Formas da apresentação

Exposições, montagens e lugares impossíveis

Autores

  • Hélio Fervenza Universidade Federal do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.24978/mod.v2i1.968

Palavras-chave:

Formas da apresentação, Montagem, Exposição, Espaço, Lugar impossível.

Resumo

Este texto trata das exposições Prosa de Jardim (2007-2008) e Local Extremo (2016), que integram o exercício experimental e prático de minha atividade artística, a partir de onde relacionam e desenvolvem o campo teórico da pesquisa. As exposições analisadas estão associadas a uma pesquisa em arte e a uma prática artística intrínseca, que se interroga em muitos momentos sobre o papel das exposições na concepção artística das obras. Foram estudadas então as formas de apresentação das obras envolvidas, a relação entre elas e o lugar expositivo e o papel da montagem na articulação do sentido e na constituição da visualidade. Nas exposições tratadasa forma de apresentação e a montagem dos elementos que as constituíam — e que remetiam a lugares que não mais existiam ou que se encontravam muito distantes entre si —, possibilitou a criação de espaços que só existiam ali naquelas circunstâncias expositivas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Hélio Fervenza, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Artista visual, professor no Departamento de Artes Visuais e no Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS, pesquisador do CNPq e coordenador do grupo de pesquisa Veículos da Arte - CNPq. Sua produção textual integra publicações nacionais e internacionais, e é autor do livro O + é deserto, Documento Areal 3, Escrituras Editora. Apresenta sua produção artística em exposições individuais e coletivas em diversos países desde o início dos anos oitenta, entre elas: Bienal de Veneza (Itália), Bienal de São Paulo (sala retrospectiva 1990-2012), Bienal de Yakutsk – BY14 (Rússia), Bienal do Mercosul.

Referências

FERVENZA, Hélio; SANTOS, Maria Ivone dos. Exposição Prosa de Jardim, Galeria da FUNDARTE, 2007, Montenegro. Convite impresso. Montenegro: FUNDARTE, 2007.

HEGEWISCH, Katharina; KLÜSER, Bernd. Un médium à la recherche de sa forme: Les expositions et leurs déterminations. In: HEGEWISCH, K. L’Art de l’exposition – Une documentation sur trente expositions exemplaires du XXe siècle. Paris: Éditions du Regard, 1998, p. 15-35.

SERRES, Michel. Eclaircissements. Paris: Flammarion, 2002.

PAYOT, Daniel. L’objet-fibule – Les petites attaches de l’art contemporain. Paris: L’Harmattan, 1997.

Downloads

Publicado

2018-01-15

Como Citar

FERVENZA, H. Formas da apresentação: Exposições, montagens e lugares impossíveis. MODOS: Revista de História da Arte, Campinas, SP, v. 2, n. 1, p. 204–219, 2018. DOI: 10.24978/mod.v2i1.968. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/mod/article/view/8663346. Acesso em: 7 dez. 2022.

Edição

Seção

Montagem: a condição expositiva