Tradição Clássica e Historiografia da Arte na obra Padre Jesuíno do Monte Carmelo de Mário de Andrade

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24978/mod.v4i2.4586

Palavras-chave:

Mário de Andrade. Padre Jesuíno do Monte Carmelo. Historiografia da Arte. Tradição Clássica. Estética e História da Arte.

Resumo

Pretendemos identificar, analisar e estabelecer possíveis relações do uso de textos da historiografia da arte sobre a tradição clássica presentes e citados direta ou indiretamente no livro Padre Jesuíno de Monte Carmelo (1945), de autoria de Mário de Andrade, textos estes que possivelmente foram utilizados para a construção dos argumentos na biografia e análises das obras do padre pintor. Nesse estudo identificamos as citações a artistas do Renascimento e Barroco e como elas foram utilizadas na construção do texto biográfico.Concomitantemente, destacamos trechos que remetem à presença de linhas teóricas da história e estética da arte. A partir da identificação das citações, verificamos a quais obras ou autores elas pertenciam e se estas integram o acervo de livros remanescentes da biblioteca particular de Mário de Andrade, atualmente pertencente ao Instituto de Estudo Brasileiros na Universidade de São Paulo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Myriam Salomão, Universidade Federal do Espírito Santo

Doutoranda da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, Mestre em Artes pelo Instituto de Artes da UNESP e professora do curso de Design da Universidade Federal do Espírito Santo.

Referências

ANDRADE, M. de. A arte religiosa no Brasil. Texto crítico Claudéte Kronbauer. São Paulo: Experimento/ Giordano, 1993.

______. Cartas de trabalho: correspondência com Rodrigo Melo Franco de Andrade (1936-1945). Brasília: Ministério da Educação e Cultura/ Secretaria do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional/ Fundação Pró-Memória, 1981.

______. Padre Jesuíno do Monte Carmelo. Publicações do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, n. 14. Rio de Janeiro: Ministério da Educação e Saúde, 1945.

______. Padre Jesuíno do Monte Carmelo. Texto crítico de Aline Nogueira Marques e Maria Silvia Ianni Barsalini. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2012.

CHILVERS, I. Dicionário Oxford de Arte. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

COLI, J. O historiador da arte e o pintor Jesuíno do Monte Carmelo. In: Andrade, Mário de. Padre Jesuíno do Monte Carmelo. Texto crítico de Aline Nogueira Marques e Maria Silvia Ianni Barsalini. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2012, p. 319-325.

KRONBAUER, C. Mário de Andrade: um texto de juventude. In: Andrade, Mário de. A arte religiosa no Brasil. Texto crítico Claudéte Kronbauer. São Paulo: Experimento/ Giordano, 1993, p.11-16.

LOPEZ, T. A. A biblioteca de Mário de Andrade: seara e celeiro da criação. In: ZULAR, Roberto (org.). Criação em processo: ensaios de crítica genética. São Paulo: Iluminuras/ FAPESP, 2002, p. 45-72.

VASARI, G. Le vite de piu eccellenti pittori, scultori ed architettori. Firenze: Adriano Salan, 1927.

______. Vida dos artistas. São Paulo: WMF/ Martins Fontes, 2011.

VENTURI, Lionello. História da crítica da arte. São Paulo: Estúdios Cor, 1968.

WÖLFFLIN, H. Conceitos Fundamentais da História da Arte: o problema da evolução dos estilos na arte mais recente. São Paulo: Martins Fontes, 1989.

Downloads

Publicado

2020-05-21

Como Citar

SALOMÃO, M. Tradição Clássica e Historiografia da Arte na obra Padre Jesuíno do Monte Carmelo de Mário de Andrade. MODOS: Revista de História da Arte, Campinas, SP, v. 4, n. 2, p. 181–194, 2020. DOI: 10.24978/mod.v4i2.4586. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/mod/article/view/8662833. Acesso em: 4 fev. 2023.

Edição

Seção

Dossiê - A arte antiga no tempo presente