Banner Portal
Ditadura militar, memória, história pública e vídeos disponíveis na internet
PDF

Palavras-chave

Memória
História pública
Internet
Ditadura Militar

Como Citar

SANTANA, Elis Saraiva; MAGALHÃES, Lívia Diana Rocha. Ditadura militar, memória, história pública e vídeos disponíveis na internet. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 21, n. 00, p. e021054, 2021. DOI: 10.20396/rho.v21i00.8666492. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8666492. Acesso em: 26 maio. 2024.

Resumo

Apresentamos, neste texto, resultados da pesquisa que realizamos sobre o documentário “1964 - O Brasil entre armas e livros” (BRASIL PARALELO, 2019) e o episódio “Ditadura à brasileira”, da série “Guia Politicamente Incorreto” (THE HISTORY CHANNEL BRASIL, 2017), além de comentários de usuários(as) do Youtube a respeito desses vídeos. Tomamos como base contribuições teóricas do campo de estudos da memória social e da chamada história pública, ressaltando o papel da internet na produção, na difusão e na recuperação de narrativas sobre a ditadura militar no Brasil que se contrapõem à historiografia crítica e ao ensino de história. Discutimos, de forma aproximada, como produções de tal natureza se apropriam de recursos midiáticos e de interesses de uma história para consumo público, visando produzir ou legitimar narrativas que despertam memórias individuais-coletivas que se baseiam em quadros sociais de vivências legitimadoras da ditadura e de seus usos ideológicos, educativos.

https://doi.org/10.20396/rho.v21i00.8666492
PDF

Referências

A. V. R. 1964 - o Brasil entre armas e livros (filme completo). Destinatário: Brasil Paralelo. [S. l.]: 11 set. 2020. 1 comentário online no “comentários” do YouTube. Disponível em: https://bit.ly/3FvRvVL. Acesso em: 25 jul. 2021.

ALMEIDA, J. R.; ROVAI, M. G. de O. (Org.). Introdução à história pública. São Paulo: Letra e Voz, 2011.

BRASIL PARALELO. +30 produções. Documentários e filmes gratuitos que já ensinaram milhões de brasileiros. São Paulo: 2020a. Disponível em: https://bit.ly/3BvWQL8. Acesso em: 15 out. 2020.

BRASIL PARALELO. 1964 - O Brasil entre armas e livros (filme completo). Direção: Filipe Valerim e Lucas Ferrugem. Produção: Henrique Zingano. Roteiro: Herique Zingano e Lucas Ferrugem. [S. l.]: Brasil Paralelo, 2019. 1 vídeo (2h 07 min 19 seg). Disponível em: https://bit.ly/305UynX. Acesso em: 20 mar. 2020.

BRASIL PARALELO. Sobre. Facebook: @brasilparalelo. Disponível em: https://bit.ly/3FyFaAI. Acesso em: 15 out. 2020b.

BUZALAF, M. N. A construção estereotipada do comunista na produção 1964 - o Brasil entre armas e livros. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 2019, Belém, PA. Anais [...]. Belém: Intercon, 2019. p. 34-42. Disponível em: https://bit.ly/3wV8hud. Acesso em: 25 jul. 2021.

C. S. 1964 - o Brasil entre armas e livros (filme completo). Destinatário: Brasil Paralelo. [S. l.]: 07 abr. 2019. 1 comentário online no “comentários” do YouTube. Disponível em: https://bit.ly/3Cvfr9E. Acesso em: 25 jul. 2021.

FONSECA, T. N. Mídias e divulgação do conhecimento histórico. Revista Aedos, [online], v. 4, n. 11, p. 129-140, set. 2012. Disponível em: https://bit.ly/3Fqsoo1. Acesso em: 25 jul. 2021.

FRISCH, M. A história pública não é uma via de mão única, ou, de A shared authority à cozinha digital, e vice-versa. In: MAUAD, A. M.; ALMEIDA, J. R. de; SANTHIAGO, R. (Org.). História pública no Brasil: sentidos e itinerários. São Paulo: Letra e Voz, 2016. p. 57-70.

“GUIA Politicamente Incorreto da História do Brasil” alcança topo da lista. Folha Uol, 27 fev. 2010. Disponível em: https://bit.ly/3oIIZ0p. Acesso em: 20 jul. 2021.

HALBWACHS, M. A memória coletiva. Tradução: Laurent Léon Schaffter. São Paulo: Vértice, 1990.

HALBWACHS, M. Los marcos sociales de la memoria. Tradução: Manuel A. Baeza y Michel Mujica. Barcelona: Anthropos, 2004.

J. X. 1964 - o Brasil entre armas e livros (filme completo). Destinatário: Brasil Paralelo. [S. l.]: 05 fev. 2020. 1 comentário online no “comentários” do YouTube. Disponível em: https://bit.ly/3qIUdTD. Acesso em: 25 jul. 2021.

JELIN, E. Los trabajos de la memoria. Espanha: Siglo Vienteuno, 2001.

LIMA, A. N. A nação brasileira entre a cruz e a espada: apontamentos sobre a atual (re)construção de uma identidade nacional supremacista no Brasil. Temáticas, Campinas, v. 27, n. 54, p. 15–38, 2019. Disponível em: https://bit.ly/3mwmAk8. Acesso em: 25 jul. 2021.

M. A. Brasil, 1968. Ditadura à brasileira. Guia politicamente incorreto. History. Destinatário: I.M. [S. l.]: 14 jun. 2018. 1 comentário online no “comentários” do YouTube. Disponível em: https://bit.ly/3mAAqlr. Acesso em: 25 jul. 2021.

MAGALHÃES, L. D. R.; ALMEIDA, J. R. M. Relações Simbólicas entre memória, ideologia, história e educação. In: LOMBARDI, J. C.; CASIMIRO, A. P. B. S.; MAGALHÃES, L. D. R. (Org.). História, memória e educação. Campinas, SP: Alínea, 2011. p. 99-109.

MALERBA, J. Acadêmicos na berlinda ou como cada um escreve a História? Uma reflexão sobre o embate entre historiadores acadêmicos e não acadêmicos no Brasil à luz dos debates sobre Public History. História da Historiografia: International Journal of Theory and History of Historiography, v. 7, n. 15, p. 27-50, 2014. Disponível em: https://bit.ly/3DuwGZN. Acesso em: 21 mar. 2020.

MAUAD, A. M.; ALMEIDA, J. R. de; SANTHIAGO, R. Introdução. In: MAUAD, A. M.; ALMEIDA, J. R. de; SANTHIAGO, R. (Org.). História pública no Brasil: sentidos e itinerários. São Paulo: Letra e Voz, 2016. p. 11-20.

MENESES, S. Uma história ensinada para Homer Simpson: negacionismos e os usos abusivos do passado em tempos de pós-verdade. Revista História Hoje, v. 8, n. 15, p. 66-88, 2019. Disponível em: https://bit.ly/3DonZ30. Acesso em: 16 jul. 2021.

N. T. Brasil, 1968. Ditadura à brasileira. Guia politicamente incorreto. History. Destinatário: The History Channel Brasil. [S. l.]: 19 mai. 2018. 1 comentário online no “comentários” do YouTube. Disponível em: https://bit.ly/3mAAqlr. Acesso em: 25 jul. 2021.

NAPOLITANO, M. Recordar é vencer: as dinâmicas e vicissitudes da construção da memória sobre o regime militar brasileiro. Antíteses, v. 8, n. 15 esp, p. 9-44, nov. 2015. Disponível em: https://bit.ly/3oKDaiO. Acesso em: 25 jul. 2021.

NOIRET, S. História pública digital. Digital public history. Liinc em Revista, v. 11, n. 1, p. 28-51, maio 2015. Disponível em: https://bit.ly/3uUd3XQ. Acesso em: 25 jul. 2021.

OGASSAWARA, J. S.; BORGES, V. T. O historiador e a mídia: diálogos e disputas na arena da história pública. Revista Brasileira de História, v. 39, n. 80, p. 37-59, 2019. Disponível em: https://bit.ly/3lqFeuz. Acesso em: 25 jul. 2021.

RAMOS, M. E. T. O mau professor de história segundo os “guias politicamente incorretos de história. Fronteiras: Revista de História, Dourados, v. 18, n. 31, p. 99-122, 2016. Disponível em: https://bit.ly/2Ysk99T. Acesso em: 25 jul. 2021.

ROCHA, C. ‘Menos Marx, mais Mises’: uma gênese da nova direita brasileira (2006-2018). 2019. Tese (Doutorado em Ciência Política) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2019.

SANTHIAGO, R. Duas palavras, muitos significados: alguns comentários sobre a história pública no Brasil. In: MAUAD, A. M.; ALMEIDA, J. R. de; SANTHIAGO, R. (Org.). História pública no Brasil: sentidos e itinerários. São Paulo: Letra e Voz, 2016. p. 23-26.

SANTHIAGO, R. História pública e autorreflexividade: da prescrição ao processo. Tempo e Argumento, Florianópolis, v. 10, n. 23, p. 286‐309, jan./mar. 2018. Disponível em: https://bit.ly/3ao7Q16. Acesso em: 25 jul. 2021.

THE HISTORY CHANNEL BRASIL. Ditadura à brasileira. Guia politicamente incorreto. History. [S. l.]: 13 dez. 2017. Disponível em: https://bit.ly/3mAAqlr. Acesso em: 19 mar. 2020.

TOLEDO, C. 1964: golpismo e democracia: as falácias do revisionismo. Crítica Marxista, São Paulo, n. 19, p. 27-48, 2004. Disponível em: https://bit.ly/3oKDdLw. Acesso em: 25 jul. 2021.

Z. W. Brasil, 1968. Ditadura à brasileira. Guia politicamente incorreto. History. Destinatário: J.S. [S. l.]: 25 out. 2018. 1 comentário online no “comentários” do YouTube. Disponível em: https://bit.ly/3mAAqlr. Acesso em: 25 jul. 2021.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Copyright (c) 2021 Elis Saraiva Santana, Lívia Diana Rocha Magalhães

Downloads

Não há dados estatísticos.