Tradição Clássica e Historiografia da Arte na obra Padre Jesuíno do Monte Carmelo de Mário de Andrade
PDF

Palavras-chave

Mário de Andrade. Padre Jesuíno do Monte Carmelo. Historiografia da Arte. Tradição Clássica. Estética e História da Arte.

Como Citar

SALOMÃO, Myriam. Tradição Clássica e Historiografia da Arte na obra Padre Jesuíno do Monte Carmelo de Mário de Andrade. MODOS: Revista de História da Arte, Campinas, SP, v. 4, n. 2, p. 181–194, 2020. DOI: 10.24978/mod.v4i2.4586. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/mod/article/view/8662833. Acesso em: 27 maio. 2024.

Resumo

Pretendemos identificar, analisar e estabelecer possíveis relações do uso de textos da historiografia da arte sobre a tradição clássica presentes e citados direta ou indiretamente no livro Padre Jesuíno de Monte Carmelo (1945), de autoria de Mário de Andrade, textos estes que possivelmente foram utilizados para a construção dos argumentos na biografia e análises das obras do padre pintor. Nesse estudo identificamos as citações a artistas do Renascimento e Barroco e como elas foram utilizadas na construção do texto biográfico.Concomitantemente, destacamos trechos que remetem à presença de linhas teóricas da história e estética da arte. A partir da identificação das citações, verificamos a quais obras ou autores elas pertenciam e se estas integram o acervo de livros remanescentes da biblioteca particular de Mário de Andrade, atualmente pertencente ao Instituto de Estudo Brasileiros na Universidade de São Paulo.

https://doi.org/10.24978/mod.v4i2.4586
PDF

Referências

ANDRADE, M. de. A arte religiosa no Brasil. Texto crítico Claudéte Kronbauer. São Paulo: Experimento/ Giordano, 1993.

______. Cartas de trabalho: correspondência com Rodrigo Melo Franco de Andrade (1936-1945). Brasília: Ministério da Educação e Cultura/ Secretaria do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional/ Fundação Pró-Memória, 1981.

______. Padre Jesuíno do Monte Carmelo. Publicações do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, n. 14. Rio de Janeiro: Ministério da Educação e Saúde, 1945.

______. Padre Jesuíno do Monte Carmelo. Texto crítico de Aline Nogueira Marques e Maria Silvia Ianni Barsalini. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2012.

CHILVERS, I. Dicionário Oxford de Arte. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

COLI, J. O historiador da arte e o pintor Jesuíno do Monte Carmelo. In: Andrade, Mário de. Padre Jesuíno do Monte Carmelo. Texto crítico de Aline Nogueira Marques e Maria Silvia Ianni Barsalini. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2012, p. 319-325.

KRONBAUER, C. Mário de Andrade: um texto de juventude. In: Andrade, Mário de. A arte religiosa no Brasil. Texto crítico Claudéte Kronbauer. São Paulo: Experimento/ Giordano, 1993, p.11-16.

LOPEZ, T. A. A biblioteca de Mário de Andrade: seara e celeiro da criação. In: ZULAR, Roberto (org.). Criação em processo: ensaios de crítica genética. São Paulo: Iluminuras/ FAPESP, 2002, p. 45-72.

VASARI, G. Le vite de piu eccellenti pittori, scultori ed architettori. Firenze: Adriano Salan, 1927.

______. Vida dos artistas. São Paulo: WMF/ Martins Fontes, 2011.

VENTURI, Lionello. História da crítica da arte. São Paulo: Estúdios Cor, 1968.

WÖLFFLIN, H. Conceitos Fundamentais da História da Arte: o problema da evolução dos estilos na arte mais recente. São Paulo: Martins Fontes, 1989.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

Copyright (c) 2020 MODOS

Downloads

Não há dados estatísticos.