Conexão entre competência em informação e as disciplinas fontes de informação e serviço de referência

um mapa conceitual

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/rdbci.v16i2.8649760

Palavras-chave:

Competência em informação, Formação do bibliotecário, Fontes de informação, Serviço de referência, Planos de ensino

Resumo

Análise das possibilidades teóricas e práticas da aplicação de modelos de competência em informação nas disciplinas de Fontes de Informação e Serviço de Referência, com base em seus planos de ensino. Pesquisa documental, tendo sido realizada análise comparativa entre a literatura sobre o tema e os planos de ensino das disciplinas de Fontes de Informação e Serviço de Referência oferecidas no curso de graduação em Biblioteconomia da Universidade do estado de Santa Catarina. Os resultados da análise documental apontam para uma estreita relação entre as disciplinas e o modelo de competência em informação escolhido como base teórica em especial com a disciplina de Fontes de Informação. Sua aplicação oportuniza um aprendizado capaz de levar o future bibliotecário a atuar como mediador no processo de desenvolvimento de habilidades para a busca, acesso, assimilação da informação a fim de solucionar problemas e de construir um ambiente de geração e transmissão de conhecimentos junto à comunidade de sua unidade de informação . Apresenta ao final um mapa conceitual desenvolvido a partir da pesquisa bibliográfica e documental.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Elisa Cristina Delfini Correa, Universidade do Estado de Santa Catarina

Docente do Departamento de Biblioteconomia e Gestão da Informação - FAED/UDESC

Elaine Rosangela de Oliveira Lucas, Universidade do Estado de Santa Catarina

Docente do curso de Biblioteconomia da FAED/UDESC

Viviane Formighieri Muller, Universidade do Estado de Santa Catarina

Bacharel em Biblioteconomia.

Referências

ALVES, F.M.M., ALCARÁ, A.R. Modelos e experiências de competência em informação em contexto universitário. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, v. 19, n.41, p. 83-104, set./dez., 2014. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/1518-2924.2014v19n41p83/28291 Acesso em: 02 dez. 2016.

BASSETO, C.L. Redes de conhecimento: espaço de competência em informação nas organizações contemporâneas. Bauru, SP: Idea, 2013.

BERNHARDT, P. La formación en el uso de la información: una ventaja en la enseñanza superior. Situación actual. Anales de Documentación, n.5, p.409-435, ene. 2002. Disponível em: revistas.um.es/analesdoc/article/download/2271/2261 Acesso em: 21 jun. 2016

BELLUZZO, R.C.B. A information literacy como competência necessária à fluência científica e tecnológica na sociedade da informação: uma questão de educação. In: SIMPÓSIO DE ENGENHARIA DA PRODUÇÃO DA UNESP, 7., 2001. Anais. São Paulo: UNESP, 2001. Disponível em: http://www.simpep.feb.unesp.br/ana8.html Acesso em 02 dez 2016

BRUCE, C. (1997) Seven faces of information literacy in higher education. Brisbane: QUT, [1997]. Disponível em: http://sky.scitech.qut.edu.au/~bruce/inflit/faces/faces1.htm Acesso em: 20 jun. 2016.

CAMPELLO, B. dos S., ABREU, V.L.F.G. Competência informacional e formação do bibliotecário. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v.10 n.2, p. 178-193,jul./dez. 2005. Disponível em: http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/view/2/150 Acesso em: 02 dez. 2016.

CAMPELLO, B. O movimento da competência informacional: uma perspectiva para o letramento informacional. Ciência da Informação, Brasília, v.32, n. 3, p.28-37, set./dez.2003. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0100-19652003000300004&lng=pt&tlng=pt Acesso em: 02 dez. 2016.

DUDZIAK, Elisabeth Adriana. Information literacy: princípios, filosofia e prática. Ciência da Informação, Brasília, v.32, n.1, p. 23-35, jan./abr. 2003. Disponível em: http://eprints.rclis.org/6737/ Acesso em: 02 dez. 2016.

FARIAS, C. M., VITORINO, E. V. Competência informacional e dimensões da competência do bibliotecário no contexto escolar. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 14, n. 2, p. 2-16, maio/ago. 2009. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/pci/v14n2/v14n2a02.pdf Acesso em: 02 dez. 2016.

GOMES, Henriette Ferreira; PRUDÊNCIO, Deise Sueira; CONCEIÇÃO, Adriana Vasconcelos da. A mediação da informação pelas bibliotecas universitárias: um mapeamento sobre o uso de dispositivos de comunicação na web. Informação & Sociedade: Estudos, João Pessoa, v.20, n.3, p.145-156, set./ dez. 2010. Disponível em: http://www.ies.ufpb.br/ojs/index.php/ies/article/view/9047 Acesso em: 02 dez. 2016

HATSCHBACH, M.H. de L.; OLINTO, G. Competência em informação: caminhos percorridos e novas trilhas. São Paulo, Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, Nova Série, v.4, n.1, p. 20-34, jan./jun. 2008. Disponível em: https://rbbd.febab.org.br/rbbd/article/view/64/78 Acesso em: 21 jun. 2016.

KUHLTHAU, C. C. Seeking meaning: a process approach to library and information services. Norwood, N.J.: Ablex, 1996.

MATA, M. L. da. A competência informacional de graduandos de Biblioteconomia da região sudeste: um enfoque nos processos de busca e uso ético da informação. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, 2009. Disponível em: https://www.marilia.unesp.br/Home/Pos-Graduacao/CienciadaInformacao/Dissertacoes/mata_ml_me_mar.pdf Acesso em: 02 mai. 2017

MATA, M. L. da. A inserção da Competência Informacional nos currículos dos cursos de Biblioteconomia no Brasil e nos cursos de Informação e Documentação na Espanha. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, 2014. Disponível em: https://www.marilia.unesp.br/Home/Pos-Graduacao/CienciadaInformacao/Dissertacoes/mata_ml_do_mar.pdf Acesso em: 19 jun.2017.

MINDMAPLE. http://www.mindmaple.com/Default.aspx

NASCIMENTO, L. dos S.; BERAQUET, V.S.M. A competência informacional e a graduação em Biblioteconomia na Puc-Campinas: uma análise de 2008. Belo Horizonte, Perspectivas em Ciência da Informação, v.14, n.3, p.2-19, set./dez. 2009. Disponível em: http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/view/895 Acesso em 21 jun. 2016.

POSSOBON, K.R. et al. Alfabetização informacional: um estudo do nível de competências dos calouros do curso de Biblioteconomia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE BIBLIOTECONOMIA, DOCUMENTAÇÃO E CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 21, Curitiba, 2005. Anais... Curitiba: FEBAB, 2005. Disponível em: http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/10288 Acesso em: 02 dez. 2016.

PRODANOV, Cleber Cristiano; FREITAS, Ernani Cesar de. Metodologia do trabalho científico: Métodos e Técnicas da Pesquisa e do Trabalho Acadêmico. 2. ed. Novo Hamburgo: Feevale, 2013. 277 p. Disponível em: https://www.feevale.br/cultura/editora-feevale/metodologia-do-trabalho-cientifico---2-edicao. Acesso em: 27 jun. 2016.

Publicado

2018-01-18

Como Citar

CORREA, E. C. D.; LUCAS, E. R. de O.; MULLER, V. F. Conexão entre competência em informação e as disciplinas fontes de informação e serviço de referência: um mapa conceitual. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, SP, v. 16, n. 2, p. 501-521, 2018. DOI: 10.20396/rdbci.v16i2.8649760. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/8649760. Acesso em: 26 nov. 2020.