Histórias que as bibliotecas contam

a biblioteca particular professor Osni de Medeiros Regis

Palavras-chave: Biblioteca privada, Biblioteconomia, História da Biblioteca, Estudo histórico

Resumo

Apresenta-se, neste artigo, a história da Biblioteca Professor Osni de Medeiros Regis, situada à Avenida Mauro Ramos, n.1344, na cidade de Florianópolis, SC. Objetiva se neste estudo relatar a história da biblioteca, descrevendo os processos de criação, a construção do espaço físico, a composição do acervo e a criação da fundação para manter a biblioteca e disponibilizar acesso para o público. Estabelecendo uma análise da importância da biblioteca para a comunidade florianopolitana, e descrevendo os tipos de serviços que a biblioteca disponibiliza para a comunidade em geral. Os procedimentos metodológicos que nortearam a construção do artigo foram pesquisa bibliográfica, pesquisa documental e entrevistas, possibilitando verificar a importância da biblioteca para a comunidade e para a área de biblioteconomia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Mariana Jucelia Vidal, Universidade Federal de Santa Catarina

Graduada em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Santa Catarina.

Cezar Karpinski, Universidade Federal de Santa Catarina

Docente de Ciência da Informação da Universidade Federal de Santa Catarina.

Referências

ALBERTI, V. Manual de História Oral. 3.ed. Rio de Janeiro: FGV, 2004

AMADO, J. A culpa nossa de cada dia: ética e história oral. Revista Projeto História, São Paulo, n.15, p.145-155, 1997. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/revph/article/view/11225/8232. Acesso em 10 dez. 2017.

ARRUDA, S. M.; CHAGAS, J. Glossário de biblioteconomia e ciências afins. Português-Inglês. Florianópolis: Cidade Futura, 2002.

CASTRO, C. S. A. Biblioteca como lugar de memória e eco de conhecimento: um olhar sobre “o nome da rosa”. Revista Digital de Biblioteconomia & Ciência da Informação, v. 4, n. 2, 200610.20396/rdbci.v4i3.2026. DOI:10.20396/rdbci.v4i3.2026. Disponível em: http://www.brapci.inf.br/v/a/27579. Acesso em: 15 Abr. 2018.

CUNHA, M. B.; CAVALCANTI, C. R. O. Dicionário de biblioteconomia e arquivologia. Brasília (DF): Brinquet de lemos, livros, 2008.

FERREIRA, M. M.; AMADO, J. (Orgs.). Usos & abusos da história oral. 8. ed. Rio de Janeiro: FGV, 2006.

FUNDAÇÃO PROFESSOR OSNI DE MEDEIROS RÉGIS. Estatuto. Florianópolis, 1998.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 2010.

KARPINSKI, C. ; MONTYSUMA, M.F.F. Memória e História Oral. Indaial: Asselvi, 2009.

LABARRE, A. História do livro. São Paulo: Cultrix; [Brasilia]: INL, 1981.

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. A. Fundamento de metodologia cientifica. São Paulo: Atlas, 2003.

LEIPNITZ, Fernando. Política de avaliação e seleção de doações em acervos particulares a serem incorporados ás Bibliotecas da Universidade Federal de Santa Maria, RS. 2017. 202 f. Dissertação (Mestrado em Patrimônio Cultural) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria 2017. Disponível em: https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/11883/Leipnitz%2C%20Fernando.pdf?sequence=1&isAllowed=y . Acesso em: 05 Abr. 2018.

MACHADO, C. C. Biblioteca Pública de Santa Catarina: 153 anos de História, Florianópolis: Insular, 2007.

MARTINS, W. A palavra escrita: história do livro, da imprensa, e da biblioteca. 3. ed. rev. E atual. São Paulo: Ática, 2002.

GALDINO, Rafael Zanetti, et al. História da ciência da informação e da biblioteca: a memória da escrita e da biblioteca. In: ENCONTRO REGIONAL DE ESTUDANTES DE BIBLIOTECONOMIA, DOCUMENTAÇÃO, CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO E GESTÃO DA INFORMAÇÃO. 14., 2011.São Luiz. Anais... São Luiz do Maranhão, 2011. Disponível em: http://rabci.org/rabci/sites/default/files/HIST%C3%93RIA%20DA%20CI%C3%8ANCIA%20DA%20INFORMA%C3%87%C3%83O%20E%20DA%20BIBLIOTECA%20A%20Mem%C3%B3ria%20da%20Escrita%20e%20da%20Biblioteca.pdf. Acesso em: 05 abr. 2018.

MILANESI, L. Biblioteca. Cotia: AE, 2002.

MILANESI, L. O que é Biblioteca. São Paulo: Brasiliense, 1983.

MORAES, R. B. de. O bibliófilo aprendiz. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1975.

MORAES, R. B. de. O bibliófilo aprendiz: prosa de um velho colecionador para ser lida por quem gosta de livros, mas pode também servir de pequeno guia aos que desejam formar uma coleção de obras raras antigas ou modernas. 4. ed. Brasília, DF, Brinquet de Lemos, 2005. 203p

MORAES, R. B. de. Livros e Bibliotecas no Brasil Colonial. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos; São Paulo: Secretaria de Cultura, Ciência e Tecnologia, 1979.

PORTELLI, A. Tentando aprender um pouquinho: algumas reflexões sobre ética e história oral. Revista Projeto História, São Paulo, n.15, p.13-49, 1997. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/revph/article/view/11215/8223. Acesso em: 10 dez. 2017.

POZZI, P.A. La etica, la historia oral y sus consecuencias. Revista de Hitória Oral, Rio de Janeiro, v.17, n.2, p.42-27, 2014. Disponível em: http://revista.historiaoral.org.br/index.php?journal=rho&page=issue&op=view&path%5B%5D=34. Acesso em 10 dez 2017.

REGIS, I. Entrevista concedida a Mariana J. Vidal. Florianópolis, 2018. Gravação em áudio digital, ca. 3h.

SCHWARCZ, L. M. A longa viagem da biblioteca dos reis: do terremoto de Lisboa à independência do Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 2002.

SILVA, E. L.; MENEZES, E. M. Metodologia da pesquisa e elaboração de dissertação. 3. ed. rev. atual. Florianópolis: Laboratório de Ensino á Distancia da UFSC, 2001. Disponível em: http://projetos.info.ufsc/arquivos/metodologia da pesquisa.3 edicao.pdf. Acesso em: 5 abril. 2018.

SUAIDEN, Emir Jose. Biblioteca pública e informação à comunidade. São Paulo: Global, 1995. 112p.

VIDAL, M.J. Interior da Biblioteca Professor Osni de Medeiros Regis. 2018. 1 fotografia, color, digital.

Publicado
2019-09-24
Como Citar
Vidal, M. J., & Karpinski, C. (2019). Histórias que as bibliotecas contam. RDBCI: Revista Digital De Biblioteconomia E Ciência Da Informação, 17, e019029. https://doi.org/10.20396/rdbci.v17i0.8653453
Seção
Artigos de Pesquisa