Banner Portal
Equipamentos de proteção individual (EPIs) para profissionais de bibliotecas, centros de documentação e arquivos
PDF

Palavras-chave

Bibliotecas - Higienização
Equipamentos de proteção Individual
Saúde do trabalhador
Conservação preventiva

Como Citar

PALETTA, Fátima Aparecida Colombo; YAMASHITA, Marina Mayumi; PENILHA, Débora Ferrazoli. Equipamentos de proteção individual (EPIs) para profissionais de bibliotecas, centros de documentação e arquivos. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, SP, v. 3, n. 1, p. 67–79, 2005. DOI: 10.20396/rdbci.v2i2.2066. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/2066. Acesso em: 24 maio. 2024.

Resumo

A conservação preventiva dos acervos das bibliotecas, arquivos e centros de documentação é realizada por profissionais que atuam em processos de higienização. Contudo, a falta de uso dos EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) traz sérios danos à sua saúde. Este trabalho visa alertar sobre a importância dos EPIs. A metodologia empregada envolve uma campanha ilustrada de conscientização através de vídeos, exposições práticas, palestras e treinamento. Como resultado, detectamos que a utilização correta destes equipamentos proporciona mais segurança e integridade física, garantindo melhor qualidade de vida a quem executa esta tarefa.
https://doi.org/10.20396/rdbci.v2i2.2066
PDF

Referências

ALMEIDA JUNIOR, O. F. Roubo, depredação de materiais e campanhas educativas em Bibliotecas: proposta de um modelo de avaliação. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE

BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS, 9., 1996, Curitiba. Anais. Curitiba: PUCPR, 1996. p.1-20.

BASTOS FILHO, H. T. Comunicação visual em biblioteca: um sistema de sinalização para a Biblioteca da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. São Paulo, 1984. 87 p. Dissertação (Mestrado) – Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo, São Paulo, 1984.

BELLUZZO, R. C. B. A comunicação visual como fator de qualidade em Bibliotecas Universitárias: uma experiência na Universidade de São Paulo. Interação, São Paulo, v. 2, n. 4, p. 1-8, dez. 1994.

CASSARES, N. C. Como fazer conservação preventiva em arquivos e bibliotecas. São Paulo: Arquivo do Estado, 2000. 80 p.

CIPA. Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo. Manual de treinamento. São Paulo FCF/USP, 1992. (Apostila)

HIRATA, M. H., et al. Manual de biossegurança. São Paulo: Manole, 2002. 496 p.

JÖNCK, R. H. Treinamento para operadores em ambientes assépticos proporciona segurança e qualidade. Controle de contaminação, São Paulo, v. 5, n. 32, p. 12-19, 2001.

MENGATTO, A. P. et al. Qualidade na segurança do acervo na biblioteca de Ciência e Tecnologia da Universidade Federal do Paraná – estudo de caso. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS, 9., 1996, Curitiba. Anais...Curitiba: PUCPR, 1996. p. 1-12.

MINISTÉRIO DA SAÚDE DO BRASIL. Doenças relacionadas ao trabalho: manual de procedimentos para serviços de saúde. Brasília: Ministério da Saúde do Brasil, 2001. p. 17-48.

NORMA REGULAMENTADORA no6 (NR6) Equipamentos de Proteção Individual - EPIs, Ministério do Trabalho e Emprego (http://www.mtb.gov.br)

TORREIRA, R. P. Manual de segurança industrial. [ s.l.] : Margus Publicações, 1999. UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Conjunto das Químicas. Divisão de Biblioteca e Documentação. Relatório de atividades. São Paulo: DBDCQ-USP, 2001. 36p.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2005 Fátima Aparecida Colombo Paletta, Marina Mayumi Yamashita, Débora Ferrazoli Penilha

Downloads

Não há dados estatísticos.