Metodologia da pesquisa em competência em informação

uma revisão sistemática

Palavras-chave: Competência em informação. Métodos de pesquisa. Revisão de literatura.

Resumo

As pesquisas relacionadas à temática levaram à proliferação de modelos de Competência em Informação, utilizados como quadro de referência, para aplicação em outras pesquisas ou na prática bibliotecária. Tendo isso em vista, questiona-se: quais foram os modelos de Competência em Informação utilizados como quadro de referência em dissertações e teses defendidas em Programas de Pós-Graduação em Ciência da Informação, no período de 2014 a 2018? O presente trabalho tem como objetivo geral: identificar os modelos de Competência em Informação utilizados com mais frequência na pesquisa sobre Competência em Informação no Brasil. E como objetivos específicos: a) apresentar um panorama da pesquisa brasileira sobre Competência em Informação; b) apresentar as principais tendências na produção de teses e dissertações sobre Competência em Informação no Brasil; c) realizar uma revisão sistemática da pesquisa brasileira em nível de Mestrado e Doutorado em Ciência da Informação entre 2014-2018.  Trata-se de uma pesquisa exploratória, de abordagem qualitativa, que utiliza como método de pesquisa bibliográfica a revisão sistemática dos resultados obtidos em levantamento realizado na Biblioteca Digital de Teses e Dissertações (BDTD) do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT). Conclui apontando para o fato de que os modelos de Competência em Informação são tidos como essenciais para o desenvolvimento da pesquisa sobre a temática e servem como fundamentação teórica e metodológica para a crítica, a interpretação e aplicação de conceitos e métodos sobre Competência em Informação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Carlos Robson Souza da Silva, Universidade Federal do Ceará
Mestrando no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal do Ceará.
Thiciane Mary Carvalho Teixeira, Universidade Federal do Ceará
Doutora em Ciência da Informação e Professora no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal do Ceará.
Virginia Bentes Pinto, Universidade Federal do Ceará
Doutora em Ciência da Informação e Professora no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal do Ceará.

Referências

ALVES, Fernanda Maria Melo; ALCARÁ, Adriana Rosecler. Modelos e experiências de competência em informação em contexto universitário. Encontros Bibli, v. 19, n. 41, p. 83-104. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/1518-2924.2014v19n41p83. Acesso em 28 jun. 2018.

CAMPELLO, Bernadete. O movimento da competência informacional: uma perspectiva para o letramento informacional. Ciência da Informação, v. 32, p. 28-37, set./dez. 2003. Disponível em: http://bogliolo.eci.ufmg.br/downloads/CAMPELO%20Competencia%20Informacional.pdf. Acesso em 28 jun. 2018.

COSTA, Angelo Brandelli; ZOLTOWSKI, Ana Paula Couto. Como escrever um artigo de revisão sistemática. In: KOLLER, Sílvia H.; COUTO, Maria Clara P. de Paula; VON HOHENDORFF, Jean. Manual de produção científica. Porto Alegre: Penso, 2014.

FARIAS, Gabriela Belmont de. Competência em informação no ensino de biblioteconomia: por uma aprendizagem significativa e criativa. 2014. 183 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Filosofia e Ciências. Marília, 2014. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/110383/000795008.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em 28 jun. 2018.

FRAMEWORK for Information Literacy for Higher Education. [s.l]: ACRL, 2016. Disponível em: http://www.ala.org/acrl/sites/ala.org.acrl/files/content/issues/infolit/Framework_ILHE.pdf. Acesso em 28 jun. 2018.

GIL, Antônio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 2007.

INFORMATION Literacy Standards for Higher Education. Chicago: ACRL, 2000. Disponível em: https://bit.ly/2gdBTjJ. Acesso em 28 jun. 2018.

INFORMATION Power: building partnerships for learning. Chicago: AASL, AECT, 1998. Disponível em: https://bit.ly/2yRbtwn.Acesso em 28 jun. 2018.

LUCCA, Djuli Machado de. A dimensão política da competência informacional: um estudo a partir das necessidades informacionais de idosos. 2015. 287 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação. Florianópolis, 2016. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/bitstream/handle/123456789/158842/337185.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em 28 jun. 2018.

MANHIQUE, Ilídio Lobato Ernesto. Competência Informacional e o desafio das bibliotecas universitárias: o caso da Biblioteca Central Brazão Mazula da Universidade Eduardo Mondlane de Moçambique. 2014. 149 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação – Universidade Federal da Bahia, Instituto de Ciência da Informação. Salvador, 2014. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/18376/1/DISSERTA%C3%87%C3%83O%20%20-%20ILIDIO.pdf. Acesso em: 28 jun. 2018.

MARCO de avaliação global da Alfabetização Midiática e Informacional: disposição e competências do País. Brasília: UNESCO, Cetic.br, 2016. Disponível em: http://unesdoc.unesco.org/images/0024/002463/246398POR.pdf. Acesso em 28 jun. 2018.

OLIVEIRA, Alexandre Pedro de. A dimensão técnica da competência informacional: um estudo com bibliotecários de referência da Grande Florianópolis, SC. 2014. 205 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação. Florianópolis, 2015. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/129176/328108.pdf?sequence=1. Acesso em 28 jun. 2018.

PELLEGRINI, Eliane. A dimensão ética da competência em informação: a experiência narrada dos bibliotecários do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina (IFSC). 2016. 301 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação. Florianópolis, 2016. Disponível em; https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/167928/341346.pdf?sequence=1. Acesos em 28 jun. 2018.

PRESIDENTIAL Comitee on Information Literacy: Final Report. Washington, DC: ALA, ACRL, 1989. Disponível em:www.ala.org/acrl/publications/whitepapers/presidential. Acesso em 28 jun. 2018

SANTOS, Camila Araújo dos. Competência em informação na formação básica dos estudantes da educação profissional e tecnológica. 2017. 286f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Filosofia e Ciências. Marília, 2017. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/150036/santos_ca_dr_mar.pdf?sequence=3&isAllowed=y. Acesso em 28 jun. 2018.

SANTOS, Jaires Oliveira. Competência em informação dos egressos do curso de Biblioteconomia: uma análise na região Nordeste do Brasil. 2015. 142 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Universidade Federal da Bahia, Instituto de Ciência da Informação. Salvador, 2015. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/19516/1/Disserta%C3%A7%C3%A3o%20-%20Jaires%20Oliveira%20Santos.pdf. Acesso em 28 jun. 2018.

STANDARDS for the 21st-Century learner in action. Chicago: AASL, ALA, 2009. Disponível em: https://www.bcps.org/offices/lis/ebooks/Standards%20In%20Action_9780838986424.pdf. Acesso em 28 jun. 2018.

VITORINO, Elizete Vieira; PIANTOLA, Daniela. Dimensões da competência informacional. Ciência da Informação, Brasília, v. 40, n. 1, p. 99-110, jan./abr. 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ci/v40n1/a08v40n1.pdf. Acesso em 28 jun. 2018.

ZURKOWSKI, Paul. The information servisse environment relationships and priorities. Washington, DC: NCLIS, 1974. Disponível em: https://files.eric.ed.gov/fulltext/ED100391.pdf Acesso em 28 jun. 2018.

ALVES, Fernanda Maria Melo; ALCARÁ, Adriana Rosecler. Modelos e experiências de competência em informação em contexto universitário. Encontros Bibli, v. 19, n. 41, p. 83-104. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/1518-2924.2014v19n41p83. Acesso em 28 jun. 2018.

CAMPELLO, Bernadete. O movimento da competência informacional: uma perspectiva para o letramento informacional. Ciência da Informação, v. 32, p. 28-37, set./dez. 2003. Disponível em: http://bogliolo.eci.ufmg.br/downloads/CAMPELO%20Competencia%20Informacional.pdf. Acesso em 28 jun. 2018.

COSTA, Angelo Brandelli; ZOLTOWSKI, Ana Paula Couto. Como escrever um artigo de revisão sistemática. In: KOLLER, Sílvia H.; COUTO, Maria Clara P. de Paula; VON HOHENDORFF, Jean. Manual de produção científica. Porto Alegre: Penso, 2014.

FARIAS, Gabriela Belmont de. Competência em informação no ensino de biblioteconomia: por uma aprendizagem significativa e criativa. 2014. 183 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Filosofia e Ciências. Marília, 2014. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/110383/000795008.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em 28 jun. 2018.

FRAMEWORK for Information Literacy for Higher Education. [s.l]: ACRL, 2016. Disponível em: http://www.ala.org/acrl/sites/ala.org.acrl/files/content/issues/infolit/Framework_ILHE.pdf. Acesso em 28 jun. 2018.

GIL, Antônio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 2007.

INFORMATION Literacy Standards for Higher Education. Chicago: ACRL, 2000. Disponível em: https://bit.ly/2gdBTjJ. Acesso em 28 jun. 2018.

INFORMATION Power: building partnerships for learning. Chicago: AASL, AECT, 1998. Disponível em: https://bit.ly/2yRbtwn.Acesso em 28 jun. 2018.

LUCCA, Djuli Machado de. A dimensão política da competência informacional: um estudo a partir das necessidades informacionais de idosos. 2015. 287 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação. Florianópolis, 2016. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/bitstream/handle/123456789/158842/337185.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em 28 jun. 2018.

MANHIQUE, Ilídio Lobato Ernesto. Competência Informacional e o desafio das bibliotecas universitárias: o caso da Biblioteca Central Brazão Mazula da Universidade Eduardo Mondlane de Moçambique. 2014. 149 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação – Universidade Federal da Bahia, Instituto de Ciência da Informação. Salvador, 2014. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/18376/1/DISSERTA%C3%87%C3%83O%20%20-%20ILIDIO.pdf. Acesso em: 28 jun. 2018.

MARCO de avaliação global da Alfabetização Midiática e Informacional: disposição e competências do País. Brasília: UNESCO, Cetic.br, 2016. Disponível em: http://unesdoc.unesco.org/images/0024/002463/246398POR.pdf. Acesso em 28 jun. 2018.

OLIVEIRA, Alexandre Pedro de. A dimensão técnica da competência informacional: um estudo com bibliotecários de referência da Grande Florianópolis, SC. 2014. 205 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação. Florianópolis, 2015. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/129176/328108.pdf?sequence=1. Acesso em 28 jun. 2018.

PELLEGRINI, Eliane. A dimensão ética da competência em informação: a experiência narrada dos bibliotecários do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina (IFSC). 2016. 301 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação. Florianópolis, 2016. Disponível em; https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/167928/341346.pdf?sequence=1. Acesos em 28 jun. 2018.

PRESIDENTIAL Comitee on Information Literacy: Final Report. Washington, DC: ALA, ACRL, 1989. Disponível em: www.ala.org/acrl/publications/whitepapers/presidential. Acesso em 28 jun. 2018.

SANTOS, Camila Araújo dos. Competência em informação na formação básica dos estudantes da educação profissional e tecnológica. 2017. 286f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Filosofia e Ciências. Marília, 2017. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/150036/santos_ca_dr_mar.pdf?sequence=3&isAllowed=y. Acesso em 28 jun. 2018.

SANTOS, Jaires Oliveira. Competência em informação dos egressos do curso de Biblioteconomia: uma análise na região Nordeste do Brasil. 2015. 142 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Universidade Federal da Bahia, Instituto de Ciência da Informação. Salvador, 2015. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/19516/1/Disserta%C3%A7%C3%A3o%20-%20Jaires%20Oliveira%20Santos.pdf. Acesso em 28 jun. 2018.

STANDARDS for the 21st-Century learner in action. Chicago: AASL, ALA, 2009. Disponível em: https://www.bcps.org/offices/lis/ebooks/Standards%20In%20Action_9780838986424.pdf. Acesso em 28 jun. 2018.

VITORINO, Elizete Vieira; PIANTOLA, Daniela. Dimensões da competência informacional. Ciência da Informação, Brasília, v. 40, n. 1, p. 99-110, jan./abr. 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ci/v40n1/a08v40n1.pdf. Acesso em 28 jun. 2018.

ZURKOWSKI, Paul. The information servisse environment relationships and priorities. Washington, DC: NCLIS, 1974. Disponível em: https://files.eric.ed.gov/fulltext/ED100391.pdf Acesso em 28 jun. 2018.

Publicado
2019-04-08
Como Citar
Silva, C. R. S. da, Teixeira, T. M. C., & Pinto, V. B. (2019). Metodologia da pesquisa em competência em informação. RDBCI: Revista Digital De Biblioteconomia E Ciência Da Informação, 17, e019014. https://doi.org/10.20396/rdbci.v17i0.8653728
Seção
Artigos de Pesquisa