As competências, os perfis e os aspectos sociais do bibliotecário na educação

Palavras-chave: Aspecto social. Biblioteca escolar. Bibliotecário. Competência. Tecnologias da Informação e Comunicação.

Resumo

A biblioteca escolar deve ser reconhecida como um equipamento cultural, como uma instituição social, com o intuito de integrar a sociedade da informação, estabelecendo novos conceitos e se adequando às realidades sociais, culturais, educativas e tecnológicas da sociedade. Com a explosão informacional, a sociedade contemporânea necessita de profissionais bibliotecários atuando em biblioteca escolar com competências que atendam às novas demandas de produtos e serviços de informação. Sendo assim: qual é o papel e as competências desses profissionais? Estão preparados para a demanda social de nossos leitores? Assim, o objetivo deste estudo é apontar os perfis, as competências e os aspectos sociais do bibliotecário no espaço contemporâneo, tendo como escopo a biblioteca escolar. Para nossa investigação, utilizamos como método científico a pesquisa exploratória, que tem como finalidade desenvolver e elucidar conceitos e ideias e que normalmente envolvem a pesquisa bibliográfica e documental. Com relação ao bibliotecário escolar, apontamos que este deve ter como práticas de atuação: a intermediação entre a biblioteca, o leitor e o contexto, a técnica e a promoção da leitura; deve estar atento para ajudar a amenizar, a exclusão digital e a falta de acesso à informação; não deve prescindir de conjunto de atitudes, habilidades e competências que o certifiquem a trabalhar e contribuir de forma positiva; deve ser flexível, saber administrar a unidade de informação escolar, gerando recursos e serviços de informação, trabalhar com as ferramentas disponibilizadas pelas tecnologias da informação e comunicação e aproximar a comunidade escolar com o espaço da biblioteca.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Claudio Marcondes de Castro Filho, Universidade de São Paulo
Chefe do Departamento de Educação, Informação e Comunicação da Faculdade de Filosofia Ciências e Letras da Universidade de São Paulo de Ribeirão Preto.

Referências

ALMEIDA, Waldinéia Ribeiro; COSTA, Wilse Arena da Costa; PINHEIRO, Mariza Inês da Silva. Bibliotecários mirins e a mediação da leitura na biblioteca escolar. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v.17, n. 2, p. 472-490, 2012. Disponível em: <http://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/812/pdf_1>. Acesso em: 10 jan. 2015.

ALMEIDA JÚNIOR, Oswaldo Francisco de; BORTOLIN, Sueli. Bibliotecário: um essencial mediador de leitura. In: SOUZA, R. J. (Org.). Biblioteca escolar e práticas educativas. Campinas: Mercado de Letras, 2009, p. 205-218.

AMERICAN ASSOCIATION OF SCHOOL LIBRARIANS. Parâmetros para o aprendiz do século XXI. Chicago: AASL, 2007.

ANTUNES, Walda de Andrade. Biblioteca escolar no Brasil: reconceituação e busca de sua identidade a partir de atores do processo ensino-aprendizagem. São Paulo, 1998. Tese (Doutorado) - Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, 1998.

ARENA, Dagoberto Buim. Leitura no espaço da biblioteca escolar. In: SOUZA, R. J. Biblioteca escolar e práticas educativas. Campinas: Mercado de Letras, 2009. p. 157-185.

BORGES, Jorge Luis. Obras completas. São Paulo: Ed. Globo, 1999. v. 3.

BRANDÃO, Mariane Braz. Contribuições e desafios na sociedade da informação para os profissionais que atuam em bibliotecas: estudo de caso da Biblioteca Maria Antonieta Franco de Siqueira. Ribeirão Preto, 2014. 102f. Monografia (Trabalho de Conclusão de Curso) - Curso de Ciências da Informação e da Documentação e Biblioteconomia, Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.

CAMPELLO, Bernadete Santos. Perspectivas de letramento informacional no Brasil: práticas educativas de bibliotecários em escolas do ensino básico. Encontros Bibli (Online), Florianópolis, v.15, n.29, p. 184-208, 2010. Disponível em: . Acessado em: 23 jan. 2015.

CASTRILLÓN, Silvia. El derecho a leer y a escribir. México: Asolectura, 2004.

CASTRO FILHO, Cláudio Marcondes. O bibliotecário como profissional da informação: o mundo do trabalho, habilidades e competências. In: CASTRO FILHO, C.M. Olhares sobre a atuação do profissional da Ciência da Informação. São Paulo: Todas as Musas, 2013.

CASTRO FILHO, Cláudio Marcondes; CAMPOS, Larissa Bernardes. Fontes de informação em biblioteca escolar. São Paulo: Todas as Musas, 2014.

CASTRO FILHO, Cláudio Marcondes; PACAGNELLA, Juliana Nascimento. Biblioteca escolar pública, bibliotecário e ... In: CASTRO FILHO, C. M. e ROMÃO, L. M. S. (Org.). Dizeres sobre biblioteca escolar: palavras em movimento, Ribeirão Preto: Alphabeto, 2011. p. 97-108.

CENDÓN, Beatriz Valadares. et al. Ciência da informação e biblioteconomia: novos conteúdos e espaços de atuação, Belo Horizonte: UFMG, 2005.

CUEVAS CERVERÓ, Aurora. La biblioteca escolar como centro de recursos para el aprendizaje (CRA). In: CERVERÓ, A. C. Lectura, alfabetización en información y biblioteca escolar. Gijón: Trea, 2007. p.163-188.

CUNHA, Miriam Vieira da; CRIVELLARI, Helena Maria Tarchi. O mundo do trabalho na sociedade do conhecimento e os paradoxos das profissões da informação. In: VALENTIM, M. L. P. Atuação do profissional na área de informação. São Paulo: Polis, 2004. p.39-54.

DUDZIAK, Elisabeth Adriana. A information literacy e o papel educacional das bibliotecas. 2007. 175 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007.

ELY, Neiva Helena. Dimensões da biblioteca escolar no ensino fundamental. Revista ACB, Santa Catarina, v. 8, n. 1, 2003. p. 46-53. Disponível em: <http://revista.acbsc.org.br/index.php/racb/article/view/405/510>. Acesso em: 10 maio, 2015.

FARIA, Sueli. et. al. Competências do profissional da informação: uma reflexão a partir da Classificação Brasileira de Ocupações. Ciência da Informação, Brasília, v. 34, n. 2, p. 26-33, 2005.

FARIAS, Christianne Martins; CUNHA, Miriam Vieira da. O bibliotecário escolar e suas competências. Inf. & Soc.: Est., João Pessoa, v. 19, n. 1, p. 29-35, jan./abr. 2009.

FERRAREZI, L Ludmila. A biblioteca escolar nas teias do discurso eletrônico. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2010.

FRAGOSO, Graça Maria. Biblioteca escolar - profissão e cidadania. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v.7, n.1/2, p. 240-250, 2002. http://revista.acbsc.org.br/index.php/racb/article/view/381/463>. Acesso em: 12 jan. 2015.

FUENTES ROMERO, Juan José. La biblioteca escolar. Madrid: Arco/Libros, 2006.

FURTADO, Cassia. A biblioteca escolar brasileira no sistema educacional da sociedade da informação. In: SEMINÁRIO BIBLIOTECA ESCOLAR: ESPAÇO DE AÇÃO PEDAGÓGICA, 3., 2004, Belo Horizonte. Anais... Belo Horizonte: Escola de Biblioteconomia da Universidade Federal de Minas Gerais, 2004. Disponível em: <http://www.eci.ufmg.br/gebe/? Semin%E1rios: III_Semin%E1rio_Biblioteca_Escolar>. Acesso em: 21 jan. 2015.

GIL, António Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 1999.

INTERNATIONAL A. S. L. Declaração política da IASL sobre bibliotecas escolares. 1993. Disponível em: <http://www.oei.es/pdfs/rbe5.pdf>. Acesso em: 10 abr. 2015.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Técnicas de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2006.

MAROTO, Luciana Helena. Biblioteca escolar, eis a questão!: do espaço do castigo ao centro do fazer educativo. Belo Horizonte: Autêntica, 2012.

MARZAL, Miguel-Angel; CUEVAS CERVERÓ, Aurora. Biblioteca escolar para la sociedad del conocimiento en España. Ciência da Informação, v. 36, n.1, 2007. Disponível em: <http://revista.ibict.br/ciinf/index.php/ciinf/article/view/909/706>. Acesso em: 12 fev. 2015.

MILANESI, Luís. Biblioteca. Cotia: Ateliê Editorial, 2002.

MORAES, Fabiano; VALADARES, Eduardo. ; AMORIM, Marcela Mendonça. Alfabetizar letrando na biblioteca escolar. São Paulo: Cortez, 2013.

OLIVEIRA, Maria da Conceição Ferreira de. A função da biblioteca escolar. Cadernos do CED, v.4, n.10, 1987. p. 81-86.

PERRENOUD, Philippe. Desenvolver competências ou ensinar saberes? A escola que prepara a vida. Porto Alegre: Penso, 2013.

PERROTTI, Edmir. Biblioteca não é depósito de livros. Nova escola, n. 193, 2006. Disponível em: <http://revistaescola.abril.com.br/lingua-portuguesa/pratica-pedagogica/biblioteca-nao-deposito-livros-423601.shtml>. Acesso em: 9 abr. 2015.

QUEIROZ, Solange Palhano. Information literacy: uma proposição expressiva para a biblioteca escolar. In: SILVA, R. J.; BORTOLIN, S. (Org.). Fazeres cotidianos na biblioteca escolar. São Paulo: Polis, 2006. p. 21-32.

RASTELI, Alessandro; CAVALCANTE, Lidia Eugênia. A Competência em informação e o bibliotecário mediador da leitura em biblioteca pública. Encontros Bibli: Revista Eletrônica de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Florianópolis, v.18, n. 36, p. 157-180, 2013. Disponível em: <https://periodicos.ufsc.br/index.phb/eb/article/view/1518-2924.2013v18n36p157>. Acesso em: 24 jan. 2015.

RIGOLETO, Ana Paula Cardoso; DI GIORGI, Cristiano Amaral Garboggini. Outros parceiros na biblioteca escolar: democratização e incentivo à leitura. In: SOUZA, R. J. (Org.). Biblioteca escolar e práticas educativas. Campinas: Mercado de Letras, 2009. p. 219- 237.

SILVA, Lilian Lopes Martin; FERREIRA, Norma Sandra de Almeida; SCORSI, Rosalia de Angelo. Formar leitores: desafios da sala de aula e da biblioteca escolar. In: SOUZA, R. J. (Org.). Biblioteca escolar e práticas educativas. Campinas: Mercado de Letras, 2009. p. 49-67.

SOUTO, S. M. O. O profissional da informação frente às tecnologias do novo milênio e às exigências do mundo do trabalho. Salvador: Cinform, 2003. Disponível em: <http://www.cinform-anteriores.ufba.br/iv_anais/frames.html>. Acesso em: 22 jan. 2015.

STUMPF, Ida Regina Chitto. Funções da biblioteca escolar. Cadernos do CED, v .4, n. 10, 1987 p. 67-80.

TARGINO, Maria das Graças. Quem é o profissional da informação? Transinformação, Campinas, v. 12, n. 2, p. 61-69, 2000.

WALTER, Maria Tereza Machado Teles; BAPTISTA, Sofia Galvão. Formação profissional do bibliotecário. Encontros Bibli: Revista Eletrônica de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Florianópolis, v. 13, n. 25, p. 84-103, 2008.

Publicado
2016-05-31
Como Citar
Castro Filho, C. M. de. (2016). As competências, os perfis e os aspectos sociais do bibliotecário na educação. RDBCI: Revista Digital De Biblioteconomia E Ciência Da Informação, 14(2), 247-261. https://doi.org/10.20396/rdbci.v14i2.8643650