Banner Portal
A biblioteca como recurso estratégico no escritório de advocacia
PDF

Palavras-chave

Informação jurídica
Biblioteca jurídica
Gestão estratégica da informação

Como Citar

PEREIRA, M. P. A biblioteca como recurso estratégico no escritório de advocacia. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, SP, v. 4, n. 2, p. 19–37, 2006. DOI: 10.20396/rdbci.v4i1.2033. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/2033. Acesso em: 23 fev. 2024.

Resumo

O avanço da tecnologia trouxe mudanças significativas em relação ao funcionamento das organizações. O ambiente competitivo agregou o uso da tecnologia e novos valores da informação como fonte de vantagem e de auxílio nos processos de tomadas de decisões nas organizações. Neste ambiente competitivo, a biblioteca também se faz necessária por ser vista como recurso estratégico, de modo a facilitar o controle e recuperação de informações essenciais à vida da organização de maneira eficiente e segura para seus usuários, além de elemento fundamental de vantagem competitiva para o escritório de advocacia.
https://doi.org/10.20396/rdbci.v4i1.2033
PDF

Referências

BARRETO, A. A. A oferta e a demanda da informação: condições técnicas, econômicas e políticas. Disponível em: <http://www.e-iasi.org.br/cinfor/sensivel.htm>. Acesso em: 14 set. 2005.

CASTELLS, M. A sociedade em rede. São Paulo: Paz e Terra, 2005. v. 1

DAVENPORT, T. D. Ecologia da informação: porque só a tecnologia não basta para o sucesso na era da informação; tradução Bernadete Siqueira Abrão. São Paulo: Futura, 2002.

DAVENPORT, T. D.; MARCHAND, D. A.; DICKSON, T. Dominando a gestão da informação. Porto Alegre: Bookman, 2004.

DAVENPORT, T. D.; PRUSAK, L. Conhecimento empresarial: como as organizações gerenciam o seu capital intelectual. Rio de Janeiro: Campus, 1998.

LOUREIRO, R. C. C. A especialidade do bibliotecário jurídico: bases para uma interação com o usuário operador do direito. Disponível em: < http://www.infolegis.com.br>. Acesso em: 17 jun. 2005.

McGEE, J.; PRUSAK, L. Gerenciamento estratégico da informação: aumente a competitividade e a eficiência de sua empresa utilizando a informação como uma ferramenta estratégica. Rio de Janeiro: Campus, 1994.

MINTZBERG, H. Criando organizações eficazes: estrutura em cinco configurações. 2.ed. São Paulo: Atlas, 2003.

PASSOS, E. Bibliotecário jurídico: seu perfil, seu papel. 2001. Disponível em: < http://www.infolegis.com.br>. Acesso em: 17 ago. 2005.

REZENDE, Ana Paula. Centro de informação jurídica eletrônico e virtual. Ci. Inf. [online]. Brasilia, v. 29, n. 1, jan./apr. 2000, p. 51-60. Disponível em: <http://www.scielo.br/>Acesso em: 23 jan. 2006.

REZENDE, M. I. S. D. Gerenciamento da informação e do conhecimento jurídico. Disponível em < http://www.prgo.mpf.gov.br/prgonova/doutrina/Martha-13.html>. Acesso em: 13 out. 2003.

REZENDE, M. I. S. D. Gerenciamento da informação e do conhecimento no escritório de advocacia. In.: CIBERÉTICA. SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE PROPRIEDADE INTELECTUAL, INFORMAÇÃO E ÉTICA, 1, 1998, Florianópolis. Anais... Florianópolis, SC, 19 a 21 nov. 1998.

SARMENTO, A. G. S.; ROSA, A. G. M. F.. Informação jurídica: valor agregado: O quê? Por quem? E para quem? In: ENCONTRO NACIONAL DE DOCUMENTAÇÃO E INFORMAÇÃO JURÍDICA, 7, 2000. Porto Alegre. Anais... Porto Alegre, 2000.

SELEM, L. C. A. Estratégia na advocacia: planejamento para escritórios de advocacia. Curitiba: Juruá, 2003.

SELEM, L. C. A. A reinvenção da advocacia. Disponível em: <http://www.uj.com.br>.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2006 Mariland Pires Pereira

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...