Da prática à produção do conhecimento: bibliotecas e biblioteconomia pré-científica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/rdbci.v16i3.8651364

Palavras-chave:

História da biblioteca. Biblioteconomia. Bibliotecário.

Resumo

A indissociável relação entre as bibliotecas e a Biblioteconomia conduz a uma reconstituição da história dessas instituições, começando pelo período mais remoto, a Antiguidade. Momento este de nascimento da escrita, dos primeiros registros do conhecimento, e, por conseguinte, dos primeiros acervos. Tanto neste momento, quanto no posterior, a Idade Média, as práticas no ambiente da biblioteca antecedem as teorias ou estruturas de pensamento sistematizadas. O desejo em custodiar e conservar é comum tanto nas bibliotecas da Antiguidade como nas bibliotecas da Idade Média, o que possibilita uma aproximação desses distintos momentos sob a designação de uma Biblioteconomia pré-científica. Para tanto, convoca-se a partir de uma pesquisa bibliográfica diversos autores que abordam a história da biblioteca, particularmente, vinculada aqueles dois momentos. Acredita-se que, perscrutar este largo período da história e da qual a Biblioteconomia faz parte, possibilitaria uma maior compreensão da mesma, bem como de suas práticas exercidas nas bibliotecas, em especial, na Antiguidade e na Idade Média.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Gabrielle Francinne Tanus, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Professora do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Doutora em Ciência da Informação pela UFMG.

Referências

BÁEZ, Fernando. História universal da destruição dos livros: das tábuas sumérias à guerra do Iraque. Rio de Janeiro: Ediouro, 2006.

BASTOS, Gustavo Grandini. Bibliotecas: uma reflexão história acerca da constituição dessas instituições. Disponível em: http://www.letras.ufscar.br/. Acesso em: 12 mar. 2015.

BATTLES, Matthew. A conturbada história das bibliotecas. São Paulo: Planeta do Brasil, 2003.

BELO, André. História & livro e leitura. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2002.

BURY, Ricado de. Philoobilon ou o amigo do livro. São Paulo: Atelie Editorial, 2007. Traduzido por Macelo Cid.

BURKE, Peter. Problemas causados por Gutenberg: a explosão da informação nos primórdios da Europa moderna. Estudos avançados, v. 44, n. 12, 2002.

CANFORA, Luciano. A biblioteca desaparecida: historias da biblioteca de Alexandria. São Paulo: Cia. das Letras, 1989.

CHAUI, Marilena. O museu e a biblioteca: as ciências na época helenística. In:______. Introdução à história da filosofia: as escolas helenísticas. São Paulo: Companhia das Letras, 2010. v.2.

EISENSTEIN, Elizabeth. A Revolução da cultura impressa. São Paulo: Ática, 1998.

FISCHER, Roger Steven. História da Leitura. São Paulo: Unesp, 2006.

FLOWER, Derek Adie. Biblioteca de Alexandria: as histórias da maior biblioteca da antigüidade. São Paulo: Nova Alexandria, 2002.

JACOB, Christian. O poder das bibliotecas: a memória dos livros no Ocidente. Rio de Janeiro: Ed. da UFRJ, 2002.

JEAN, Georges. A escrita: memória dos homens. Rio de Janeiro: Objetiva, 2008.

GOULEMOT, Jean Marie. O amor às bibliotecas. São Paulo: UNESP, 2011.

LINARES COLUMBIÉ, Radames. La Bibiotecología y sus orígenes. Ciencias de la información, v.35, n.3, diciembre, 2004.

MANGUEL, Alberto. A biblioteca à noite. São Paulo: Companhia das Letras, 2006.

MARTINS, Wilson. A palavra escrita: história do livro, da imprensa e da biblioteca. São Paulo: Ática, 2002.

ORTEGA, Cristina. Relações históricas entre Biblioteconomia, Documentação e Ciência da Informação. DataGramaZero - Revista de Ciência da Informação - v.5 n.5 out. 2004.

PEREIRA, Ana Maria; SANTOS, Plácida Leopoldina. Catalogação: breve histórico e contemporaneidade. Rio de Janeiro: Intertexto, 2014.

PETTINATO, Guiovanni. En los Orígenes de la Biblioteconomia y Documentación: Ebla. Documentación de las ciencias de la información, Madrid, n. 17, 1994.

PULIDO, Margarita Pérez; MORILLAS, José Luis Herrera. Teoria e nuevos escenarios de la Bibliotecología. Buenos Aires: Alfagrama, 2010.

REIMÃO, Sandra. Observações sobre a história do livro. 2004. Disponível em: http://escritoriodolivro.com.br/historias/sandra.html. Acesso em: 12 nov. 2014.

SERRAI, Alfredo. História da biblioteca como evolução de uma idéia e de um sistema. R. Escola de Biblioteconomia, UFMG, Belo Horizonte, v.4, n.2, p.141-161, 1975.

SILVA, Armando B. Malheiro da; RIBEIRO, Fernanda. Arquivística: teoria e prática de uma ciência da informação. Porto: Afrontamento, 1999.

SILVEIRA, Fabrício José Nascimento da. Biblioteca pública, identidade e enraizamento: elaborações intersubjetivas ancoradas em torno da Luiz de Bessa. 2014. 253f. Tese (doutorado) - Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Ciência da Informação.

TANUS, Gabrielle Francinne. Da prática à produção do conhecimento: bibliotecas na modernidade e biblioteconomia protocientífica. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, SP, v. 13, n. 3, p. 546-560, set. 2015.

TANUS, Gabrielle Francinne. A constituição da biblioteconomia científica: um olhar histórico. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, SP, v. 14, n. 2, p. 217-231, maio 2016.

VALCÁRCEL, José A. Rodríguez. Procurator Bibliothecae Augusti: los Bibliotecarios del emperador en los inicios de las Bibliotecas Públicas en Roma.Anales de Documentacion, n. 7, 2004.

VALENZUELA, Hortensia García. Una aportación teórica a la evolución del concepto, término y definición de Biblioteconomía. Revista General de Información y Documentación, v. 8, n.1, 1998.

VERGER, Jacques. Homens e saber na Idade Média. Bauru, SP: EDUSC, 1999.

Publicado

2018-06-04

Como Citar

TANUS, G. F. Da prática à produção do conhecimento: bibliotecas e biblioteconomia pré-científica. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, SP, v. 16, n. 3, p. 254–273, 2018. DOI: 10.20396/rdbci.v16i3.8651364. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/8651364. Acesso em: 29 nov. 2022.