Desenvolvimento de coleções em coleções digitais

Palavras-chave: Desenvolvimento de coleções, Documento eletrônico, Bases de dados.

Resumo

Relata as mudanças de paradigmas ocorridas na transição de coleções físicas para as coleções digitais. Apresenta as recomendações para seleção, criação e manutenção dessas coleções, a partir do exame de literatura especializada, abordando aspectos do conteúdo, viabilidade técnica, funcionalidade, confiabilidade, suporte do fornecedor, licenciamento, preservação, acessibilidade e aspectos contratuais. Discorre sobre aspectos que devem ser observados na tomada de decisão sobre a escolha de manter ou não documentos impressos quando há o equivalente digital. Conclui com a síntese das recomendações, indicando também estudos relacionados ao desenvolvimento de coleções.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Anastácia Freitas de Oliveira, Universidade de Brasília

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade de Brasília. Bibliotecária do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região. 

Murilo Bastos da Cunha, Universidade de Brasília

Pós-doutorado na University of Michigan. Professor titular aposentado da UnB, professor permanente do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação da Universidade de Brasília.

Referências

ARORA, Jagdish. Digital libraries. Gujarat: INFLIBNET Centre, 2018. E-book. Disponível em: http://lisp8.epgpbooks.inflibnet.ac.in/. Acesso em: 02 abr. 2019.

BASTIEN. J.M. Christian. Usability testing: a review of some methodological and technical aspects of the method. International journal of medical informatics. v. 7 9, 2010. Disponível em: http://www-sciencedirect-com.ez1.periodicos.capes.gov.br/science/article/pii/S1386505608002098. Acesso em: 01 abr. 2019.

BITTAR, Ana Carolina. Digital rights management: concorrência e acesso ao conhecimento no mercado de livros digitais. 2015. 168 f. Dissertação (Mestrado em Direito) – Fundação Getúlio Vargas. São Paulo, 2015. Disponível em: http://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/handle/10438/13696. Acesso em: 01 abr. 2019.

BOERES, Sonia Araújo de Assis. Política de preservação da informação digital em bibliotecas universitárias brasileiras. 2004. 180 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação e Documentação) – Universidade de Brasília, Brasília, 2004.

BUCKLAND, Michael K. The roles of collections and the scope of collection development. Journal of Documentation, 1989, v. 45; n. 3, p. 213-226. Disponível em: https://doi.org/10.1108/eb026844. Acesso em: 30 mar. 2019.

BUCKLAND, Michael K. What will collection developers do? Information Technology and Libraries, v. 14; n. 3, p. 155-159, 1995. Disponível em: https://escholarship.org/uc/item/2v2258mk. Acesso em: 30 mar. 2019.

CARIBÉ, Rita de Cássia do Vale A aplicação do desenvolvimento e gerenciamento de coleções na construção de repositórios institucionais. Informação & Sociedade: Estudos, v. 18, n. 2, p. 25-40, 2008. Disponível em: http://www.brapci.inf.br/v/a/5038. Acesso em: 30 mar. 2019.

CORDEIRO, Alexander Magno; OLIVEIRA, Glória Maria de; RENTERÍA, Juan Miguel; GUIMARÃES, Carlos Alberto. Revisão sistemática: uma revisão narrativa. Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões. Rio de Janeiro, v. 34, n. 6, p. 428-431, dez. 2007. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-69912007000600012&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 02 abr. 2019.

COSTA, Raquel P.; CUNHA, Murilo B. Modelo de negócios de livros eletrônicos para bibliotecas. Informação e Sociedade, João Pessoa, v. 25, n. 3, p. 7-19, set./dez. 2015. Disponível em: http://www.ies.ufpb.br/ojs/index.php/ies/article/view/26945. Acesso em: 02 abr. 2019.

CUNHA, Murilo Bastos da. Desafios na construção de uma biblioteca digital. Ciência da Informação. Brasília, v. 28, n. 3, p. 257-268, set./dez. 1999. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ci/v28n3/v28n3a3.pdf. Acesso em: 02 abr. 2019.

CUNHA, Murilo Bastos da. Bibliografia sobre o fluxo do documento na biblioteca digital. DataGramaZero: Revista de Ciência da Informação, v. 10, n.5, 2009. Disponível em: http://www.dgz.org.br/out09/Art_01.htm. Acesso em: 02 abr. 2019.

DIAS, Maria Matilde Kronka; PIRES, Daniela. Formação e desenvolvimento de coleções de serviços de informação. São Carlos: EduFSCar, 2003. 71 p. (Série apontamentos).

DIAS, Geneviane Duarte; SILVA, Teresinha Elisabeth da; CERVANTES, Brígida Maria Nogueira. Política de desenvolvimento de coleções para documentos eletrônicos: tendências nacionais e internacionais. Encontros Bibli: Revista Eletrônica de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Florianópolis, v. 17, n. 34, 2012, p. 42-56. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/1518-2924.2012v17n34p42. Acesso em: 30 mar. 2019.

EMERY, Jill; STONE, Graham. Investigation of new content. In: EMERY, Jill; STONE, Graham. Techniques for Electronic Resource Management. Chicago: Library Technology Reports, n. 2, Feb. 2013. Disponível em: https://journals.ala.org/index.php/ltr/article/view/4734. Acesso em: 30 mar. 2019.

FRANKILIN, Brinley; KYRILLIDOU, Martha; PLUM, Terry. From usage to user: library metrics and expectations for the evaluation of digital libraries. In: TSAKONAS, Giannis; PAPATHEODOROU, Christos (Edit.). Evaluation of digital libraries: an insight into useful applications and methods. Oxford: Chandos Pub., 2009. xxiv, 275 p.

GREGORY, Vicki L. Collection development and management for 21st century library collections: an introduction. New York: Neal-Schuman, c2011. xvii, 261 p.

HORAVA, Tony. Challenges and possibilities for collection management in a digital age. Library Resources & Technical Services. v. 54 n. 3, 2010. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5860/lrts.54n3.142. Acesso em: 02 abr. 2019.

JOHNSON, Sharon; EVENSEN, Ole Gunnar; GELFAND, Glenda Lammers; SIPE, Lynn; ZILPER, Nadia. Key Issues for e-Resource Collection development: a guide for Libraries. Haia: IFLA, 2012. Disponível em: https://www.ifla.org/publications/key-issues-for-e-resource-collection-development-a-guide-for-libraries. Acesso em: 02 abr. 2019.

KAVANAGH, Rosemary; SKÖLD, Beatrice Christensen (ed.). Bibliotecas para cegos na era da informação: diretrizes de desenvolvimento. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2009. 99 p. Disponível em: http://www.santoandre.sp.gov.br/pesquisa/ebooks/343463.pdf. Acesso em: 02 abr. 2019

LIBRARY OF CONGRESS. PDF/A-1, PDF for Long-term Preservation, Use of PDF. Sustainability of digital formats: planning for Library of Congress Collections 1.4. Washington, 2019. Disponível em: http://www.loc.gov/preservation/digital/formats/fdd/fdd000125.shtml. Acesso em: 15 ago. 2019.

MAGALHÃES, Carolina de Souza Santana. Seleção de coleções de livros digitais nas universidades públicas brasileiras. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2014. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/15021. Acesso em: 02 abr. 2019.

MALHEIROS, Tania Milca de Carvalho. Produtos e serviços de informação para pessoas com deficiência visual. 2019. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Universidade de Brasília, Brasília, 2019. Disponível em: http://repositorio.unb.br/handle/10482/34969. Acesso em: 14 ago. 2019.

MARTINS, Robson Dias. Proposta teórica de criação de plataforma para gerenciamento de e-books. Mestrado (Mestrado em biblioteconomia) – Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, 2016. Disponível em: https://goo.gl/UkuVn3. Acesso em: 02 abr. 2019.

McNAUGHT, Alistair; HUW, Alexander. Ebooks and accessibility. In: WOODWARD, H. (ed.). Ebooks in education: realizing the vision. London: Ubiquity Press, 2014. p. 35–49. Disponível em: https://www.ubiquitypress.com/site/books/10.5334/bal/read/. Acesso em: 02 abr. 2019.

MELLINS-COHEN, Tasha. Guía amistosa de la versión 5 para bibliotecarios. Tradução: Magaly Bascones. COUNTER: Consistent Credible Comparable. Disponível em: https://www.projectcounter.org/esta-guia-es-una-introduccion-simplificada-al-codigo-de-practica-de-counter-version-5-para-bibliotecarios-y-otros-usuarios/friendly-guide-spanish/ Acesso em: 15 ago. 2019.

NATIONAL INFORMATION STANDARDS ORGANIZATION. A framework of guidance for building good digital collections. 3. ed. Baltimore (MD): NISO, 2007. 100 p. Disponível em: www.niso.org/publications/rp/framework3.pdf. Acesso em: 02 abr. 2019.

NATIONAL INFORMATION STANDARDS ORGANIZATION. Standardized Usage Statistics Harvesting Initiative (SUSHI) Protocol (ANSI/NISO Z39.93-2014). Baltimore (MD): NISO, 2019. Disponível em: https://www.niso.org/standards-committees/sushi. Acesso em: 15 ago. 2019.

NIELSEN, Jacob. Usability 101: introduction to usability. In: Nielsen Norman Group. Evidence-Based User Experience Research, Training, and Consulting. 2012. Disponível em: https://www.nngroup.com/articles/usability-101-introduction-to-usability/. Acesso em: 02 abr. 2019.

OLIVEIRA, Adriana Aparecida de. Avaliação das coleções de livros digitais da Universidade Federal de Juiz de Fora: a perspectiva do usuário. 2016. Dissertação (Mestrado em Biblioteconomia) – Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2016. Disponível em: http://www.repositorio-bc.unirio.br:8080/xmlui/handle/unirio/11139?show=full. Acesso em: 02 abr. 2019.

PINHEIRO, Liliane Vieira. O desenvolvimento de coleções em bibliotecas universitárias na perspectiva dos desafios da pós-modernidade: diretrizes sob o olhar da teoria da complexidade e da análise de domínio. 2017. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Universidade Federal de Santa Catarina, 2017. Disponível em: https://goo.gl/EPnBuA. Acesso em: 02 abr. 2019.

RODRIGUES, Eloy; CARVALHO, José. Gestão e organização da coleção digital. Lisboa: Ministério da Educação e Ciência, 2013. Disponível em: http://www.rbe.min-edu.pt/np4/file/871/be_rbe_3.pdf. Acesso em: 08 out. 2018.

ROMERO, Juan José Fuentes. Las definiciones de la colección de materiales de las bibliotecas. Los conceptos de desarrollo y gestión de las colecciones: un estado de la cuestión. Boletín de la Asociación Andaluza de Bibliotecarios, n. 88–89, jul. 2007. Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=2695898. Acesso em: 02 abr. 2019.

SANTANA, Carolina Souza. Seleção de coleções de livros digitais nas universidades públicas brasileiras. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Universidade Federal da Bahia, 2013. Disponível em: https://goo.gl/rRdEf. Acesso em: 02 abr. 2019.

SANTANNA, Jorge. Desafios para a gestão de estoques de informação frente às coleções em diferentes contextos. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, v. 20, n. 3, 2015. Disponível em: https://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/1092. Acesso em: 25 abr. 2018.

SANTOS, Ana Rosa dos. Subsídios para a elaboração de políticas de gestão de coleções de livros eletrônicos: uma proposta para as bibliotecas universitárias federais brasileiras. Rio de Janeiro, 2018. 214 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Biblioteconomia) – Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2018. Disponível em: http://www.repositorio-bc.unirio.br:8080/xmlui/handle/unirio/12356. Acesso em: 25 abr. 2018.

SERRA, Liliana Giusti. Os livros eletrônicos e as bibliotecas. São Paulo, 2015. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) — Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27151/tde-01122015-101516/pt-br.php. Acesso em: 12 jul. 2018.

SERRA, Liliana Giusti; SILVA, José Fernando Modesto da. Livros digitais em bibliotecas. Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, v. 16, 2015. Disponível em: http://www.periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/itec/article/view/26756. Acesso em: 25 abr. 2018.

SCHMIDT, Karen. Past perfect, future tense: a survey of issues in collection development. Library Collections, Acquisitions & Technical Services. v. 28, p. 360-372, 2004.

SILVA, Fabiana Vilar. Subsídios para a elaboração de uma política de depósito mandatória em repositórios institucionais brasileiros: uma análise de estudos de casos a partir de elementos de desenvolvimento de coleções. 2014. Dissertação (Mestrado em Biblioteconomia) – Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2014. Disponível em: https://goo.gl/2P57mN. Acesso em: 25 abr. 2018.

WEITZEL, Simone. O desenvolvimento de coleções e a organização do conhecimento: suas origens e desafios. Perspectivas em Ciência da Informação, v. 7, n. 1, p. 61-67, 2002. Disponível em: http://www.brapci.inf.br/v/a/3289. Acesso em: 25 abr. 2018.

VERGUEIRO, Waldomiro. Seleção de materiais de informação: princípios e técnicas. 3. ed. Brasília: Briquet de Lemos 2010. 120 p.

Publicado
2019-08-27
Como Citar
Oliveira, A. F. de, & Cunha, M. B. da. (2019). Desenvolvimento de coleções em coleções digitais. RDBCI: Revista Digital De Biblioteconomia E Ciência Da Informação, 17, e019025. https://doi.org/10.20396/rdbci.v17i0.8655177