A universidade e a "sociedade da informação"

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/rdbci.v9i1.1928

Palavras-chave:

Bibliotecas universitárias, Universidade, Sociedade da informação

Resumo

Podemos dizer que a Sociedade da Informação ocupa o lugar e assume as expectativas que outrora eram projetadas na Modernidade. Para Habermas, o entendimento do presente passa por pensar no avançar desde e além da modernidade parcial, não já como superada (como quando se fala da pós-modernidade), nem como uma ficção a ser simplesmente negada (como quando se afirma que jamais fomos modernos). Trata-se de pensar, com esses pontos de partida, se estamos hoje a buscar soluções vicariantes ao déficit sistêmico daquela modernidade incompleta, ou se, superando uma modernização periférica ou tardia, empreendemos caminhos auto-reflexivos e inovadores para definir e construir novas configurações do conhecimento, da comunicação e da informação. Como resposta às demandas das quais a Sociedade da Informação é ao mesmo tempo sintoma, apelação e desafio, as Universidades do Brasil e da América Latina tem em suas mãos o poder e a dívida de nutrir as variáveis epistêmicas de processos e práticas auto-reflexivos, gerando novas formas de um diálogo polifônico entre as esferas quase-públicas das Ciências, as plurais redes das tradições locais e os dilemas universais, que colocam hoje um novo cosmopolitismo informacional à luz de um repensar geral do devir da humanidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Maria Nélida González de Gómez, PPGCI-UFRJ:IBICT

Possui graduação em Filosofia - Universidad Nacional de Rosário (1968), mestrado em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1982) e doutorado em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1992). Atualmente é professora do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação, IBICT- Instituto Brasileiro de Informação Científico Tecnológica, em convênio com a UFRJ- Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Ciência da Informação, com ênfases nos estudos sócio- epistemológicos da informação, principalmente no contexto das ciências humanas e sociais; nas pesquisas, tem abordado os seguintes temas: estudos epistemológicos da informação, comunicação/transferência da informação, inter e transdisciplinariedade, regime de informação, Política de informação, representação do conhecimento. Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 1A

Downloads

Publicado

2011-07-25

Como Citar

GONZÁLEZ DE GÓMEZ, M. N. A universidade e a "sociedade da informação". RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, SP, v. 9, n. 2, p. 225–242, 2011. DOI: 10.20396/rdbci.v9i1.1928. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/1928. Acesso em: 7 out. 2022.

Edição

Seção

Comunicação