Acesso digital: o direito à informação na área da saúde versus a propriedade intelectual da informação tecnológica

Autores

  • Rosana Evangelista Universidade Estadual de Campinas https://orcid.org/0000-0001-8661-1168
  • Vanda de Fátima Fulgêncio de Oliveira Universidade Estadual de Campinas
  • Sandra Lúcia Pereira Universidade Estadual de Campinas
  • Valdinéa Sonia Petinari Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/rdbci.v2i2.2065

Palavras-chave:

Gestão da informação na área da saúde, Informação em engenharia biomédica, Direitos autorais, Biblioteca digital, Usuário virtual

Resumo

A Engenharia Clínica ou Hospitalar tem a responsabilidade de gerenciar todo o ciclo de vida das tecnologias de saúde, o que inclui o processo especificação, aquisição, instalação, testes de aceitação, treinamento, manutenção corretiva e preventiva e todos os assuntos referentes aos equipamentos. A documentação necessária para atender a estes objetivos está armazenada na Central de Referência em Equipamentos Biomédicos no Centro de Engenharia Biomédica da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). O objetivo deste trabalho é analisar a viabilização da implantação da digitalização dos documentos, que hoje estão apenas na forma impressa, restringindo o acesso. Os profissionais técnicos e instituições remotas serão beneficiados com esta ação. Os direitos autorais, a infraestrutura de software, o desenvolvimento das bibliotecas digitais, e as características das publicações e do público usuário são discutidos. Como resultado identificamos, qualificamos e agrupamos os usuários da documentação, este levantamento ofereceu subsídios para tomada de decisão a respeito da melhor forma de atendimento deste cliente virtual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Rosana Evangelista, Universidade Estadual de Campinas

Doutora em Ciências da Saúde na Faculdade de Enfermagem - UNICAMP. Possui graduação e mestrado em BIBLIOTECONOMIA pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1998 e 2002). Atualmente é Diretora da Biblioteca da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas e Professora de Ensino Superior. Tem experiência na área de Informação em Saúde, Ciência da Informação e Biblioteconomia, atuando principalmente nos seguintes temas: normalização, trabalhos acadêmicos, informação na área da saúde e educação.

Sandra Lúcia Pereira, Universidade Estadual de Campinas

Possui graduação em Comunicação Visual pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1984), mestrado em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1996) e doutorado em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2001). Atualmente é professora associado 2 do Departamento de Comunicação na Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul; área fotografia.

Valdinéa Sonia Petinari, Universidade Estadual de Campinas

Currículo Lattes não disponível.

Referências

ANTUNES, Elizabeth; et al. A engenharia clínica como estratégia na gestão hospitalar. In:_____. Cooperação Brasil – França. Éditions Scientifiques ACODESS, 2002. cap. 4, p. 45-67. Disponível em: < http://www.anvisa.gov.br/tecnovigilancia/capitulo4.pdf> Acesso em: 16 abr. 2004.

ANTUNES, Elizabeth; et al. Gestão da tecnologia biomédica: tecnovigilância e engenharia clínica. Paris: ACODESS, 2002. 210 p.

ANVISA; GGTPS; UTVIG.[s.d.] Boas práticas de aquisição de equipamentos médico-hospitalares. Disponível em: < http://www.anvisa.gov.br/produtosaude/auto/boas.htm> Acesso em: 16 abr. 2004.

BASSANI, José Wilson Magalhães. [Entrevista] 01/04/2004 às 8h45min. 2004.

CALIL, Saide Jorge. Critérios para aquisição de equipamentos médico-hospitalares. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA BIOMÉDICA, 17., 2000, Florianópolis. Anais... Florianópolis: UFSC, 2000, p. 38-45.

CALIL, Saide Jorge. [Entrevista] 14/04/2004 às 11 horas. 2004

CALIL, Saide Jorge. Análise do setor de saúde no Brasil na área de equipamentos médico-hospitalares. In: NEGRI, Barjas; DI GIOVANNI, Geraldo (Org.). Brasil: radiografia da saúde. Campinas: UNICAMP, 2001.

p. 91-122.

CALIL, Saide Jorge; TEIXEIRA, Marilda Sólon. Gerenciamento de manutenção de equipamentos hospitalares. São Paulo: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, 1998. 108 p. (Série Saúde & Cidadania, 11).

CASTELAR, Rosa Maria; IWERSEN, Marcelo. O atual quadro sanitário do Brasil. In: CASTELAR, Rosa Maria; MORDELET, Patrick; GRABOIS, Victor. Gestão hospitalar: um desafio para o hospital brasileiro. Paris: ENSP, 1995. p. 29-37.

CHEVERIE, Joan F. The changing economics of information, technological development, and copyright protection: what are the consequences for the public domain? The Journal of Academic Librarianship, v. 28, n. 5, p. 325-331, sep./oct. 2002.

CUNHA, Murilo Bastos da. Desafios na construção de uma biblioteca digital. Ciência da Informação, Brasília, v. 28, n. 3, p. 257-268, set./dez, 1999.

DENNIS, Nancy K. Technology infrastructure supporting digital library developments. In: REENEN, Johann Van (Ed). Digital libraries and virtual workplaces important initiatives for Latin America in the information age. USA: IACD, 2001. p.157-165.

DRABENSTOTT, Karen; BURMAN, Celeste M. Revisão analítica da biblioteca do futuro. Ciência da Informação, Brasília, v. 26, n. 2, maio/ago. 1997. Disponível em: <http://www.ibict.br>. Acesso em: 30 jan. 2004.

FERNÁNDEZ-MOLINA, Juan Carlos. Protección tecnológica y contractual de las obras con derecho de autor: hacia una privatización del acceso a la información? Ciência da Informação, Brasília, v. 32, n. 2, p. 54-63, maio/ago. 2003.

FERREIRA, Sueli Mara S. P. Design de biblioteca virtual centrado no usuário: a abordagem do Sense-Making para estudos de necessidades e procedimentos de busca e uso da informação. Ciência da Informação, Brasília, v. 26, n. 2, maio/ago. 1997. Disponível em: < http://www.ibict.br>. Acesso em: 30 jan. 2004.

GRUPO DE TRABALHO SOBRE BIBLIOTECAS VIRTUAIS DO COMITÊ GESTOR DA INTERNET-BRASIL (1997) Orientações estratégicas para a implementação de bibliotecas virtuais no Brasil. Ciência da Informação, Brasília, v. 26, n.2, maio/ago. 1997. Disponível em: < http://www.ibict.br>. Acesso em: 30 jan. 2004.

GUEIROS JÚNIOR, Nehemias. A ausência de territorialidade na internet. 2004. Disponível em: http://www.mundojuridico.adv.br/html/colunista/nehemias01.htm>. Acesso em: 27 fev. 2004.

MARTINS FILHO, Plínio. Direitos autorais na internet. Ciência da Informação, Brasília, v. 27, n. 2, p.183-188, maio/ago. 1998.

MICHEL, Jean. Direito de autor, direito de cópia e direito à informação: o ponto de vista e a ação das associações de profissionais da informação e da documentação. Ciência da Informação, Brasília, v. 26, n. 2, p.140-145, maio/ago. 1997.

MODESTO, Fernando. Software livre: alforria para as bibliotecas. Coluna Tecnologia da Informação, Site OFAJ, nov./dez. 2003. Disponível em: < http://www.ofaj.com.br>. Acesso em: 27 jan. 2004.

PEREIRA, Maria de Nazaré Freitas. Bibliotecas virtuais: realidade, possibilidade ou alvo de sonho. Ciência da Informação, Brasília, v. 24, n.1. 1995. Disponível em: < http://www.ibict.br>. Acesso em: 30 jan. 2004.

VERGUEIRO, Waldomiro de Castro Santos. Desenvolvimento de coleções. São Paulo: Polis; APB, 1989. (Palavras-chave, 1). 96 p.

Downloads

Publicado

2005-02-03

Como Citar

EVANGELISTA, R.; OLIVEIRA, V. de F. F. de; PEREIRA, S. L.; PETINARI, V. S. Acesso digital: o direito à informação na área da saúde versus a propriedade intelectual da informação tecnológica. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, SP, v. 3, n. 1, p. 41–66, 2005. DOI: 10.20396/rdbci.v2i2.2065. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/2065. Acesso em: 28 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)