foi fechada dois anos e seis meses em condições adversas e completamente diferentes das iniciais. Para esse estudo, recorremos à análise histórica e documental, tanto oral quanto escrita e/ou iconográfica, buscada em jornais, arquivos públicos e particulares. Com base nas fontes, podemos concluir que em Vitória da Conquista, em nível mais modesto, e pela conjuntura em que foi implantada, já na iminência da ditadura civil-militar, a tendência esquerdizante foi fator decisivo para a sua extinção.

https://doi.org/10.20396/rho.v21i00.8659979
PDF

Referências

A EDUCAÇÃO em Conquista. Jornal O Fifó, Vitória da Conquista (Bahia), 10 nov. 1977.

ALMEIDA, M. H. T. de. Dilemas da institucionalização das Ciências Sociais no Rio de Janeiro. In: MICELI, S. (Org.). História das Ciências Sociais no Brasil. São Paulo: Finep, Idesp: Vértice, 1989. v. 01.

BRASIL. Decreto-Lei n° 63.341, de 01 outubro de 1968a. Estabelece critérios para a expansão do ensino superior e dá outras providências. Brasília: Congresso Nacional.

BRASIL. Decreto-Lei nº 464, de 11 de fevereiro de 1969. Estabelece normas complementares à Lei nº 5.540, de 28 de novembro de 1968, e dá outras providências. Brasília: Congresso Nacional.

BRASIL. Decreto-Lei nº 53, de 18 de novembro de 1966. Fixa princípios e normas de organização para as Universidades Federais e dá outras providências. Brasília: Congresso Nacional.

BRASIL. Lei nº 5.692, de 11 de agosto de 1971. Fixa Diretrizes e Bases para o ensino de 1° e 2º graus, e dá outras providências. Brasília: Congresso Nacional.

BRASIL. Lei nº 6.888, de 10 de dezembro de 1980. Dispõe sobre o exercício da profissão de Sociólogo e dá outras providências. Brasília: Congresso Nacional.

BRASIL. Leis nº 5.540, de 28 de novembro de 1968b. Fixa normas de organização e funcionamento do ensino superior e sua articulação com a escola média, e dá outras providências. Brasília: Congresso Nacional.

CORPO docente da Escola de Sociologia e Política de Vitória da Conquista. Jornal O Estado da Bahia, Salvador, 19 abr. 1965, p. 04.

ESCOLA de Sociologia e Política imagina curso. Jornal A Tarde, Salvador, 20 abr. 1965.

ESCOLA LIVRE DE SOCIOLOGIA E POLÍTICA. Manifesto de Fundação. 27. abr. 1933.

ESCOLA Superior para Vitória da Conquista. Jornal O Combate. Vitória da Conquista (Bahia), ano XXXI, n. 07, 27 set. 1959.

ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO DE ESCOLAS SUPERIORES DE VITÓRIA DA CONQUISTA, de 28 out. de 1966. Registrado no Cartório de Registro de Títulos e Documentos de Pessoas Jurídicas em Vitória da Conquista (Bahia), sob nº 96 do livro A-4

INAUGURADA a Escola de Sociologia e Política em Vitória da Conquista. O Jornal, Vitória da Conquista (Bahia), ano VIII, 10 abr. 1965, n. 253 e 254.

INSTALAÇÃO da Escola de Sociologia e Política em Conquista. Jornal A Tarde, Salvador, p. 07, 12 mar. 1965.

MOTTA, R. P. S. As universidades e o regime militar: cultura política brasileira e a modernização autoritária. 1. ed. Rio de Janeiro: Zahar, 2014.

NOVA equipe de trabalho. Jornal O Sertanejo, Vitória da Conquista (Bahia), ano VIII, n. 310, 01 abr. 1967.

O DIREITO à informação: ainda a regulamentação das profissões. Jornal O Estado de São Paulo. São Paulo, 27 de out. 1967, p. 3.

OLIVEIRA, E. S. O ginásio de conquista. Memória de uma instituição escolar (1940-1960). 2009. Dissertação (Mestrado Memória: Linguagem e Sociedade) – Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Vitória da Conquista, 2009.

PADRE PALMEIRA pedirá a JK uma faculdade de Filosofia para Vitória da Conquista. Jornal O Combate, Vitória da Conquista (Bahia), n. 22, 09 jun. 1960.

REINTEGRAÇÃO de possa leva a polícia a Escola de Sociologia. Jornal A Tarde, Salvador, ano 1968, p. 03.

SAVIANI, D. Instituições Escolares no Brasil: conceito e reconstrução histórica. In: NASCIMENTO, M. I. M. et al. (org.). Instituições escolares no Brasil - conceito e reconstrução histórica. Campinas, SP: Autores Associados: HISTEDBR; Sorocaba, SP: UNISO; Ponta Grossa, PR: UEPG, 2007. (Coleção Memória da Educação).

SIMONSEN, R. Rumo à verdade. Discurso proferido em: 27 maio 1933. São Paulo, São Paulo Editora, 1933.

TANAJURA, M. História de Conquista: crônica de uma cidade. Vitória da Conquista: PMVC. Brasil Artes Gráficas, 1992. (Ed. comemorativa).

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Copyright (c) 2021 Luciana Canário Mendes, Ana Palmira Bittencourt Santos Casimiro

Downloads

Não há dados estatísticos.