A importância da gestão da informação como uma atividade do profissional da informação na área da saúde

panoramas bibliográficos

Palavras-chave: Gestão da informação, Atuação profissional, Tomada de decisão, Profissional da informação, Organizações de saúde.

Resumo

As mudanças e transformações nas diversas áreas do conhecimento vêm acontecendo de maneira evidente, exigindo do profissional da informação novas funções e atividades profissionais perante o mercado de trabalho. Dentre os campos de atuação, destaca-se a área da saúde como campo científico que necessita de subsídios informacionais para assistência em saúde e para o direcionamento da equipe clínica no diagnóstico dos pacientes e na tomada de decisões. Diante disso, o objetivo da pesquisa é abordar como a gestão da informação, considerada uma atividade essencial do profissional da informação, pode contribuir para as atividades e processos decisórios no contexto da área da saúde. Para isso, realizou-se uma revisão de literatura sobre os temas abordados, a fim de traçar discussões bibliográficas ao estudo. As discussões demonstram que, a partir do momento em que as organizações contemporâneas reconhecerem o valor da informação dentro do contexto organizacional, saírem da teoria e realmente aceitarem e aplicarem esses panoramas, a chamada sociedade da informação e do conhecimento poderá se desenvolver e dar mais um passo para sua evolução. Como considerações finais, justifica-se que o profissional da informação torna-se elemento fundamental na área da saúde, capaz de causar, por meio da inserção e manutenção da Gestão da Informação, melhorias internas nas atividades e tomadas de decisão das organizações de saúde, que também refletem no aumento da qualidade dos serviços prestados a comunidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Beatriz Rosa Pinheiro dos Santos, Universidade Estadual Paulista

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho".

Camila de Biaggi, Universidade Estadual Paulista

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho".

Ieda Pelógia Martins Damian, Universidade de São Paulo

Docente do curso de Pós-graduação em Ciências da Informação da Universidade Estadual Paulista. Doutora pela Universidade de São Paulo.

Referências

ANDALIA, Rubén Cañedo. Del bibliotecario clínico al informacionista: de la gerencia de la información a la gestión del conocimiento. ACIMED, Havana, v.10, n.3, p. 11-12, jun. 2002. Disponível em: http://scielo.sld.cu/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1024-94352002000300006&lng=es&nrm=iso. Acesso em: 05 ago. 2017.

ARRUDA, M. C. C.; MARTELETO, R. M.; SOUZA, D. B. Educação, trabalho e o delineamento de novos perfis profissionais: o bibliotecário em questão. Ciência da Informação, Brasília, v.29, n.3, p.14-24. 2000. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ci/v29n3/a02v29n3.pdf. Acesso em: 10 jul. 2017.

BANKS, Marcus.; COGDILL, Keith.; SELDEN, Catherine.; CAHN, Marjorie. Complementary competencies: public health and health sciences librarianship. Journal of the American Medical Association (JAMA), v.93, n.3, p.338-347, Jul. 2005. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC1175799/. Acesso em: 02 ago. 2017.

BARRETO, Aldo de Albuquerque. A condição da informação. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v.16, n.3, p.67-74, jul./set 2002. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-88392002000300010. Acesso em: 4 ago. 2017.

BARRETO, Angela Maria. O fator humano e o desenvolvimento de competências nas unidades de informação. Perspectiva em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v.10, n.2, p.132-139, jul./dez., 2005. Disponível em: http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/view/342/149. Acesso em: 6 ago. 2017.

BERAQUET, Vera Silvia Marião. et al. Delineando as competências do bibliotecário para atuar em saúde. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIENCIA DA INFORMACAO, 6., 2005, Florianópolis. Anais... Florianópolis: UFSC, 2005. 8p. 1 CD-ROM

BORGES, Fabrício Quadros. Gestão da informação no sistema único de saúde. Revista de Administração FACES Journal, Belo Horizonte, v.13, n.2, p.83-98, abr./jun. 2014. Disponível em: http://www.fumec.br/revistas/facesp/article/view/2021. Acesso em: 4 ago. 2017.

CÂNDIDO, C. A; VALENTIM, M. L; CONTANI, M. L. Gestão estratégica da informação: semiótica aplicada ao processo de tomada de decisão. Data Grama Zero: Revista de Ciência da Informação, Rio de Janeiro, v. 6, n. 3, jun. 2005. Disponível em: http://basessibi.c3sl.ufpr.br/brapci/index.php/article/view/0000003073/252e5794a34943c843fd4219154d1ec9 . Acesso em: 1 set. 2017.

CARVALHO, André Luis Bonifácio de. A gestão da informação em saúde e o município: um estudo sobre municípios que implantaram o Programa Saúde da Família e que estão integrados ao Projeto da Rede Estadual de Informação em Saúde REIS/RNIS-PB. 2004. Dissertação (Mestrado). Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2004.

CARVALHO, André Luis Bonifácio de. Informação em saúde como ferramenta estratégica para a qualificação da gestão e o fortalecimento do controle social no SUS. Tempus: Actas de Saúde Coletiva, v.3, n.3, p.16-30, jul./dez. 2009. Disponível em: http://www.tempusactas.unb.br/index.php/tempus/article/view/719/1553. Acesso em: 06 ago. 2017.

CAPURRO, Rafael. Epistemologia e Ciência da Informação. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 5. Belo Horizonte, 2003. Anais... Belo Horizonte, 2003. Disponível em: http://www.capurro.de/enancibp.htm. Acesso em: 06 ago. 2017.

CHAVES, Eduardo. Pilares da educação digital. Pilar 2: gerenciamento da informação (2013). Acesso em: 12 jul. 2017.

DAVENPORT, Thomas H.; PRUSAK, Laurence. Conhecimento empresarial: como as organizações gerenciam o seu capital intelectual. São Paulo: Campus, 1998.

DAVIDOFF, Frank.; FLORANCE, Valerie. The informationist: a new health profession? Annals of Internal Medicine, v.132, n.12 p.996-998, 2000. Disponível em: http://annals.org/aim/article/713553/informationist-new-health-profession. Acesso em: 03 jul. 2017.

DE BIAGGI, C. Perspectivas e tendências da atuação do bibliotecário na área da saúde, 2017. 125p. Trabalho de conclusão de curso (Bacharelado em Biblioteconomia) – Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Filosofia e Ciências, Marília, 2017.

FREIRE, Isa Maria. A responsabilidade social da Ciência da Informação e/ou olhar da consciência possível sobre o campo científico. 2001. Tese (Doutorado em Ciência da Informação). Convênio CNPq/IBICT – UFRJ/ECO, Rio de Janeiro, 2001.

LIPSCOMB, Carolyn E. Clinical librarianship (Historical notes). Bulletin of the Medical Library Association, v.88, n.4, p.393-395, Oct. 2000. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC35263/. Acesso em: 12 jul. 2017.

MARCHIORI, Patricia Zeni. A ciência da gestão de informação: compatibilidades no espaço profissional. Ciência da Informação, Brasília, v.31, n.2, p.72-79, maio./ago. 2002. Disponível em: http://revista.ibict.br/ciinf/article/view/962/999. Acesso em: 10 ago. 2017.

MORAES. Ilara Hammerli Sozzi de.; GÓMEZ, Maria Nélida González de. Informação e informática em saúde: caleidoscópio contemporâneo da saúde. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 12, n. 3, maio/jun. 2007. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000300002. Acesso em: 5 ago. 2017.

OLIVEIRA, Marlene.; BERTUCCI, Maria da Graça Eulálio de Souza. A pequena e média empresa e a gestão da informação. Informação & Sociedade: Estudos, João Pessoa, v.13, n.2, p.65-87, jul./dez. 2003. Disponível em: http://www.ies.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/article/view/91/1558. Acesso em: 4 ago. 2017.

OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças de. Sistemas de informações gerenciais: estratégicas, táticas e operacionais. 9. ed São Paulo: Atlas, 2004.

PINOCHET, Luis Hernan Contreras.; LOPES, Aline de Souza.; SILVA, Jheniffer Sanches. Inovações e tendências aplicadas nas tecnologias de comunicação e informação na gestão da saúde. Revista de Gestão em Sistemas de Saúde, v.3, n.2, jul./dez. 2014. Disponível em: http://www.revistargss.org.br/ojs/index.php/rgss/article/view/88/0. Acesso em: 3 ago. 2017.

PLUTCHAK, T Scott. Informationists and librarians. Bulletin of the Medical Library Association, Chicago, v. 88, n. 4, p.391-392, oct. 2000. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC35262/. Acesso em: 2 jul. 2017.

PONJUÁN DANTE, Gloria. Gestión de información: dimensiones e implementación para el êxito organizacional. Gijón: Trea, 2007.

SERAFIM, Sonia Aparecida Dias. Impacto da informatização na dispensação de medicamentos em um hospital universitário. 99 p. Dissertação (Mestrado em Saúde na Comunidade) – Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2005.

SIMEÃO, Elmira.; MENDONÇA, Valéria. Comunicação da informação em saúde no Brasil: aspectos de qualidade e desafios. In: Congresso Ibero-Americano de Comunicação da Informação em Saúde (CIACIS), I., 2007, Brasília. Anais... Brasília: [s.n], 2007. p. 85-93.

TABOSA, Hamilton Rodrigues.; PAES, Denyse Maria Borges.; FERREIRA, Ana Lúcia Duarte.; SOUZA, Maria Naires Alves de. A gestão da informação no programa saúde na escola em Fortaleza-CE: impasses e alternativas. RACIn, João Pessoa, v.1, n.1, p.30-49, jan./jun. 2013. Disponível em: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/12258. Acesso em: 4 ago. 2017.

VALENTIM, Marta Lígia Pomim. Equipes multidisciplinares na gestão da informação e conhecimento. In.: BAPTISTA, Sofia Galvão.; MULLER, Suzana Pinheiro Machado. (Org.). Profissional da informação: o espaço de trabalho. Brasília: Thesaurus, 2004.

VALENTIM, Marta Lígia Pomim. Gestão da informação e gestão do conhecimento em ambientes organizacionais: conceitos e compreensões. Tendências da Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação, v.1, n.1, 2008. Disponível em: http://inseer.ibict.br/ancib/index.php/tpbci/article/view/3/14. Acesso em: 2 ago. 2017.

Publicado
2019-01-31
Como Citar
Santos, B. R. P. dos, Biaggi, C. de, & Damian, I. P. M. (2019). A importância da gestão da informação como uma atividade do profissional da informação na área da saúde. RDBCI: Revista Digital De Biblioteconomia E Ciência Da Informação, 17, e019013. https://doi.org/10.20396/rdbci.v17i0.8650300