Preservação digital em coleções bibliográficas da biodiversidade: o caso da Biodiversity Heritage Library no Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG)

  • Jetur Lima de Castro Universidade Federal do Pará
  • Alessandra Nunes de Oliveira Universidade Federal do Pará
Palavras-chave: Preservação digital. Digitalização de documentos. Biblioteca Digital. Informação científica. Biodiversidade

Resumo

Relata a experiência do "Projeto de digitalização e publicação online da coleção de Obras Raras Essenciais em Biodiversidade do Museu Paraense Emílio Goeldi" (MPEG). A iniciativa é da Biodiversity Heritage Library (BHL), cuja finalidade é subsidiar, o fortalecimento e desenvolvimento da infraestrutura de informação e comunicação científica, em biodiversidade e meio ambiente. O objetivo de estudo é mostrar o projeto de digitalização e publicação online da coleção de Obras Raras Essenciais em Biodiversidade do Museu Paraense Emílio Goeldi e estudar o papel da preservação digital no acervo bibliográfico especial, utilizando os critérios de preservação digital e da gestão documental. Permitindo, a construção de um esquema conceitual para agregar e conservar a informação, dando acesso imediato, por meio das redes e fontes de informação, nacionais e internacionais. O percurso metodológico adotado foi realizado, por meio de uma pesquisa exploratória de caráter descritivo, com base na literatura como em livros, periódicos, dissertações, teses e artigos científicos já publicados abordando a temática. Deste modo é analisado as questões mais relevantes no estudo, com relação aos métodos relacionados com a preservação de um acervo bibliográfico em formatos digitais. Neste sentido, a digitalização é aliada à preservação digital na coleção em biodiversidade, e trará enorme contribuição à biblioteca do MPEG, tornando as informações cientificas mais acessíveis, dando continuidade à memória e certificando a absoluta excelência dos suportes digitais, abarcada pelas inovações tecnológicas que remediarão suas perdas futuras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Jetur Lima de Castro, Universidade Federal do Pará
Atualmente é estudante de Biblioteconomia da Universidade Federal do Pará - Campus Belém. Estagiário em Gerenciamento, Digitalização de acervos e documentos Antigos no Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG), em parceria com Scientific Electronic Library Online (SCIELO), Biodiversity Heritage Library (BHL). Participa como Pesquisador/colaborador da Rede Brasileira de Serviços de Preservação Digital Cariniana, atuando nos trabalhos de pesquisa dos aspectos técnicos e de gestão dos serviços a serem oferecidos pelo Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia IBICT. Tem experiência na área de Ciência da Informação, com ênfase em Processos de Disseminação da Informação, digitalização de Documento e Preservação digital. Formou-se como Técnico em Administração de Redes de Computadores pela Universidade Estadual do Pará-UEPA em Parceria com (Serviço de Processamentos de Dados) SERPRO em 2007-2009. Tem Experiência em Tecnologia da informação em Redes de Computadores, Segurança da Informação. Exerceu atividade como Instrutor do Programa Fundo-ver-Sol no Instituto Ciberespacial- ICIBE/UFRA. Tem interesse em temas como informação e comunicação científica, preservação digital, bibliotecas digitais, arquitetura da informação, gestão da informação, marketing da informação, ciências da informação, banco de dados, bases de dados, inteligência artificial, engenharia da informação, informação social, segurança da informação, tecnologia da informação, competência em informação e inclusão digital.
Alessandra Nunes de Oliveira, Universidade Federal do Pará
Atualmente é estudante de Biblioteconomia da Universidade Federal do Pará - Campus Belém). Faz pesquisas na área da ciência da informação, tem interesse em temas como comunicação social, comunicação científica, bibliotecas digitais, arquitetura da informação, gestão da informação, marketing da informação, ciências da informação, banco de dados, bases da dados, segurança da informação, tecnologia da informação, competência em informação e inclusão digital. Tem experiência na área de Ciência da Informação, com ênfase em Informação e Sociedade, atuando principalmente nos seguintes temas: informação e sociedade, mediação da informação, Censura Informacional, serviço de referência e informação, bibliotecas públicas e biblioteconomia. Foi Bolsista Biblioteca UFRA na área de serviço de Referência e processamento Técnico. Estagiou na Biblioteca Unama de Pós- Graduação Campus Quintino e na Biblioteca Jurídica Unama Senador.

Referências

ARORA, Jagdish. Digital Preservation: an overview. INFLIBNET, Nova Deli, 29-30 jan. 2009. p.116-146. Disponível em: < http://ir.inflibnet.ac.in/bitstream/1944/1466/1/8.pdf>. Acesso em: 19 jan. 2014.

BABBIE, Earl. The practice of Social Research. California: Wadsworth Publishing Company, 1983.

BIODIVERSITY HERITERAGE LIBRARY. Wiki: tips and information for our users, 2014. Disponível em: < http://biodivlib.wikispaces.com>. Acesso em: 12 de janeiro de 2014.

BOERES, Sonia A. de Assis; ARELLANO, Miguel A. Márdero. Políticas e estratégias de preservação de documentos digitais. In: CinForm, 4. Proceedings... Salvador, 2005. Disponível em: < http://www.cinform.ufba.br/vi_anais/docs/SoniaMiguelPreservacaoDigital.pdf>. Acesso em: 15 nov. 2013.

BRASIL. Conselho Nacional de Arquivos. Modelo de Requisitos para Sistemas Informatizados de Gestão Arquivística de Documentos: e-ARQ. Rio de Janeiro: CONARQ, 2006. Disponível em: < http://www.arquivonacional.gov.br/conarq/cam_tec_doc_ele/gestao/e-ARQ%20-%20v%200.pdf>. Acesso em: 10 jan. 2014.

COELHO, Machado. A biblioteca do Museu Goeldi. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi, v. 10, 1949. p. 411-120.

CORNELL UNIVERSITY LIBRARY. Tutorial on digital preservation management: implementing short-term strategies for long-term problems, 2005. Disponível em: < http://www.library.cornell.edu/iris/dpworkshop/instructors.html >. Acesso em: 19 jan. 2014.

CUNHA, Murilo Bastos da. Desafios na construção de uma bibliotecadigital. Ciência da Informação, Brasília, v. 28, n. 3, p. 257-268, set./dez. 1999. Disponível em: < http://www.ibict.br/cienciadainformacao/rst/viewarticle.php?id=323>. Acesso em: 28 jan. 2014.

DIGITAL PRESERVATION COALITION. Digital Preservation Coalition. Disponível em: < http://www.dpconline.org/ >. Acesso em: 04 jan. 2014.

FERREIRA, Miguel. Introdução à Preservação Digital: conceitos, estratégias e actuais consensos. Portugal: Escola de Engenharia da Universidade de Minho, 2006. Disponível em: < https://repositorium.sdum.uminho.pt/bitstream/1822/5820/1/livro.pdf> Acesso em: 12 jan. 2014.

FINO-RADIN, Ben. Digital Preservation Practices and the Rhizome Artbase. Rhizome.org, 2011. Disponível em: < http://rhizome.org/editorial/2011/aug/5/keeping-it-online/>. Acesso em: 04 jan. 2014.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GOELDI , Emílio A . Relatório apresentado pelo Diretor do Museu Paraense ao Sr. Dr. Lauro Sodré, Governador do Estado do Pará. Boletim do Museu Paraense de História Natural e Ethnographia, Belém, t 1 e 2, 1896, 1898.

INSTITUTO BRASILEIRO DE INFORMAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA. Guia de preservação digital de periódicos eletrônicos na rede cariniana. Brasília: IBICT, nov. 2013. Disponível em: < https://attachment.fbsbx.com/file_download.php?id=4700829964376 42&eid=ASvdD2nISTf1tEgMpTqeBaJVo36wmPpdG_xWvEOiDvvoaChmUd_a7Xw63zlj4erhCnc&inline=1&ext=1393555816&hash=ASvEhX9Ay1KP5G4- >. Acesso em: 04 jan. 2014.

KASPEREK, Gerwin. Eine Übersicht von für die Biologie relevanten Projekten zur Digitalisierung historischer Fachliteratur: Darstellung eines speziellen Segmentes aus dem Internetquellen-Führer einer Virtuellen Fachbibliothek. Bibliotheksdienst, v.44, n. 5, p. 448-460, maio. 2010. Disponível em: < http://www.degruyter.com/view/j/bd.2010.44.issue-5/bd.2010.44.5.448/bd.2010.44.5.448.xml >. Acesso em: 15 jan. 2014.

LYMAN, P. Archiving the world wide web: in building a national strategy for preservation: issues in digital media archiving. Washington: Council on Library and Information Resources, 2002. Disponível em: < www.clir.org/pubs/reports/pub106/web.html>. Acesso em: 14 jan. 2014.

LYMAN, Peter; VARIAN, Hal R. How Much Information? Regents of the University of California, 2000. Disponível em: < http://www.sims.berkeley.edu/research/projects/how-much-info/.>. Acesso em: 14 jan. 2014.

MANZO, Abelardo J. Manual para La preparación de monografias: uma guia para presentar informes y tesis. Buenos Aires: Humanitas, 1971.

MÁRDERO ARELLANO, Miguel Ángel. Critérios para a preservação digital da informação científica. 2008. 354 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) –Universidade de Brasília, Brasília, 2008. Disponível em: < http://hdl.handle.net/10760/12649>. Acesso em: 15 fev. 2014.

______. Preservação de Documentos Digitais. Ciência da Informação, v.33, n. 2, p. 15-27, maio/ago. 2004. Disponível em: <http://revista.ibict.br/index.php/ciinf/article/viewArticle/305/270>. Acesso em: 12 jan. 2014.

______. Questões práticas sobre preservação digital. Brasília, 2009. 81 slides: color. Disponível em: < http://pt.slideshare.net/gemireki/questes-prticas-sobre-preservao-digital>. Acesso em: 18 fev. 2014.

MAZZAROLLO, Fabiana. Estratégias de Preservação Digital. Porto Alegre: UFRGS, 2008. Disponível em: < http://fabianamazzarollo.files.wordpress.com/2008/11/estrategias-de-preservacao-digital.pdf >. Acesso em: 12 jan. 2014.

PIOVESAN, A. Da necessidade das escolas de saúde pública elaborarem métodos simplificados de investigação social. S. Paulo, 1968. [Tese de Doutorado - Faculdade de Saúde Pública da USP].

QUEIRÓZ, M. I. de P. O pesquisador, o problema da pesquisa, a escolha de técnicas: algumas reflexões. In: Lang, A.B.S.G., org. Reflexões sobre a pesquisa sociológica.

ROMEIRO, Doralice. Biblioteca e Arquivo. In: REENCONTROS: Emílio Goeldi e o Museu Paraense. Belém: Museu Paraense Emílio Goeldi, 2006. p. 23-25.

SANTOS, Fernando Bittencourt dos; SILVA, Helen de Castro. Busca e uso da informação ambiental por pesquisadores da área de meio ambiente. In: FÓRUM AMBIENTAL DA ALTA PAULISTA, 2, 2006, São Paulo. Disponível em:< http://www.amigosdanatureza.org.br>. Acesso em: 10 jan. 2014.

SANTOS, Vanderlei Batista dos; INNARELLI, Humberto Celeste; SOUSA, Renato Tarcísio Barbosa de. Arquivística: temas contemporâneos. 3. ed. Distrito Federal: SENAC, 2009.

São Paulo, Centro de Estudos Rurais e Urbanos, 1992. p. 13-29. (Coleção Textos; 2a série, 3).

SARACEVIC, Tefko. Ciência da informação: origem, evolução e relações. Perspectivas em ciência da informação, Belo Horizonte, v. 1, n. 1, p. 41-62, jan./jun. 1996. Disponível em: < http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/viewFile/235/22>. Acesso em: 15 jan. 2014.

TRUJILLO FERRARI, Alfonso. Metodologia da ciência. 3. ed. Rio de Janeiro: Kennedy, 1974.

VARELA, Alex; BAIÄO NETO, Gil. Museu Paraense de História Natural e Etnografia. Dicionário Histórico-Biográfico das Ciências da Saúde no Brasil, 2012. Disponível em: < http://www.dichistoriasaude.coc.fiocruz.br/iah/pt/pdf/muspareg.pdf >. Acesso em: 12 jan. 2014.

Publicado
2015-12-18
Como Citar
Castro, J. L. de, & Oliveira, A. N. de. (2015). Preservação digital em coleções bibliográficas da biodiversidade: o caso da Biodiversity Heritage Library no Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG). RDBCI: Revista Digital De Biblioteconomia E Ciência Da Informação, 14(1), 192-207. https://doi.org/10.20396/rdbci.v14i1.8642124