O profissional da informação e a dramaturgia infantil: estudo sobre a produção científica em periódicos da ciência da informação entre 2000 e 2011

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/rdbci.v15i2.8645327

Palavras-chave:

Profissional da informação. Bibliotecário. Teatro. Artes. Literatura infantil. Ficção.

Resumo

Trata da produção científica em periódicos sobre a atuação do profissional da informação na dramaturgia infantil no período compreendido entre 2000 e 2011. A Ciência da Informação é uma ciência social. Como tal, deve voltar-se para a sociedade (mundo dos homens) e aplicar todas as formas de conhecimento (entre eles o artístico).  Esse artigo tem como objetivo investigar, por meio da produção bibliográfica na área de Ciência da Informação, o envolvimento dos bibliotecários em especial e dos profissionais da informação com a dramaturgia infantil. A pesquisa foi exploratória, qualitativa, com o uso da analise bibliográfica como técnica para a coleta de dados. O pequeno número de artigos encontrados indica que o profissional da informação necessita às vezes extrapolar os limites da técnica e adentrar no terreno da arte, da expressividade. Há que mesclar ações profissionais/científicas com ações profissionais/artísticas. Lembra-se que a arte sempre foi precursora da ciência, da técnica e da tecnologia. Concluiu-se: os profissionais da informação precisam estar cientes do impacto da dramaturgia no imaginário infantil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Clarice Fortkamp Caldin, Universidade Federal de Santa Catarina

Possui Graduação em Biblioteconomia pela Universidade do Estado de Santa Catarina (1992), Especialização em Organização e Administração de Arquivos pela Universidade Federal de Santa Catarina (1996), Mestrado em Literatura pela Universidade Federal de Santa Catarina (2001) e Doutorado em Literatura pela Universidade Federal de Santa Catarina (2009). Atualmente é professor adjunto IV, da Universidade Federal de Santa Catarina. Professora e Subcoordenadora do Programa de Pós-Graduação Em Ciência da Informação da UFSC.

Deyse Soares, Universidade Federal de Santa Catarina

Bacharel em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Santa Catarina. Graduanda em Arquivologia pela Universidade Federal de Santa Catarina.

Referências

ARAÚJO, Eliany Alvarenga; DIAS, Guilherme Atayde. A atuação profissional do bibliotecário no contexto da sociedade de informação: os novos espaços de informação. In: Oliveira, Marlene de (Coord.) Ciência da Informação e Biblioteconomia: novos conteúdos e espaços de atuação. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2005. p.111-122.

ARCOVERDE, Silmara Lídia Moraes. A importância do teatro na formação da criança. 2008. Disponível em: http://www.pucpr.br/eventos/educere2008/anais/pdf/629.pdf Acesso em: 15 jan. 2015.

ARISTÓTELES. Arte poética: texto integral. Tradução de Pietro Nassetti. São Paulo: Martin Claret, 2006.

CANDIDO, Antonio. Literatura, espelho da América? Luso-brasilian Review, Madison, v. 32, p. 15-22, 1995.

CUNHA, Murilo Bastos da. A biblioteca do bibliotecário. 2010. Disponível em: http://www.ofaj.com.br/colunas conteudo.php?cod=553. Acesso em: 16 fev. 2015.

FARIAS, Christianne Martins; VITORINO, Elizete Vieira. Competência informacional e dimensões da competência do bibliotecário no contexto escolar. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 14, n.2, p. 2-16, maio/ago. 2009. Disponível em: http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/index. Acesso em: 20 mar. 2015.

FERREIRA, Taís. A escola no teatro e o teatro na escola. 2. ed. Porto Alegre: Mediação, 2010.

GIRALDO GIRALDO, Yicel Nayrobis; ROMÁN BETANCUR, Gloria Elena. La biblioteca pública como mediadora em la construcción de la cidadania. Em Questão, Porto Alegre, v. 17, n. 1, p., 211-230, jan./jun. 2011.

GRAZIOLI, Fabiano Tadeu. Teatro de se ler: o texto teatral e a formação do leitor. Passo Fundo: Ed. Universidade de Passo Fundo, 2007.

MARTINS, Maritza Silveira; CIPOLAT, Sabrina. O bibliotecário como agente socializador na disseminação da informação sobre meio ambiente: relato de experiência. Biblos, Rio Grande, v. 18, p. 179-187, 2006.

MARTINS, Ronaldo. O retrato da Ciência da Informação: uma análise de seus fundamentos sociais. Encontros Bibli: R. Eletr. Ci. Inf., Florianópolis, n. 23, 1º. Sem. 2007, p. 133-150. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/1518-2924.2007v12n23p133/400 Acesso em: 06 fev. 2015.

MENDES, Miriam Garcia. A dança. 2. ed. São Paulo: Ática, 2001.

SARACEVIC, Tefko. Ciência da informação: origem, evolução e relações. Perspec. Ci. Inf., Belo Horizonte, v. 1, n.1, p. 41-62, jan./jun. 1996.

SILVA, Vera Lucia Potthoff da. Jogos teatrais. Revista do Professor, Porto Alegre, v. 23, n, 90, p. 12-13, abr./jun. 2007.

SIQUEIRA, Denise da Costa de Oliveira; ALVES, Roberta de Souza Arcoverde. Corpos, utopias: dança e teatro como alternativas de comunicação e cidadania. Em Questão, Porto Alegre, v. 14, n.1, p. 63-77, jan./jun.2008.

SUNDERLAND, Margot. O valor terapêutico de contar histórias: para as crianças, pelas crianças. Tradução de Carlos Augusto Leuba Salum; Ana Lúcia da Rocha Franco. São Paulo: Cultrix, 2005.

VALENTIM, Marta Lígia Pomim. Formação: competências e habilidades do profissional da informação. In:_____.(Coord.). Formação do profissional da informação. São Paulo: Polis, 2002. p.117-132.

Publicado

2017-04-03

Como Citar

CALDIN, C. F.; SOARES, D. O profissional da informação e a dramaturgia infantil: estudo sobre a produção científica em periódicos da ciência da informação entre 2000 e 2011. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, SP, v. 15, n. 2, p. 308–323, 2017. DOI: 10.20396/rdbci.v15i2.8645327. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/8645327. Acesso em: 28 nov. 2021.