A didática e a formação do professor de Educação Física

uma análise a partir da avaliação de alunos concluintes

Palavras-chave: Ensino de didática, Formação de professores, Educação Física

Resumo

Estudo com aproximadamente 80 estudantes de um curso de licenciatura em Educação Física, com o objetivo de analisar a aprendizagem da docência construída no contexto da formação em didática. Constitui recorte de uma pesquisa envolvendo 14 cursos de licenciatura, orientada pelo seguinte questionamento: que contribuições o ensino de didática tem propiciado ao futuro professor visando à construção de sua própria prática profissional? Os dados foram obtidos mediante a aplicação de questionário e a realização de grupos de discussão. Teoricamente, se sustentou na compreensão de que o ato de ensinar envolve a ação especializada do professor para promover a aprendizagem de seus alunos, requerendo a mobilização de saberes específicos, reconhecidos como base de conhecimento profissional docente. As análises evidenciam que as contribuições do ensino de didática, ancoradas na perspectiva crítica, podem ser determinantes para a constituição dos saberes profissionais, visto que prevalece no curso, como um todo, a ênfase na formação técnica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Giseli Barreto da Cruz , Universidade Federal do Rio de Janeiro

Doutorado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro em 2008.

Pedro Henrique Zubcich Caiado de Castro , Universidade Federal do Rio de Janeiro

Mestre em Educação Física na Escola de Educação Física e Desportos da Universidade Federal do Rio de Janeiro (2015).

Referências

André, M. E. D. A., Almeida, P. C. A. de, Hobold, M. de S., Ambrosetti, N.B., Passos, L. F., & Manrique, A. L. (2010, janeiro/abril). O trabalho docente do professor formador no contexto atual das reformas e das mudanças no mundo contemporâneo. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, 91(227), 122-143.

Bauer, M. W., & Gaskell, G. (2010). Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. Petrópolis, RJ: Vozes.

Betti, I. R., & Betti, M. (1996, junho) Novas perspectivas na formação profissional em Educação Física. Motriz, 2(1), 10-15.

Betti, M., Ferraz, O. L., & Dantas, L. E. P. B. T. (2011, dezembro). Educação Física Escolar: estado da arte e direções futuras. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, 25, 105115.

Bourdoncle, R. (1991, janeiro/março). La professionnalisation des enseignants: analyses sociologiques anglaises et américaines. Revue Française de Pedágogie, 94, 72-92.

Candau, V. M. (Org.). (1983). A Didática em questão. Rio de Janeiro: Vozes.

Candau, V.M. (2009). Didática: questões contemporâneas. Rio de Janeiro: Forma & Ação.

Caparroz, F., & Bracht, V. (2007, janeiro). O tempo e o lugar de uma didática da educação física. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, 28, 21-37.

Dubar, C. (1997). A socialização: construção das identidades sociais e profissionais. Porto: Porto Editora.

Gatti, B. A. (Coord.). (2009). Atratividade da carreira docente no Brasil (Relatório de Pesquisa). São Paulo: FCC, 2009.

Gatti, B. A. (2010, outubro/dezembro). Formação de professores: características e problemas. Educ. Soc., 31(113), 1.355-1.379.

Gatti, B. A. (2013, outubro/dezembro). Educação, escola e formação de professores: políticas e impasses. Educar em Revista, 50, 51-67.

Gatti, B. A., & Barreto, E. S. S. (2010). Professores: aspectos de sua profissionalização, formação e valorização social (Relatório de Pesquisa). Brasília, DF: UNESCO.

Gauthier, C., Martineau, S., Desbiens, J.-F., Malo, A., & Simard, D. (1998). Por uma teoria da pedagogia: pesquisas contemporâneas sobre o saber docente. Ijuí: Ed. Unijuí.

Libâneo, J. C. (2008). O campo teórico e profissional da didática hoje: entre Ítaca e o canto das sereias. In Encontro Nacional de Didática e Prática de Ensino. Trajetórias e processos de ensinar e aprender: didática e formação de professores. XV ENDIPE (pp.234-251). Rio Grande do Sul: EDIPUCRS.

Libâneo, J. C. (2010a). A integração entre didática e epistemologia das disciplinas: uma via para a renovação dos conteúdos da didática. In Â. Dalben, J. Diniz, L. Leal, & L. Santos (Orgs.), Convergências e tensões no campo da formação e do trabalho docente: didática, formação de professores, trabalho docente (pp.81-84, Coleção Didática e Prática de Ensino). Belo Horizonte: Autêntica.

Libâneo, J. C. (2010b, setembro/dezembro). O ensino da didática, das metodologias específicas e dos conteúdos específicos do ensino fundamental nos currículos dos cursos de pedagogia. Revista Brasileira de Est. Pedag., 91(229), 562-583.

Libâneo, J. C. (2015a). Antinomias da formação de professores e a busca de integração entre o conhecimento pedagógico-didático e o conhecimento disciplinar. In A. J. Marin, & S. G. Pimenta (Orgs.), Didática: teoria e pesquisa (pp. 39-65). São Paulo: Junqueira & Marin Editores.

Libâneo, J. C. (2015b, abril/junho). Formação de professores e didática para o desenvolvimento humano. Educação & Realidade, 40(2), 629-650.

Lüdke, M. (1988). O educador: um profissional? In V. M. Candau (Org.), Rumo à nova Didática (pp.64-73). Petrópolis/RJ: Vozes.

Lüdke, M., & Boing, L. A. (2012, maio/agosto). Do trabalho à formação de professores. Cad. Pesqui., 42(146), 428-451.

Marcon, D., Graça, A., & Nascimento, J. V. (2010, julho/setembro). Estruturantes da base de conhecimentos para o ensino de estudantes-professores de Educação Física. Motriz, 16(3), 776-787.

Marin, A. J., & Giovanni, L. M. (2006). A precariedade da formação de professores para os anos iniciais da escolarização: 35 anos depois do início da formalização de novos modelos. In R. L. B. Lazzari (Org.), Formação de educadores (pp.131-149). São Paulo: Unesp.

Mizukami, M. G. N. (2004). Aprendizagem da docência: algumas contribuições de L. S. Shulman. Educação (UFSM), 29(2), 33-49.

Roldão, M. do C. (2007, janeiro/abril). Função docente: natureza e construção do conhecimento profissional. Revista Brasileira de Educação, 12(34),94-181.

Shulman, L. (2004). Knowledge and teaching: foundations of the new reform (1987). In L. Shulman (Org.), The wisdom of practice: essays on teaching and learning to teach (pp. 250-252). San Francisco, Jossey-Bass.

Silva, A. M., Nicolino, A. da S., Inácio, H. L. de D., & Figueiredo, V. M. C. de. (2009, maio/agosto). A formação profissional em Educação Física e o projeto político-social. Pensar a prática, 12(2), 1-16.

Tardif, M. (2002). Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes.

Tardif, M., Lessard, C., & Lahaye, L. (1991). Os professores face ao saber: esboço de uma problemática do saber docente In Dossiê: Interpretando o trabalho docente. Teoria & Educação (Vol. 4, pp.215-233). Porto Alegre: Pannônica, 1991.

Vaz, A. F., Pinto, F. M., & Sayão, D. T. (Orgs.). (2002). Educação do corpo e formação de professores: reflexões sobre a prática de ensino de Educação Física (Vol.1, 110 pp.). Florianópolis: EDUFSC/INEP.
Publicado
2019-09-04
Como Citar
Cruz , G. B. da, & Castro , P. H. Z. C. de. (2019). A didática e a formação do professor de Educação Física. Pro-Posições, 30, 1-25. Recuperado de https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/proposic/article/view/8656505
Seção
Artigos