Estudo de usuários e modelos de busca da informação

Autores

  • Francisco Carlos Paletta Universidade de São Paulo
  • Bárbara Pelissaro Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.20396/rdbci.v13i1.1584

Palavras-chave:

Estudos de usuários. Modelos de busca da informação. Ciência da informação. Biblioteconomia. Sociedade do conhecimento

Resumo

A Sociedade do Conhecimento se configura por trazer como características intrínsecas à sua definição a associação das dinâmicas das ações voltadas à organização da informação com os aparatos tecnológicos da comunicação, ganhando força na produção do conhecimento. Ter e fornecer acesso a essas informações condiz com o desenvolvimento econômico de cada país e seus interesses sociais, funcionando como agente determinante de desenvolvimento sustentável. O que então poderia servir para unir nações e conhecimento tem servido cada vez mais para consolidar uma separação de caráter estritamente financeiro. Daí a importância de investir no uso das tecnologias e nos profissionais da informação, área que representa status avançado na evolução da sociedade e, na mesma medida, investir em estudos voltados à informação e à gestão do conhecimento, para entender as diferentes necessidades de quem anseia por informação, as dificuldades de quem a procura e os caminhos a trilhar para facilitar ou tornar menos árdua a busca pelo conhecimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Francisco Carlos Paletta, Universidade de São Paulo

Professor e Pesquisador da Universidade de São Paulo, Escola de Comunicações e Artes, Departamento de Biblioteconomia e Documentação. Atua nas áreas de ciência da informação, administração geração e uso da informação, gestão de dispositivos de informação, e bibliotecas digitais. Acumula experiência profissional e acadêmica de mais de 26 anos em tecnologia da informação, gestão da inovação e inteligência estratégica.

Bárbara Pelissaro, Universidade de São Paulo

Escola de Comunicações e Artes - Universidade de São Paulo

Referências

BEPPLER, Fabiano Duarte. Um modelo para recuperação e busca de informação baseado em ontologia e no círculo hermenêutico. 135 f. (Tese) Doutorado em Engenharia e Gestão do Conhecimento. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2008.

CAREGNATO, Sônia Elisa; CRESPO, Isabel Merlo. Comportamento de busca de informação: uma comparação de dois modelos. Em Questão. Porto Alegre, v. 9, n. 2, p. 271-281, jul./dez., 2003.

GARCIA, Rodrigo Moreira. Modelos de comportamento de busca de informação: contribuições para a organização da informação. 140 f. (Dissertação) Mestrado em Ciência da Informação. Faculdade de Filosofia e Ciências da Universidade Estadual Paulista, São Paulo, 2007.

LOPES, Ilza Leite. Estratégia de busca na recuperação da informação: revisão da literatura. Ciências da Informação. Brasília, v. 31, n. 2, p. 60-71, maio/ago., 2002.

SQUIRRA, S. Sociedade do conhecimento. In: MARQUES DE MELO, J. M.; SATHLER, L. Direitos à Comunicação na Sociedade da Informação. São Bernardo do Campo, SP: Umesp, 2005.

TAKAHASHI, Tadao (org.). A sociedade da informação. In: ______. Sociedade da informação no Brasil: Livro Verde. Brasília: Ministério da Ciência e Tecnologia, 2000, p. 1-14.

Downloads

Publicado

2015-01-30

Como Citar

PALETTA, F. C.; PELISSARO, B. Estudo de usuários e modelos de busca da informação. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, SP, v. 13, n. 1, p. 120–137, 2015. DOI: 10.20396/rdbci.v13i1.1584. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/1584. Acesso em: 24 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos