Aleijadinho por Murilo Mendes

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24978/mod.v4i2.4570

Palavras-chave:

Aleijadinho. Murilo Mendes. Artista moderno.

Resumo

Este artigo visa examinar a imagem de Aleijadinho apresentada no livro Contemplação de Ouro Preto de Murilo Mendes. Visa comparar a descrição de Aleijadinho de Murilo com as dos intelectuais modernistas, incluindo a de Manuel Bandeira em Guia de Ouro Preto. Busca apurar seu conceito de artista e as relações entre nacional e universal na arte.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Raquel Quinet Pifano, Universidade Federal de Juiz de Fora

Professora do Departamento de Artes e Design da UFJF; Professora do PPG-Artes, Cultura e Linguagens da UFJF.

Referências

ANDRADE, M. de. O Aleijadinho. In: Aspectos das Artes Plásticas no Brasil. São Paulo: Martins, 1965.

ARAGÃO, M. L. Murilo Mendes – Poesia. São Paulo: Agir, 1983.

BAETA, R. E. A crítica de cunho modernista à arquitetura colonial e ao barroco no Brasil: Lúcio Costa e Paulo Santos. In: Anais do XXIV Colóquio Comitê Brasileiro de História da Arte. Belo Horizonte: UFMG/CBHA, 2005.

BASTIDE, R. Psicanálise do cafuné. São Paulo: Guaíra, 1941.

BRETAS, R. J. F. Traços biográficos relativos ao finado Antônio Francisco Lisboa, distinto escultor mineiro, mais conhecido pelo apelido de Aleijadinho. In: Antônio Francisco Lisboa, O Aleijadinho. Publicações da Diretoria do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Rio de Janeiro, SPHAN/ MEC, 1951, n. 15.

BOSI, A. História concisa da literatura brasileira. São Paulo: Cultrix,1984.

FERNANDES, A. C. F. A. Por uma arte brasileira: modernismo, barroco e abstração expressiva na crítica de Lourival Gomes Machado. Tese (Doutorado em Artes Visuais). São Paulo: ECA USP, 2012.

FONSECA, S. M. O Romantismo e a invenção de Aleijadinho. In: Anais do XXVIII Colóquio do Comitê de História da Arte. Rio de Janeiro: CBHA, 2009.

GRAMMONT, G. Aleijadinho e o aeroplano: o paraíso barroco e a construção do herói colonial. São Paulo: Dep. de Letras Vernáculas/ FFLCH/ USP, 2002.

GUIMARÃES, J. C. Territórios/Conjunções. Poesia e prosa críticas de Murilo Mendes. Rio de Janeiro: Imago, 1993.

_____ (org.). Cartas de Murilo Mendes a correspondentes europeus. Rio de Janeiro: Fundação Casa de Rui Barbosa, 2012.

GOMES Jr, G. S. Palavra Peregrina. O Barroco e o pensamento sobre artes e letras no Brasil. São Paulo: Editora da USP, 1998.

MENDES, M. Murilo Mendes, poesia completa e prosa. Org. Luciana Stegnano Pichio. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1994, 4 vol.

_____. Recordações de Ismael Nery. São Paulo: Editora da USP, 1996. (Críticas Poéticas 4).

_____. Di Cavalcanti. Letras e Artes, Suplemento de A Manhã. Rio de Janeiro, 06 fev. 1949.

_____. Lasar Segall - I. Letras e Artes, Suplemento de A Manhã. Rio de Janeiro, 20 mai. 1951, p.1.

_____. Importância de Segall – II. Letras e Artes, Suplemento de A Manhã. Rio de Janeiro, 27 mai. 1951, p.1.

_____. Força e Unidade em Segall – III (Conclusão). Letras e Artes, Suplemento de A Manhã. Rio de Janeiro, 03 jun. 1951, p.6.

MICELI, S. SPHAN: refrigério da cultura oficial. In: Revista do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional 22. Rio de Janeiro: SPHAN/ Fundação nacional Pró-Memória, 1987.

MOURA. M. M. de. Murilo Mendes - a poesia como totalidade. São Paulo: EdUSP, 1995.

SPHAN resumo cronológico. Revista do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, n. 22. Rio de Janeiro: SPHAN/ Fundação Nacional Pró-Memória, 1987.

SOUZA, V. Murilo Mendes: da história satírica à memória contemplativa. Tese (Doutorado em Teoria Literária e Literatura Comparada). São Paulo: FFLCH/USP, 2006.

Downloads

Publicado

2020-05-19

Como Citar

PIFANO, R. Q. Aleijadinho por Murilo Mendes. MODOS: Revista de História da Arte, Campinas, SP, v. 4, n. 2, p. 163–179, 2020. DOI: 10.24978/mod.v4i2.4570. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/mod/article/view/8662841. Acesso em: 9 fev. 2023.

Edição

Seção

Dossiê - A arte antiga no tempo presente