Ética profissional, deontologia e sindicalismo na biblioteconomia brasileira

Palavras-chave: Ética profissional. Deontologia. Movimento sindical. Sindicalismo na Biblioteconomia.

Resumo

Tem como objetivo abordar a relação entre ética profissional, deontologia e organização sindical na Biblioteconomia brasileira. Na metodologia utiliza como coleta de dados a pesquisa bibliográfica e documental. Apresenta conceitos referentes à ética como ciência e de sua importância no âmbito das profissões. Relaciona ética e deontologia, entendendo esta como ciência do dever, responsável de averiguar como surgem e se sustentam as normas orientadoras das classes de profissionais. Evoca elementos históricos do movimento sindical na Inglaterra, sua chegada ao Brasil e início da sindicalização dos bibliotecários brasileiros. Como resultado, destaca a necessidade de ampliar os debates em torno da ética profissional e do amadurecimento da consciência de classe dos bibliotecários, o que poderá repercutir em ações coletivas de maior visibilidade junto à sociedade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Jessé Albino Santana, Universidade Federal do Ceará
Bacharel em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Ceará (UFC).
Jefferson Veras Nunes, Universidade Federal do Ceará
Professor do Departamento de Ciências da Informação da Universidade Federal do Ceará (UFC). Doutor em Ciência da Informação pela Universidade Estadual Paulista (UNESP).

Referências

ABBAGNANO, Nicola. Dicionário de filosofia. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

ANTUNES, Ricardo. O que é sindicalismo? São Paulo: Abril Cultural; Brasiliense, 1985.

ANDRADE, Zilda Aparecida Freitas de. Gestão da ética nas organizações: possibilidades aos profissionais de relações públicas e comunicação organizacional. 2010. 235 f. Tese (Doutorado em Ciências da Comunicação) – Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação, Escola de Comunicação e Artes, Universidade de São Paulo, Londrina, 2010. Disponível em:http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27154/tde-01122010-094556/pt-br.php. Acesso em: 22 jun. 2016.

ARANALDE, Michel Maya. A questão ética na atuação do profissional bibliotecário. Em Questão, Porto Alegre, v. 11, n. 2, p. 337-368, jul./dez. 2005. Disponível em: http://seer.ufrgs.br/index.php/EmQuestao/article/view/124. Acesso em: 25 jul. 2016.

ARICÓ, Carlos Roberto. Arqueologia da ética. São Paulo: Ícone, 2001.

BAPTISTA, Isabel Maria Carvalho. Ética, moral e deontologia. Cadernos do CCAP, Lisboa, n. 3, p. 5-16, jul. 2011. Disponível em: http://www.ccap.min-edu.pt/docs/Caderno_CCAP_3-Etica.pdf. Acesso em: 20 maio 2015.

BOTTENTUIT, Aldinar Martins; OLIVEIRA, Maria Odaisa Espinheiro de; FERREIRA, Mary. Abordagens da ética nos cursos de Biblioteconomia e campos afins das instituições de ensino superior brasileiras. In: GOMES, Henriette Ferreira; BOTTENTUIT, Aldinar Martins; OLIVEIRA, Maria Odaisa Espinheiro de (Orgs). A ética na sociedade, na área da informação e da atuação profissional: o olhar da Filosofia, da Sociologia, da Ciência da Informação e da formação e do exercício profissional do bibliotecário no Brasil. Brasília, DF: Conselho Federal de Biblioteconomia, 2009. Disponível em: http://www.cfb.org.br/wp-content/uploads/2017/01/ a_etica.pdf. Acesso em: 04 fev. 2017.

BRASIL. Decreto nº 979, de 06 de janeiro de 1903. Faculta aos profissionais da agricultura e indústrias rurais a organização de sindicatos para defesa de seus interesses. Coleção de leis do Brasil de 1903, Rio de Janeiro, v. 1, p. 17, jan. 1903. Disponível em:

http://legislacao.planalto.gov.br/legisla/legislacao.nsf/Viw_Identificacao/DPL%20979-1903?OpenDocument. Acesso em: 20 dez. 2015.

BRASIL. Decreto nº 1.313, de 17 de janeiro de 1891. Estabelece providências para regularizar o trabalho dos menores empregados nas fábricas da Capital Federal. Coleção de leis do Brasil de 1891, Rio de Janeiro, v. 4 , p. 326, jan. 1891. Disponível em:http://www2.camara.leg.br/legin/fed/ decret/1824-1899/decreto-1313-17-janeiro-1891-498588-publicacaooriginal-1-pe.html. Acesso em: 18 set. 2015.

BRASIL. Decreto-lei, nº 1402, de 5 de julho de 1939. Regula a associação em sindicato. 1939. Disponível em:https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/Del1402.html. Acesso em: 25 out. 2016.

BRASIL. Senado Federal. Secretaria de Informação Legislativa. Decreto nº 1637, de 5 de janeiro de 1907. Cria os sindicatos profissionais e sociedades cooperativas. Rio de Janeiro, jan. 1907. Disponível em: http://legis.senado.gov.br/legislacao/ListaTextoIntegral. action?id=39601&norma=55323. Acesso em: 20 jan. 2016.

CANÊDO, Letícia Bicalho. A classe operária vai ao sindicato. São Paulo: Contexto, 1997.

CASTRO, César. História da Biblioteconomia brasileira. Brasília, DF: Thesaurus, 2000.

CHAUI, Marilena. Convite à filosofia. São Paulo: Ática, 2000.

CONSELHO FEDERAL DE BIBLIOTECONOMIA. Resolução nº 153, de 06 de março de 1976. Dispõe sobre o ensino de ética bibliotecária. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 2 de abr. 1976. Seção I, p. 1407.

CONSELHO FEDERAL DE BIBLIOTECONOMIA. Resolução n.º 42 de 11 de janeiro de 2002. Dispõe sobre Código de Ética do Conselho Federal de Biblioteconomia. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 14 de jan. 2002. Seção I, p. 64.

CORTÊ et al. (Org.). Bibliotecário: 50 anos de regulamentação da profissão no Brasil - 1965-2015. Brasília, DF: Conselho Federal de Biblioteconomia, 2015.

FERREIRA, Rita Gonçalves Portella. O fundamento ético de uma consciência bibliotecária. Infociência, São Luís, v. 4, p. 9-20, 2004. Disponível em: http://www.brapci.ufpr.br/brapci /index.php/article/download/16286. Acesso em: 20 out. 2016.

MADEIRA, Paulo Jorge. Ética e deontologia: uma aplicada a profissionais de gestão e contabilidade. Jornal do técnico de contas e da empresa, Lisboa, ano 36, n. 453, p. 211-219, jul. 2003. Disponível em: http://hdl.handle.net/10400.11/963. Acesso em: 06 ago. 2016.

MARTORANO, Maria Angélica Carneiro. Sindicalismo na profissão do bibliotecário. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, v. 17, n. 1, 79-92, jan./jul. 1984. Disponível em: http://basessibi.c3sl.ufpr.br/brapci/index.php/article/download/18328. Acesso em: 02 fev. 2015

MORAES, Marielle Barros de; SILVA, Jonathas Luiz Carvalho; SILVA NETO, Casemiro. Um pouco do sindicalismo brasileiro e a organização sindical do bibliotecário. Universidade e Sociedade, Brasília, DF, ano XVIII, n. 43, p. 47-60, jan. 2009. Disponível em: http://www.andes.org.br/imprensa/publicacoes/imp-pub-68133461.pdf. Acesso em: 15 set. 2016.

PIZARRO, Daniella Camara. Ética profissional do bibliotecário atuante no segmento empresarial em Santa Catarina. 2010. 213 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2010. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/94528. Acesso em: 25 de mar. 2016.

RASCHE, Francisca. Ética e deontologia: o papel das associações profissionais. Rev. ACB., Santa Catarina, v. 10, n. 2, p. 175-188, jan./dez. 2005a. Disponível em: https://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/426/540. Acesso em: 29 mar. 2016

RASCHE, Francisca. Questões éticas para bibliotecários. Encontros Bibli: Revista Eletrônica de Bibliotecononomia e Ciência da Informação, Florianópolis, n. 19, p. 21-33, jan./jun. 2005b. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index. php/eb/article/view/1518-2924.2005v10n19p21/5498. Acesso em: 22 jun. 2016.

RASCHE, Francisca. Reflexões em torno da ética no exercício profissional em bibliotecas pública. In: SOUZA, Francisco das Chagas de; SILVA, Ana Claúdia Perpétuo de Oliveira da (Orgs). Práticas éticas em bibliotecas e serviços de informação: investigações brasileiras. Rio de Janeiro: Interciência, 2014.

RIOS, Terezinha Azerêdo. A presença da filosofia e da ética no contexto profissional. Revista Organicom, São Paulo, v. 5, n. 8, jan/jun. 2008. Disponível em: http://revistaorganicom.org.br/sistema/index.php/organicom/article/view/145/245. Acesso em: 01 jun. 2016.

SÁ, Antônio Lopes de. Ética profissional. São Paulo: Atlas, 1998.

SÁNCHEZ VÁSQUEZ, Adolfo. Ética. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1993.

SILVA, Jonathas Luiz Carvalho. A tríade identidade, ética e informação na Biblioteconomia brasileira: análise sobre o código de ética do bibliotecário. Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação; Campinas, v.7, n. 2, p. 76-101, jan./jun. 2010. Disponível em:http://www.sbu.unicamp.br/seer/ojs/index.php/rbci/article/view/446/304. Acesso 29 nov. 2014.

SILVA, Jonathas Luiz Carvalho. Uma análise sobre a identidade da Biblioteconomia: perspectivas históricas e objeto de estudo. Recife: Do Autor, 2012.

SINDICATO DOS BIBLIOTECÁRIOS DO ESTADO DO PARANÁ. Histórico. Curitiba: SINDIB-PR, 2009. Disponível em:http://www.sindib.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.phpconteudo=1. Acesso em: 15 jun. 2015.

SINDICATO DOS BIBLIOTECÁRIOS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Histórico. Rio de Janeiro: SINDIB-RJ, 2012. Disponível em: http://www.sindibrj.org.br/index.php/2012-10-26-00-38-31/historico. Acesso em: 15 jun. 2015.

SINDICATO DOS BIBLIOTECÁRIOS NO ESTADO DE SÃO PAULO. Histórico. São Paulo: SINBIESP, 2014. Disponível em: http://www.sinbiesp.org.br/index.php/sinbiesp/historico. Acesso em: 15 jun. 2015.

SOUZA FILHO, Oscar d’Alva e. Ética individual e ética profissional: princípios da razão feliz. Fortaleza: ABC Editora, 2004.

SOUZA, Francisco das Chagas de; STUMPF, Katiusa. Ética na ciência da informação e Biblioteconomia brasileiras: sua discussão em periódicos e anais de eventos. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 10., 2009, João Pessoa. Anais... João Pessoa: ANCIB, 2009. Disponível em: http://enancib.ibict.br/index.php/enancib/xenancib/paper/viewFile/3280/2406. Acesso em: 11 set. 2016.

SOUZA, Francisco das Chagas de. Dos deveres profissionais ou a deontologia. In: GOMES, Henriette Ferreira; BOTTENTUIT, Aldinar Martins; OLIVEIRA, Maria Odaisa Espinheiro de (Orgs). A ética na sociedade, na área da informação e da atuação profissional: o olhar da Filosofia, da Sociologia, da Ciência da Informação e da formação e do exercício profissional do bibliotecário no Brasil. Brasília, DF: Conselho Federal de Biblioteconomia, 2009. Disponível em:http://www.cfb.org.br/wp-content/uploads/2017/01/a_etica.pdf. Acesso em: 04 fev. 2016.

SOUZA, Francisco das Chagas de. Ética e deontologia: textos para profissionais atuantes em bibliotecas. Florianópolis: UFSC; UNIVALI, 2002.

SOUZA, Francisco das Chagas de. O discurso sobre a ética e a deontologia profissional nos eventos brasileiros de Ciência da Informação e Biblioteconomia, realizados entre 1991 a 2005. 2010. Relatório de pesquisa. Disponível em: http://eprints.rclis.org/19806/1/Relat%C3%B3rio_Projeto_2007-2009-a.pdf. Acesso em: 05 set. 2016.

SOUZA, Francisco das Chagas de. Valor e sentido do Código de Ética do CFB (Conselho Federal de Biblioteconomia) [CE-CFB] para o bibliotecário brasileiro atuante em biblioteca universitária. 2013. Relatório de pesquisa no pós-doutorado. Disponível em: http://eprints.rclis.org/18817/. Acesso em: 11 ago. 2016.

SPUDEIT, Daniela Fernanda Assis Oliveira; FÜHR, Fabiane. Sindicatos de bibliotecários: história e atuação. Transinformação. v. 23, n. 3, p. 235-249, set./dez. 2011. Disponível em: http://www.brapci.ufpr.br/brapci/index.php/article/download/19743. Acesso em: 15 ago. 2015.

TELLES, Jover. O movimento sindical no Brasil. São Paulo: Ed. Ciências Humanas, 1981.

TUGENDHAT, Ernest. Lições sobre ética. Petrópolis: Vozes, 1996.

Publicado
2017-09-28
Como Citar
Santana, J. A., & Nunes, J. V. (2017). Ética profissional, deontologia e sindicalismo na biblioteconomia brasileira. RDBCI: Revista Digital De Biblioteconomia E Ciência Da Informação, 16(1), 56-77. https://doi.org/10.20396/rdbci.v16i1.8649700