O letramento e a organização da informação digital aliados ao aprendizado ao longo da vida

Sonia Boeres

Resumo


O letramento digital é fruto de pensamento crítico e busca potencializar os métodos de estudo pela tecnologia da informação. A questão de pesquisa aqui tratada é compreender como o letramento digital pode contribuir para o aprendizado ao longo da vida. O objetivo é traçar um paralelo entre o letramento e a informação digital e o aprendizado ao longo da vida. Como metodologia fez-se uma revisão de literatura, nacional e internacional, sobre o processo de ensino e aprendizagem, letramento informacional, digital e aprendizado ao longo da vida. Esta pesquisa é de natureza descritiva e base qualitativa. Os principais resultados observados foram que o letramento digital leva a variadas práticas de leitura e escrita por meio das tecnologias da informação. Estas trazem novas possibilidades para educadores e educandos, profissionais e usuários, transcendendo o simples ato de decodificar sinais ou pesquisar na Internet. Ser letrado digitalmente leva à compreensão de que a tecnologia da informação vai além de novas formas de acesso à informação, mas também a novos processos cognitivos e formas de conhecimento. Chegando-se a esse patamar, cabe o árduo e prazeroso trabalho de manter-se atualizado ao longo do tempo, por meio de um esforço pessoal, que envolvem cursos e treinamentos como fonte de aprendizagem e desenvolvimento de trabalho em conjunto com especialistas. Em suma, há que se manter atualizado, acompanhando a evolução tecnológica, e para tanto, ser destemido das tecnologias e do uso das mídias digitais.


Palavras-chave


Letramento digital. Organização informacional. Competência informacional. Pensamento crítico. Aprendizagem ao longo da vida. Tecnologia da informação.

Texto completo:

PORTUGUES INGLES XML

Referências


ABID, ADBELAZIZ. UNESCO: information literacy for lifelong learning. Paris: Information Society Division UNESCO, 2004. Report to CDNL 2004.

ASSOCIATION OF COLLEGE AND RESEARCH LIBRARY (EUA). Information literacy competency for higher education. Chicago: ALA, 2000.

AZEVEDO, Isabel Cristina Michelan de; GASQUE, Kelley Cristine Gonçalves Dias. Contribuições do letramento digital e informacional na emancipação humana. Disponível em: http://maristaonline.org.br/literacia/wp-content/uploads/2012/06/Contribuicoes-do-letramento-digital-e-informacional_Isabel-Azevedo-e-Kelley-Gasque.pdf . Acesso em 19 de abril de 2014.

BAWDEN, David. Origins and concepts of digital literacy. New York: Peter Lang, 2008. p. 17-32.

BARRETO, Aldo. Mediações digitais. DataGramaZero - Revista de Ciência da Informação - v.10 n.4 ago/09, ARTIGO 01, 2009.

BEHRENS, Marilda Aparecida. Projetos de aprendizagem colaborativa num paradigma emergente. IN: MORAN; MASETTO; BEHRENS. Novas tecnologias e mediação pedagógica. Campinas, SP. Papirus, 2000.

BELLUZZO, Regina Célia Baptista. Competências na era digital: desafios tangíveis para bibliotecários e educadores. ETD – Educação Temática Digital, v. 6, n. 2, p. 27-42, 2005.

BELLUZZO, Regina Célia Baptista. A information literacy como competência necessária à fluência científica e tecnológica na Sociedade da Informação: uma questão de educação. In: SIMPÓSIO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO DA UNESP, 7., 2001, Bauru. Anais eletrônicos... Bauru: UNESP, 2001. Disponível em:

http://www.simpep.feb.unesp.br/ anais8/ana8c.html#GI . Acesso em: 12 mar. 2012.

BORGES, Jussara; SILVA, Helena Pereira da. Informação e Mudança: estudo da efetividade dos programas de inclusão digital em Salvador-Bahia. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 28. 2005. Rio de Janeiro. Anais... São Paulo: Intercom, 2005. p. 01-15.

BRUCE, Christine. The seven faces of information literacy. Adelaide: Auslib, 1997. 203p.

CAMPELLO, Bernadete Santos. Letramento Informacional no Brasil: práticas educativas de bibliotecários em escolas de ensino básico. 2009. 208 f. Tese (Doutorado em Biblioteca Escolar) – Escola de Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2009.

CASTRO, Cosette. Campo público de televisão digital terrestre no Brasil - dificuldades e avanços. IN: Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação, XXV Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Fortaleza, CE – 3 a 7/9/2012.

COLL, Monereo. Psicologia da educação virtual: aprender e ensinar com as tecnologias da informação e da comunicação. Porto Alegre: Artimet, 2010.

DEWEY, John. Como pensamos: como se relaciona o pensamento reflexivo com o processo educativo, uma reexposição. 4.ed. São Paulo: Nacional, 1979.

DOYLE, Christina. Outcome measures for information literacy within the national education goals of 1990: final report of the National Forum on Information Literacy. Summary of findings. Washington, DC: US Department of Education, 1992. [ERIC document no; ED 351033]. Disponível em:http://www.ed.gov/databases/ERIC_Digests/ed372756.html. Acesso em: 9 novembro 2013.

DUDZIAK, Elisabeth Adriana. Information literacy: princípios, filosofia e prática. Ciência da Informação, v. 32, n. 1, p. 23-35, 2003.

GAMA, Ana Claudia Soares Cavalcante. Competência informacional: aprendizado individual ao longo da vida. 2013. 509 f., il. Tese (Doutorado em Ciência da Informação)–Universidade de Brasília, Brasília, 2013.

GASQUE, Kelley Cristine Gonçalves Dias. Arcabouço conceitual do letramento informacional. Ciência da Informação, Brasília, DF, v. 39 n. 3, p.83-92, set./dez., 2010.

GASQUE, Kelley Cristine Gonçalves Dias. O papel da experiência na aprendizagem: perspectivas na busca e no uso da informação. TransInformação, Campinas, 20(2): 149-158, maio/ago., 2008.

GASQUE, Kelley Cristine Gonçalves Dias; CUNHA, Marcus Vinícius da. A epistemologia de John Dewey e o letramento informacional. TransInformação, Campinas, 22(2):139-146, maio/ago., 2010.

GASQUE, Kelley Cristine Gonçalves Dias. Letramento informacional: pesquisa, reflexão e aprendizagem. Brasília: Universidade de Brasília, Faculdade de Ciência da Informação, 2012. 183 p. Disponível em: http://leunb.bce.unb.br/bitstream/handle/123456789/22/Letramento_Informacional.pdf?sequence=3.

GASQUE, Kelley Cristine Gonçalves Dias; TESCAROLO, Ricardo. Desafios para implementar o letramento informacional na educação básica. Educação em Revista. Belo Horizonte, v.26, n.01, p.41-56, abr. 2010.

GASQUE, Kelley Cristine Gonçalves Dias. Comportamento dos professores da educação básica na busca de informação para formação continuada. 2003. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Departamento de Ciência da Informação, Faculdade de Estudos Sociais Aplicados, Universidade de Brasília, Brasília.

GILSTER, Paul. Digital literacy. New York: Wiley Computer Publications, 1997.

LEITE, Josieli Almeida de Oliveira; BOTELHO, Laura Silveira. Letramentos múltiplos: uma nova perspectiva sobre as práticas sociais de leitura e de escrita. Revista Eletrônica da Faculdade Metodista Granbery. JAN/JUN 2011, n. 10, ISSN 1981 0377. Disponível em: http://re.granbery.edu.br/artigos/NDMx . Acesso em 7 de novembro de 2017.

LEVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo, Ed.34, 1999.

MEY, Jacob L. As vozes da sociedade: letramento, consciência e poder. Tradução de Maria da Glória de Morais. Tradução de: The voices of society: literacy, conscientiousness and power. DELTA, vol.14, n. 2, p. 331-338. 1998.

MOREIRA, Carla. Letramento digital: do conceito à prática. Anais do SIELP. Volume 2, Número 1. Uberlândia: EDUFU, 2012. ISSN 2237-8758.

NEVES, Barbara Coelho. Resenha de WARSCHAUER, Mark. Technology and social inclusion: rethinking the digital divide. Massachusetts: MIT Press, 2003. Ponto de Acesso, Salvador, v.2, n.2, p. 170-174, ago. /set. 2008. Disponível em: www.pontodeacesso.ici.ufba.br. Acesso em: 20 nov. 2013.

PORTO, Tania Maria Esperon. As tecnologias de comunicação e informação na escola; relações possíveis... relações construídas. Revista Brasileira de Educação, v. 11 n. 31 jan./abr. 2006. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-24782006000100005&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 16 ago. 2017.

PRENSKY, Marc. Nativos Digitais Imigrantes Digitais. On the Horizon. NCB University Press, Vol. 9 No. 5, Outubro 2001. Disponível em: http://www.colegiongeracao.com.br/novageracao/2_intencoes/nativos.pdf . Acesso em 7 de novembro de 2017.

RIBEIRO, Ana Elisa F. Ler na tela: novos suportes para velhas tecnologias. 2003. 112 f. Dissertação. (Mestrado em Estudos Linguísticos, Inter-relações entre linguagem, cultura e cognição). Faculdade de Letras, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2003. Anais do SIELP. Volume 2, Número 1. Uberlândia: EDUFU, 2012. ISSN 2237-8758 13.

RIBEIRO, Ana Elisa F. Navegar lendo, ler navegando. Notas sobre a leitura de jornais impressos e digitais. Belo Horizonte: InterDitado, 2009. (Coleção Indie)

ROBREDO, Jaime. Considerações prospectivas para as próximas décadas sobre a evolução da informação no Brasil: o perfil dos novos profissionais da informação. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, São Paulo, v.22, n.3/4, p.13-31, jul./dez. 1989.

ROCHA, Carolini da; AZEVEDO Lilieudi; PERES Karla.; ANDRADE Marceli Pereira; WEISS Suzete. Abordagens das revistas brasileiras de Ciência da Informação e Biblioteconomia a respeito do letramento informacional. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v. 13 n. 1 p. 145 158, jan/jun, 2008.

SOARES, Magda. Novas práticas de leitura e escrita: letramento na cibercultura. Educação e Sociedade: Campinas, vol.23, n.81, p.143-160, dez. 2002.

SOARES, Magda. Letramento: um tema em três gêneros. 2 ed. 11 reimpr. Belo Horizonte: Autêntica, 2006, 128p.

SIQUEIRA, Ethevaldo. Como viveremos: o futuro, na visão de 50 famosos cientistas e futurologistas do Brasil e do mundo. São Paulo: Saraiva, 2004.

SOUZA, Valeska Virgínia Soares. Letramento digital e formação de professores. Revista Língua Escrita, n. 2, p. 55-69, dez. 2007. http://www.ceale.fae.ufmg.br/app/webroot/files/uploads/revista%20lingua%20escrita/LinguaEscrita_2.pdf

TAPSCOTT, Don. Gera Digital. São Paulo, São Paulo: Macron Books, 1999.

XAVIER, Antonio Carlos dos Santos. Letramento digital e ensino. Online. 9p. Disponível em: http://www.ufpe.br/nehte/artigos/Letramento%20digital%20e%20ensino.pdf. Acessado em 25 de novembro de 2013.




DOI: https://doi.org/10.20396/rdbci.v16i2.8651507

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

(c) RDBCI: Rev. Digit. Bibliotecon. e Cienc. Inf. / RDBCI : Digit. J. Libr. and Inf. Sci., Campinas (SP) - ISSN 1678-765X.