Banner Portal
A pesquisa em educação no Brasil e a constituição do campo
PDF

Palavras-chave

Pesquisa em educação
Campo científico
Pós-graduação

Como Citar

BITTAR, M. A pesquisa em educação no Brasil e a constituição do campo. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 9, n. 33, p. 3–22, 2009. DOI: 10.20396/rho.v9i33.8667054. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8667054. Acesso em: 26 fev. 2024.

Resumo

O objetivo deste artigo é estudar a relação entre a pesquisa em educação no Brasil e a construção do campo científico com base no referencial teórico de Pierre Bourdieu. Para este autor, é a disputa que se estabelece pelo monopólio da competência científica que caracteriza as relações inerentes à atividade de pesquisa, já que o campo científico é lugar de luta política e, por isso, determina aos pesquisadores os problemas, indissociavelmente políticos e científicos, além de seus métodos e estratégias, estas, por sua vez, também políticas. Partindo da premissa de que a pesquisa em educação no Brasil tem uma história que começa com a fundação do Instituto Nacional de Estudos Pedagógicos (1938), portanto bem antes da criação dos Programas de Pós-Graduação nas universidades (1965), o artigo apresenta as características dessas duas fases mostrando que a disputa pelo capital científico é um aspecto mais típico da segunda.

https://doi.org/10.20396/rho.v9i33.8667054
PDF

Referências

BITTAR, Marisa.O estado da arte em História da Educação após 1985: um campo em disputa. Campinas: HISTEDBR/UNICAMP, 2005. Acessado em: http://www.histedbr.fae.unicamp.br/navegando/artigos_frames/artigo_078.html

BUFFA, Ester. A questão das fontes de investigação em História da Educação. Série estudos. Campo Grande, n.° 12, p. 79-86, jul./dez., 2001.

BUFFA, Ester. Ideologias em conflito: escola pública e escola privada. São Paulo: Cortez e Moraes, 1979.

BUFFA, Ester. Uma trajetória acadêmica. In: MONARCHA, Carlos (org.). História da educação brasileira: formação do campo. 2ª ed. Prefácio de António Nóvoa. Ijuí: Editora Unijuí, 2005. p. 147-200.

BOURDIEU, Pierre. Método científico e hierarquia social dos objetos. In: NOGUEIRA, Maria Alice; CATANI, Afrânio (Orgs.) Escritos de educação (Pierre Bourdieu). 3ª ed. Petrópolis: Editora Vozes, 2001, p. 33-38.

BOURDIEU, Pierre. Campo Científico. In: ORTIZ, Renato (org.). Pierre Bourdieu. 2 ª ed. São Paulo: Editora Ática, 1994, p. 122-155.

CAMPOS, Maria Malta; FÁVERO, Osmar. A pesquisa em educação no Brasil. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n.º 88, p. 5-17, fev. 1994.

CUNHA, Luiz Antônio. Os (des)caminhos da pesquisa na pós-graduação em educação. Curitiba, UFPR, 1978, mimeo.

CUNHA, Luiz Antônio. Quatro décadas de Pós-Graduação em Educação no Brasil: persistências e mudanças. Aula Magna proferida no PPGE da Universidade Federal de São Carlos. São Carlos, ago. 2006. (apontamentos feitos pela autora).

CUNHA, Luiz Antônio. A atuação de Dermeval Saviani na Educação Brasileira: um depoimento. In: SILVA Jr., Celestino Alves da (Org.). Dermeval Saviani e a educação brasileira: o Simpósio de Marília. São Paulo: Cortez Editora, 1994. p. 41-62.

CURY, Carlos Jamil. Ideologia e educação brasileira: católicos e liberais. São Paulo: Cortez e Moraes, 1978.

FERREIRA Jr., Amarilio; BITTAR, Marisa. O marxismo como referencial teórico nas dissertações de mestrado em educação da UFSCar (1976-1993). Cadernos CEMARX, Campinas (UNICAMP), n. 2, v. 1, p. 65-71, 2005.

GAMBOA, Silvio Ancízar Sanchez. A dialética na pesquisa em educação: elementos de contexto. In: FAZENDA, Ivani (Org.). Metodologia da pesquisa educacional. São Paulo: Cortez, 1989. p. 91-115.

GANDINI, Raquel Pereira Chainho. Anísio Teixeira: limites da pedagogia liberal. In: MORAES, Reginaldo et al (org.). Inteligência brasileira. São Paulo: Brasiliense, 1986. p. 77-100.

GATTI, Bernadete Angelina. O doutorado em educação da PUC/SP e o mestrado em educação da UFSCar. In: SILVA Jr., Celestino Alves da (Org.). Dermeval Saviani e a educação brasileira: o Simpósio de Marília. São Paulo: Cortez Editora, 1994. p. 77-85.

GOERGEN, Pedro. A pesquisa educacional no Brasil: dificuldades, avanços e perspectivas. Em Aberto, Brasília, n.º 31, p. 01-18, jul./set. 1985.

GOUVEIA, Aparecida Joly. Algumas reflexões sobre a pesquisa educacional no Brasil. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos. Rio de Janeiro, v. 60, n. 136, p. 496-500, out./dez. 1974.

MENDES, Durmeval Trigueiro. Indicações para uma política da pesquisa da educação no Brasil. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos. Rio de Janeiro, v. 60, n. 136, p. 481-495, out./dez. 1974.

NOSELLA, Paolo; BUFFA, Ester. A educação negada: Introdução ao estudo da educação brasileira contemporânea. São Paulo: Cortez Editora, 1991.

PPGE/UFSCar. Projeto de Doutorado em Educação. São Carlos, 1990.

SANFELICE, José Luis. A pesquisa histórico-educacional: impasses e desafios. In: LOMBARDI, José Claudinei (org.). Pesquisa em Educação: História, Filosofia e Temas Transversais. Campinas: Autores Associados; HISTEDBR; Caçador: UnC, 1999. p. 33-42.

SAVIANI, Dermeval. Entrevista. Informando do PPGE: Número Especial de Aniversário do Programa. São Carlos, n. 5, jun./jul., 2001.

SAVIANI, Dermeval; GOLDBERG, Maria Amélia. Universidade Federal de São Carlos: mais um programa de pós-graduação em Educação?. Cadernos de Pesquisa. n. 16. São Paulo: Fundação Carlos Chagas, 1976.

SAVIANI, Dermeval. Entrevista a Marisa Bittar e Amarilio Ferreira Jr. Campinas, UNICAMP, 19 de julho, 1995.

SCHWARTZMAN, Simon; BOMENY, Maria Helena; COSTA, Vanda Maria Ribeiro. Tempos de Capanema. 2ª ed. São Paulo: Paz e Terra; Fundação Getúlio Vargas, 2000. TEIXEIRA, Anísio S. Centro brasileiro de pesquisas educacionais. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Rio de Janeiro, v. XXVIII, n.º 59, p.118-136, jul.-set. 1955.

TUNARI, Leonor Maria. A historiografia da educação brasileira: uma contribuição para o seu estudo na década anterior à da instalação dos cursos de Pós-Graduação. In: MONARCHA, Carlos; NÓVOA, António (Org.). História da educação brasileira: formação do campo. 2ª ed. Ijuí: Editora Unijuí, 2005. p. 227-250.

WARDE, Mirian. O papel da pesquisa na pós-graduação em educação. Cadernos de Pesquisa. São Paulo, n.º 73, maio, 1990. p. 67-75.

VIDAL, Diana Gonçalves; FARIA FILHO, Luciano Mendes de. História da educação no Brasil: a constituição histórica do campo (1880-1970). Revista Brasileira de História, São Paulo, v. 23, n.º 45, pp. 37-70, 2003.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Copyright (c) 2021 Revista HISTEDBR On-line

Downloads

Não há dados estatísticos.