Processo de indexação nas bibliotecas dos Institutos Federais do Paraná - IFPR

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/rdbci.v14i1.8640985

Palavras-chave:

Organização da informação. Indexação. Unidades de Informação. Instituto Federal

Resumo

A principal função das bibliotecas dos Institutos Federais está no seu papel de disseminadora da informação e facilitadora do acesso ao conhecimento registrado. Elas são responsáveis por fornecer recursos informacionais (produtos e serviços), indispensáveis à sua atuação de atender a um público diversificado. Esta pesquisa visa investigar como está sendo realizado o processo de indexação nas bibliotecas do Instituto Federal do Paraná (IFPR). A pesquisa foi classificada como exploratória e qualitativa, com a utilização de questionário para a coleta dos dados. Os resultados indicam que as bibliotecas não possuem instrumentos e formas de se organizar e controlar a atividade de indexação. Isso torna evidente a necessidade de elaboração de uma política de indexação que direcione a catalogação de assunto no contexto das bibliotecas do IFPR.  Conclui-se que estas bibliotecas são singulares e encontram-se em fase inicial de formação, exigindo de seus profissionais esforços para a consolidação de políticas e diretrizes para nortear e solidificar as atividades nelas desenvolvidas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Fabiane Ferreira, UEL - Universidade Estadual de Londrina

Mestrado em andamento no Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação da Universidade Estadual de Londrina - UEL

Brígida Maria Nogueira Cervantes, UEL - Universidade Estadual de Londrina

Professora Adjunto do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Estadual de Londrina

Referências

ALBRECHTSEN, Hanne. Subject analysis and indexing: from automated indexing to domain analysis. The Indexer, London, v.18, n. 4, p. 219-24, 1993. Disponível em: < http://www.theindexer.org/files/18-4/18-4_219.pdf> Acesso em: 20 ago. 2014.

BARROS, Aidil Jesus da Silveira, LEHFELD, Neide Aparecida de Souza. Fundamentos de metodologia científica. 3.ed. São Paulo: Pearson: Prentice Hall, 2007.

BOCCATO, Vera Regina Casari. A linguagem documentária vista pelo conteúdo, forma e uso na perspectiva de Catalogadores e usuários. In: FUJITA, Mariângela Spotti Lopes. (Org.). A indexação de livros: a percepção de catalogadores e usuários de bibliotecas universitárias. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2009. p. 19-42. Disponível em: < http://books.scielo.org/id/wcvbc/pdf/boccato-9788579830150-08.pdf> Acesso em: 20 ago. 2014.

BRASIL. Lei n° 11.892, de 29 de dezembro de 2008. Institui a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, cria os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 30 dez. 2008. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2008/lei/l11892.htm>. Acesso em: 15 ago. 2014.

CAFÉ, L. Lígia Maria Arruda. Organização da documentação e da informação: classificação e indexação. Florianópolis: CIN/CED/UFSC, 2010. 48 p.

DIAS, Eduardo Wense. Contexto digital e tratamento da informação. DataGramaZero: Revista da Ciência da Informação, Rio de Janeiro, v. 2, n. 5, out. 2001. Disponível em: < http://www.dgz.org.br/out01/Art_01.htm>. Acesso em: 20 ago. 2014.

FUJITA, Mariângela Spotti Lopes. A identificação de conceitos no processo de análise de assunto para indexação. Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, v. 1, n. 1, p. 60-90, jul./dez. 2003. Disponível em: < http://www.sbu.unicamp.br/seer/ojs/index.php/rbci/article/view/287/167>. Acesso em: 20 ago. 2014.

FUJITA, Mariângela Spotti Lopes, RUBI, Milena Polsinelli. Política de indexação na catalogação de assunto em bibliotecas universitárias: a visão sociocognitiva da atuação profissional com protocolo verbal. Revista Digital de Biblioteconomia & Ciência da Informação, Campinas, v. 7, n. 2, p. 118-150, jan./jun. 2010. Disponível em: < http://www.brapci.ufpr.br/download.php?dd0= 10572> Acesso em: 20 ago. 2014.

FUJITA, Mariângela Spotti Lopes; RUBI, Milena Polsinelli; BOCCATO, Vera Regina Casari. As diferentes perspectivas teóricas e metodológicas sobre indexação e catalogação de assuntos. In: FUJITA, M. S. L. (Org.) A indexação de livros: a percepção de catalogadores e usuários de bibliotecas universitárias. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2009. p. 19-42. Disponível em: < http://www.esalq.usp.br/biblioteca/PDF/a_indexacao_de_livros_a_percepcao_de_catalogadores_e_usuarios_de_bibliotecas_universitarias.pdf> Acesso em: 20 ago. 2014.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 5.ed. São Paulo: Atlas, 2010.

HOFFMANN, Wanda Aparecida Machado, BOCCATO, Vera Regina Casari, SANTOS, Cintia Almeida da Silva. O profissional da informação nos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia: um estudo de percepção. Revista EDICIC, v.1, n.3, p.127-142, Jul./Sep. 2011. Disponível em: < http://200.136.214.89/nit/refbase/arquivos/hoffmann/2011/621_Hoffmann_etal2011.pdf> Acesso em: 15 ago. 2014.

INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ. Pró-reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional (Proplan/IFPR). Mapa dos Campus IFPR. 2014. Disponível em: < http://info.ifpr.edu.br/informacoes-gerenciais-e-estatisticas-educacionais/relacao-de-campus-2/> Acesso em: 15 set. 2014.

LANCASTER, Frederick Wilfrid. Indexação e resumos: teoria e prática. 2. ed. Brasília: Briquet de Lemos/Livros, 2004.

LOUSADA, Mariana et al. Políticas de indexação no âmbito da gestão do conhecimento organizacional. Informação e Sociedade, João Pessoa, v. 21, n. 1, p.191-202, jan./abr. 2011. Disponível em: < http://www.ies.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/article/view/ 4136/5607>. Acesso em: 15 set.. 2014.

NUNES, Claudio Omar Iahnke. Algumas considerações acerca da ausência de políticas de indexação em bibliotecas brasileiras. Biblos, Rio Grande, v.16, p. 55-61, 2004. Disponível em: < www.brapci.ufpr.br/download.php?dd0=11141> Acesso em: 15 set. 2014.

RUBI, Milena Polsinelli. Política de indexação para construção de catálogos coletivos em bibliotecas universitárias. Marília: Unesp, 2008. Tese (Doutorado) – Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação - Universidade Estadual Paulista (Unesp). Disponível em:< http://base.repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/103388/rubi_mp_dr_mar.pdf?sequence=1> Acesso em: 17 set. 2014.

SEVERINO, Antonio Joaquim. Metodologia do trabalho científico. 23. ed. São Paulo: Cortez, 2007.

STREHL, Letícia. Avaliação da consistência da indexação realizada em uma biblioteca universitária de artes. Ciência da Informação. Brasília, v.27, n.3, p.329-335, set./dez. 1998. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/ci/v27n3/27n3a11.pdf> Acesso em: 17 set. 2014.

Downloads

Publicado

2016-02-01

Como Citar

FERREIRA, F.; CERVANTES, B. M. N. Processo de indexação nas bibliotecas dos Institutos Federais do Paraná - IFPR. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, SP, v. 14, n. 1, p. 164–179, 2016. DOI: 10.20396/rdbci.v14i1.8640985. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/8640985. Acesso em: 8 maio. 2021.