Informação e software livre no capitalismo contemporâneo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/rdbci.v5i1.2004

Palavras-chave:

Conversão de dados. Software livre., Sociedade da informação, Richard stallman, Tecnologia da informação., Código aberto

Resumo

A sociedade contemporânea mostra cada vez mais a necessidade de o indivíduo ter controle do processo de seleção, processamento, comunicação e uso das informações. A informatização da sociedade é notória e crescente, mediada principalmente pelas novas tecnologias, capazes de estabelecer elos em diferentes e distantes espaços geográficos, convergindo com uma grande quantidade de informações nas mais diversas áreas da inteligência humana, seja para o uso cultural, empresarial, político e governamental ou mesmo de entretenimento. Frente às transformações tecnológicas, ocorridas a partir da implementação efetiva da Internet, surgem novas formas de organização e produção de software, tendo como destaque no cenário atual o movimento de software livre e os discursos existentes de que ele se estabeleceria com um caráter libertador no compartilhamento de informação e conhecimento. Este estudo verifica as tendências e os rumos do software livre no capitalismo contemporâneo, efetuando uma discussão com os discursos existentes, se apoiando na Ciência da Informação e nas discussões da economia política da informação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Paulo César Elias

Mestre em Ciência da Informação pela PUC Campinas e Professor da Faculdade Cenecista de Capivari.

Referências

BARRETO, A.A. A condição da informação. São Paulo em perspectiva, São Paulo, v.16, n.3, p.67-74, 2002.

BOLAÑO, C.R.S. Trabalho intelectual, comunicação e capitalismo. A re-configuração do fator subjetivo na atual reestruturação produtiva. Revista da Sociedade Brasileira de Economia Política, set, n. 11, p. 79-102, dez. 2002.

CHESNAIS, F. A mundialização do capital. São Paulo: Ed. Xamã, 1996.

DANTAS, Marcos. Informação e trabalho no capitalismo contemporâneo. Lua Nova, São Paulo, n. 60, p.5-44, 2003. Disponível em: < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-64452003000300002>. Acesso em: 10 mar.2005.

DANTAS, Marcos. A lógica do capital informação: a fragmentação dos monopólios e a monopolização dos fragmentos num mundo de comunicações globais. Rio de Janeiro: Contraponto, 2002.

DCI – Comércio Indústria e Serviços. Versão on-line. Edição 24, Maio de 2006. Disponível em:

< http://www.dci.com.br/usexibir_integra_capa.asp?intDiaEdicao=24&intMesEdicao=05&intAnoEdicao=2006&lng0=21632705&lng1=0> . Acesso em: 30 maio 2006.

DIBONA, Chris; OCKMAN, Sam; STONE, Mark. Open Sources: voices from the Open Source Revolution. O'Reilly, 1999. Disponível em: < http://www.oreilly.com/catalog/opensources/book/toc.html>. Acesso em: 11 jun. 2005.

GALBRAITH, J.K. O novo Estado industrial. São Paulo: Abril Cultural, 1982.

HERSCOVICI, Alain. Economia da informação, direitos de propriedade intelectual, conhecimento e novas modalidades de re-apropriação social da informação. EPTIC On-line, v. 6, n.3, set./dez., 2004.

O IMPACTO do software livre e de código aberto na indústria de software do Brasil / Softex. Campinas: Softex, 2005. Disponível em: < http://www.softex.br>. Acesso em: 04 jun. 2005.

LAZZARATO, M.; NEGRI, A. Trabalho imaterial: formas de vida e produção de subjetividade. Rio de Janeiro: DP&A, 2001.

MCGARRY, Kevin. O contexto dinâmico da informação: uma análise introdutória. Brasília: Briquet de Lemos, 1999.

MARCOVITCH, JACQUES. A informação e o conhecimento. São Paulo Perspec. [online]. out./dez 2002, v.16, n.4, p.03-08. Disponível em: < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-

&lng=pt&nrm=iso>. ISSN 0102-8839. Acesso em: 20 jan. 2006.

MATTOS, F.A.M. Sociedade pós-industrial e sociedade informacional: apontamentos de uma revisão bibliográfica. Eptic On-line, vol. VII, n.1, abr. 2005. Disponível em: < http://www.eptic.com.br/numeros.htm>. Acesso em: 07 jul. 2005.

MIRANDA, Antonio. Ciência da informação: teoria e metodologia de uma área em expansão. Brasília: Thesaurus, 2003.

ROBREDO, Jaime. Da ciência da informação revisitada aos sistemas humanos de informação. Brasília: Thesaurus, 2003.

SILVA, G. Noronha. O capitalismo atual e o software livre. Montes Claros, 2003.

Disponível em: <http://kov.eti.br/ciencias-sociais/ciencias-sociais/artigos/fsb/capitalismo-atual-software-livre.pdf>. Acesso em: 20 dez. 2005.

SILVEIRA, S. A. Software Livre: a luta pela liberdade do conhecimento. São Paulo: Ed. Fundação Perseu Abramo, 2004.

STALLMAN, Richard. O projeto GNU. Datagramazero, n. 1, fev-2000. Disponível em: < http://www.datagramazero.org.br/out05/F_I_onum.htm>. Acesso em: 23 ago.2004.

TAURION, Cezar. Software livre: potencialidades e modelos de negócio. Rio de Janeiro: Brasport, 2004.

Downloads

Publicado

2008-10-29

Como Citar

ELIAS, P. C. Informação e software livre no capitalismo contemporâneo. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, SP, v. 5, n. 2, p. 55–76, 2008. DOI: 10.20396/rdbci.v5i1.2004. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/2004. Acesso em: 28 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos