Práticas de ensino em projeto de educação patrimonial: a produção de saberes educacionais

Autores

  • Maria Carolina Bovério Galzerani Universidade Estadual de Campinas

Palavras-chave:

Ensino de História. Educação patrimonial. Produção de saberes históricos educacionais

Resumo

O objetivo fundamental deste artigo é revisitar analiticamente um projeto de pesquisa voltado para a questão da educação patrimonial, reconhecendo seu amplo potencial de produção de conhecimentos na área do ensino de História, tal o volume e a riqueza da documentação produzida pela equipe participante. Na presente pesquisa, focalizamos imagens dos saberes históricos educacionais, engendradas por professores e alunos, ao longo deste processo de educação dos sentidos, sobretudo no diálogo com as contribuições do filósofo Walter Benjamin.

Abstract

The fundamental objective of this paper is to revisit – in an analytical way – a research project that dealt with the role of patrimonial education, recognizing its wide potential towards the production of knowledge in the area of history teaching, due to the huge and rich documentation accumulated by the team of participants. In this research, we focused on the images of educational history knowledge, produced by the teachers and the students in this process of senses education, especially in the dialog with the contributions from the philosopher Walter Benjamin.

Key words History teaching. Patrimonial education. Production of educational history knowledge

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Carolina Bovério Galzerani, Universidade Estadual de Campinas

Possui graduação em História pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1970) e passagem direta do mestrado para doutorado em História Social pelo Departamento de História (IFCH) da Universidade Estadual de Campinas (1998). Atualmente é professora MS-3 da Faculdade de Educação/ Universidade Estadual de Campinas e membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Continuada (GEPEC).

Referências

BENJAMIN, W. Obras escolhidas I. Magia e técnica. Arte e Política. Trad. Sérgio Paulo Rouanet. Pref. Jeanne-Marie Gagnebin. São Paulo: Brasiliense, 1985.

BENJAMIN, W. Obras escolhidas II. Rua de mão única. São Paulo: Brasiliense, 1987.

BENJAMIN, W. Reflexões sobre a criança, o brinquedo, a educação. São Paulo : Duas Cidades; Editora 34, 2002.

BORNE, D. Où en est l’enseigment de l’histoire? Le Debat, n. 110, p.167-176, 2000.

CHERVEL, A. História das disciplinas escolares: reflexões sobre um campo de pesquisa. Teoria e Educação, Porto Alegre, n. 2, p.177-229, 1990.

FARIA, A. L. G. de; FABRI, Z. de B.; PRADO, P. D. (Org.). Por uma cultura da infância.

Metodologias de pesquisa com crianças. Campinas, SP: Autores Associados, 2002. p.48-68.

GALZERANI, M. C. B. A cidade como espaço de aprendizagem da História: em foco um projeto de educação patrimonial. In: SANTOS, L. L. de C. P. et al. (Org.). Convergências e tensões no campo da formação do trabalho docente. Belo Horizonte: Autêntica, 2010. p.600-620.

GALZERANI, M. C. B. O almanach, a locomotiva da cidade moderna: Campinas (SP) décadas de 1870 e 1880. Tese (Doutorado) – Departamento de História, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Unicamp, Campinas, SP, 1998.

GIDDENS, A. As conseqüências da modernidade. São Paulo: Editora UNESP, 1991.

GINZBURG, C. Olhos de madeira. São Paulo: Companhia das Letras, 2001.

GOODSON, I. Currículo, narrativa e futuro social. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v.12, n.35, p. 241-252, maio/ago. 2007.

JULIA, D. A cultura escolar como objeto histórico. Revista Brasileira de Educação, Campinas: Autores Associados, n.1, p.9-43, jan./jul. 2001.

LAPA, J. R. do A. A cidade. Os cantos e os antros. São Paulo: EDUSP, 1996.

LAVILLE, C. Em educação histórica a memória não vale a razão. Educação em Revista, Belo Horizonte: FAE/UFMG, n. 41, p. 13-42, jun. 2005.

NORA, P. Entre memória e história: a problemática dos lugares. Tradução: Yara Aun Khoury. Projeto História – PUC, São Paulo, n.10, p. 7-28, dez. 1993 SEIXAS, J. A. de. Percursos de memórias em terras de história: problemáticas atuais. In: BRESCIANI, M. S. M.; NAXARA, M. (Org.). Memória e (re) sentimento: indagações sobre uma questão sensível. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 2001. p.37-53.

THOMPSON, E. P. A miséria da teoria ou um planetário de erros. Rio de Janeiro: Zahar, 1981.

VIGOTSKI, L. S. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 1984.

Downloads

Publicado

2016-01-06

Como Citar

GALZERANI, M. C. B. Práticas de ensino em projeto de educação patrimonial: a produção de saberes educacionais. Pro-Posições, Campinas, SP, v. 24, n. 1, p. 93–107, 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/proposic/article/view/8642663. Acesso em: 6 fev. 2023.

Edição

Seção

Dossiê