O enfraquecimento da experiência na sala de aula

Autores

  • Bruno Pucci Universidade Federal de São Carlos
  • Newton Ramos Oliveira Universidade Estadual Paulista

Palavras-chave:

Erfharung (experiência). Erlebnis (vivência). Bildung (formação). espetáculo. Tecnologia

Resumo

Este artigo analisa as conseqüências das novas tecnologias na educação escolar, explorando uma das dimensões constituintes da humanidade do homem: a experiência. Nesse sentido, apresenta uma série de situações escolares em que os professores transferem sua função mediadora aos instrumentos, tornando a aula um simples espetáculo. Não se trata de um comportamento “luddista”, mas de um apelo à razão emancipadora que recupere a qualidade básica da educação: o diálogo que contribui à formação

Abstract:

This article is aimed at analyzing the consequences of the use of new technological resources in school education, exploring one of the dimensions that constitute man’s humanity: experience. In this sense, it presents a series of school situations in which teachers transfer their mediating function to instruments, converting a class into a mere spectacle. It is not intended to be a sample of luddist behavior, but an appeal to emancipatory reason to recover the basic quality of education: the dialogue which contributes to Bildung.

Key words: Experience (Erfahrung). Living (Erlebnis). Education (Bildung). Spectacle. Technology

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruno Pucci, Universidade Federal de São Carlos

possui graduação em Teologia pela Pontifícia Universidade de San Tomás de Aquino (1966), Roma, graduação em Filosofia pela Organização Mogiana de Ensino e Cultura (1970), graduação em Letras Português Literatura pela Universidade Metodista de Piracicaba (1974), mestrado em Educação pela Universidade Metodista de Piracicaba (1976) e doutorado em Educação: História, Política, Sociedade pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1982).

Newton Ramos Oliveira, Universidade Estadual Paulista

possui graduação em Pedagogia pela Universidade de Ribeirão Preto (1977), graduação em Letras Anglo-Germânicas pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de São José do Rio Preto (1960), graduação em Ciências Juridicas pela Faculdade de Direito de São Carlos (1981), mestrado em Educação pela Universidade Federal de São Carlos (1989) e doutorado em Educação pela Universidade Federal de São Carlos (1993). Professor doutor tem experiência na área de Filosofia da Educação, e atua principalmente nos seguintes temas: teoria critica, educacao, ensino publico, democratizacao do ensino, existencialismo e filosofia.

Referências

ADORNO, T.W. Dialéctica negativa. Versión castellana de José Maria Ripalda. Madrid: Taurus, 1975.

ADORNO, T.W. Dialética negativa. Tradução de Newton Ramos-de-Oliveira. Documento inédito, 2003.

ADORNO, T.W. Educação após Auschwitz. Tradução de Aldo Onesti. In: COHN, G. Theodor W. Adorno. São Paulo: Ática, 1986.

ADORNO, T.W. Progresso. Tradução de Maria Helena Ruschel. In: ADORNO, T.W. Palavras e sinais: modelos críticos 2. Petrópolis: Vozes, 1995.

ADORNO, T.W. Teoria da Semiformação. Tradução de Newton Ramos-de-Oliveira. São Carlos: tradução inédita, 2003.

BENJAMIN, W. Experiência e Pobreza. Tradução de Sérgio Paulo Rouanet. In: BENJAMIN, W. Magia e Técnica, Arte e Política: Obras Escolhidas. São Paulo: Editora Brasiliense, 1985.

BENJAMIN, W. Sobre alguns temas em Baudelaire. Tradução de José Carlos Martins Barbosa et al.. In: BENJAMIN, W. Charles Baudelaire, um lírico no auge do capitalismo: Obras Escolhidas, v. III. São Paulo: Brasiliense, 1989.

CROCHIK, J.L. Teoria crítica e novas tecnologias da educação. In: PUCCI, B. et al. Tecnologia, Cultura e Formação ... ainda Auschwitz. São Paulo: Cortez, 2003.

DEBORD, G. A sociedade do espetáculo. Tradução de Estela dos Santos Abreu. Rio de Janeiro: Contraponto, 1997.

MARCUSE, H. Algumas implicações sociais da tecnologia moderna. In: MARCUSE, H.

Tecnologia, Guerra e Fascismo. Tradução de Maria Cristina Vidal Borba. São Paulo: Editora da UNESP, 1999.

SANTOS, L. G. dos. O cinema utópico de Lars von Trier. Politizar as novas tecnologias: o impacto sócio-técnico da informação digital e genética. São Paulo: Editora 34, 2003.

Downloads

Publicado

2016-02-22

Como Citar

PUCCI, B.; OLIVEIRA, N. R. O enfraquecimento da experiência na sala de aula. Pro-Posições, Campinas, SP, v. 18, n. 1, p. 41–50, 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/proposic/article/view/8643572. Acesso em: 18 maio. 2022.

Edição

Seção

Dossiê