Convergências entre a teoria da troca social e a mediação da informação e do conhecimento na perspectiva dos desenvolvedores de software

um estudo de caso

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/rdbci.v18i0.8661113

Palavras-chave:

Programação, Mediadores da informação, Conhecimento organizacional

Resumo

Informação e conhecimento são imprescindíveis à sobrevivência das empresas e no cotidiano das pessoas. Ademais, o software é elemento fundamental para gerir essas informações. Os profissionais de programação fazem uso de informação e conhecimento organizacional para desenvolverem seus projetos e trabalharem em equipe. Informação e conhecimento representam poder, e seu compartilhamento inclui barganhas, comportamentos estudados pela Teoria da Troca Social. Compartilhar informação efetivamente envolve mais do que repassá-la, envolve uma interferência visando que o receptor faça sua apropriação, para a execução do trabalho, por meio de sujeitos mediadores da informação. Objetiva-se verificar como se dá o compartilhamento de informação e conhecimento entre profissionais de software, inferindo como princípios da Teoria da Troca Social interferem ou em sua mediação, destacando a influência de motivadores egocêntricos e altruístas, ou voltados à coletividade. Como procedimentos metodológicos, efetuou-se um estudo de caso, de natureza descritiva, com profissionais de software discentes de uma instituição pública de ensino superior, de Garça, São Paulo, bem como seus funcionários administrativos, utilizando questionários, entrevistas e análise do site da instituição. Como resultados, verificou-se existirem evidências de mediação da informação e conhecimento entre os pesquisados, sendo que motivações altruístas e egocêntricas se conciliam dialeticamente nessa /mediação/compartilhamento. Atribui-se os resultados possivelmente a valores internalizados na formação universitária e a um ambiente de trabalho psicologicamente positivo. Conclui-se que existem convergências entre a Teoria da Troca Social e a mediação da informação, tanto no aspecto teórico quanto prático, evidenciando a possiblidade da mediação além dos equipamentos informacionais tradicionais: bibliotecas, arquivos e museus.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Leonardo Pereira Pinheiro de Souza, Universidade Estadual Paulista

Doutorando em Ciência da Informação na Universidade Estadual Paulista, campus de Marília. Membro do grupo de pesquisa Informação, Conhecimento e Inteligência Organizacional, do departamento de Ciência da Informação da Universidade Estadual Paulista, campus de Marília. 

João Arlindo dos Santos Neto, Universidade Estadual de Londrina

Doutor em Ciência da Informação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências, Campus de Marília. Professor Colaborador do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Estadual de Londrina.

Cássia Regina Bassan de Moraes, Universidade Estadual Paulista

Doutorado em Ciência da Informação pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho", Campus de Marília. Docente do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação na Unesp - Marília - SP.  

Referências

ALMEIDA JÚNIOR, Oswaldo Francisco de. Mediação da informação: um conceito atualizado. In: BORTOLIN, Sueli.; SANTOS NETO, João Arlindo dos; SILVA, Rovilson José. (org.). Mediação oral da informação e da leitura. Londrina: ABECIN, 2015. p. 9- 32.

APL-TI MARÍLIA. História do APL TI Marília. Marília: 2018. Disponível em: http://www.apltimarilia.org.br/historia-do-apl-ti-marilia-arranjo-produtivo-local-de-tecnologia-da-informacao-de-marilia/. Acesso em: 17 jul. 2018.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS EMPRESAS DE SOFTWARE. Setor cresce no Brasil 10,5% em 2019. São Paulo: ABES, 2020. Disponível em: https://abessoftware.com.br/dados-do-setor/. Acesso em: 30 set. 2020.

BANDURA, Albert. Self-efficacy: Toward a unifying theory of behavioral change. Advances in Behaviour Research and Therapy, v. 1, n. 4, p. 139-161, 1978. Disponível em: https://doi.org/10.1016/0146-6402(78)90002-4. Acesso em: 27 set. 2020.

BAO, Z.; HAN, Z. What drives users’ participation in online social Q&A communities? An empirical study based on social cognitive theory. Aslib Journal of Information Management. v. 71, n. 5, p. 637-656, 2019. Disponível em: https://doi.org/10.1108/AJIM-01-2019-0002. Acesso em: 07 fev. 2020.

BORTOLIN, Sueli; LOPES, Fernando Cruz. A percepção de pesquisadores da ciência da informação quanto aos conceitos de mediação. Revista Interamericana de Bibliotecología, Colômbia, v. 39, n. 2, p. 121-132, 2016. DOI: 10.17533/udea.rib.v39n2a04 Acesso em: 25 ago. 2020.

BUCKLAND, Michael Keeble. Information as thing. Journal of the American Society for Information Science, v.45, n.5, p. 351-360, 1991. Disponível em: https://www.cin.ufpe.br/~cjgf/TECNOLOGIA%20-%20material%20NAO-CLASSIFICADO/Informacao%20como%20Coisa%20(thing).pdf. Acesso em: 26 ago. 2020.

CHESHIRE, Coye. Generalized exchange. In: Britannica Academic. [S.l.]: Encyclopædia Britannica, 2020. Não paginado. Disponível em: https://academic.eb.com/levels/collegiate/article/generalized-exchange/600926. Acesso em: 26 ago. 2020.

CHIAVENATO, Idalberto. Introdução à Teoria Geral da Administração: uma visão abrangente da moderna administração das organizações. 7.ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2003.

CROPANZANO, Russel.; MITCHELL, Mary S. Social Exchange Theory: An Interdisciplinary Review. Journal of Management, v. 31, n. 6, p. 874-900, dez. 2005. Disponível em: https://doi.org/10.1177/0149206305279602. Acesso em: 27 jul. 2020.

DAVENPORT, Thomas H.; PRUSAK, L. Ecologia da informação: porque só a tecnologia não basta para o sucesso na era da informação. São Paulo: Futura, 1998.

DIALECTICAL MATERIALISM. In: Britannica Academic. [S.l.]: Encyclopædia Britannica, 2020. Disponível em: https://academic.eb.com/levels/collegiate/article/dialectical-materialism/30255. Acesso em: 30 set. 2020.

FACHIN, Juliana. Mediação da informação na sociedade do conhecimento. Biblos: Revista do Instituto de Ciências Humanas e da Informação, v. 27, n. 1, p. 25-41, jan./jun. 2013. Disponível em: https://periodicos.furg.br/biblos/article/view/3096/2390 . Acesso em: 20 ago. 2020.

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE GARÇA. Cursos: Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Garça, SP: Centro Paula Souza, 2020. Disponível em: http://fatecgarca.edu.br/ads. Acesso em: 27 jul. 2020.

GIFT EXCHANGE. In: Britannica Academic. [S.l.]: Encyclopædia Britannica, 2020. Disponível em: https://academic.eb.com/levels/collegiate/article/gift-exchange/36782. Acesso em: 27 jul. 2020.

GIL, Antônio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 2.ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GOMES, Henriette Ferreira. A dimensão dialógica, estética, formativa e ética da mediação da informação. Informação & Informação, v. 4, n. 2, p. 46-59, maio/ago. 2014. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2014v19n2p46. Acesso em: 20 ago. 2020.

LAVILLE, C.; DIONNE, J. A construção do saber: manual de metodologia da pesquisa em ciências humanas. Porto Alegre: Artmed, 1999.

LAWLER, Edward J.; THYE, Shane R. Bringing emotions into social exchange theory. Annual Review of Sociology, v. 25, p. 217-244, ago. 1999. Disponível em: https://doi.org/10.1146/annurev.soc.25.1.217. Acesso em: 27 jul. 2020.

MARCHAND, Donald A.; KETTINGER, William J.; ROLLINS, John D. Information orientation: The link to business performance. Oxford: Oxford University Press, 2001.

MORAES, Cássia Regina Bassan de; SOUZA, Leonardo Pereira Pinheiro de. Mapeamento da literatura internacional sobre o mercado do conhecimento nas organizações. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO. 20., 2019, Florianópolis. Anais [...]. Florianópolis: ANCIB, 2019. p. 1-21. Disponível em: https://conferencias.ufsc.br/index.php/enancib/2019/paper/view/867/871. Acesso em: 30 set. 2020.

PARK, Jun-Gi.; LEE, Hyejung; LEE, J Jungwoo. Applying social exchange theory in IT service relationships: exploring roles of exchange characteristics in knowledge sharing. Information Technology and Management, v. 16, n. 3, p. 193-206, set. 2015. Disponível em: https://doi.org/10.1007/s10799-015-0220-x. Acesso em: 27 jul. 2020.

PÉREZ-MONTORO-GUTIÉRREZ, Mario. Gestión del conocimiento en las organizaciones: fundamentos, metodología y praxis. Gijón (Asturias): Ediciones Trea, 2008.

SOMMERVILLE, Ian. Engenharia de software. 8.ed. São Paulo: Pearson Education, 2007.

SOUZA, Leonardo Pereira Pinheiro de. O comportamento informacional dos desenvolvedores de software no contexto da cultura organizacional enfatizando o compartilhamento e reuso de informações. 2019. 287 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2019. 287 p.

SOUZA, Leonardo Pereira Pinheiro de; MORAES, Cássia Regina Bassan de. Influência do clima organizacional para o compartilhamento de conhecimento tácito no desenvolvimento de software. In: ENCONTRO SOBRE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E GESTÃO DA INFORMAÇÃO, 8., 2018, Recife. Anais... Recife: Universidade Federal de Pernambuco, 2018. p. 132- 144. Disponível em: https://drive.google.com/file/d/1iHNGQM8IIGV-9hXkYhCgRfA2r-0rhPkl/view. Acesso em: 31 mar. 2019.

TAKEUCHI, Hirotaka; NONAKA, Ikujiro. Gestão do conhecimento. Porto Alegre: Bookman, 2008.

TAYLOR, R. S. Question negotiation and information seeking in libraries. Bethlehem (PA): Center for the Information Sciences Lehigh University, 1967. Disponível em: http://www.dtic.mil/dtic/tr/fulltext/u2/659468.pdf. Acesso 19 jan 2018.

TERRETT, Andrew. Knowledge Management and the Law Firm. Journal of Knowledge Management; v. 2, n. 1, p. 67-76, 1998. Disponível em: https://doi.org/10.1108/EUM0000000004608. Acesso em: 28 jul. 2019.

TSAI, Ming-Tien; CHENG, Nai-Chang. Understanding knowledge sharing between IT professionals – an integration of social cognitive and social exchange theory. Behaviour & Information Technology, v. 31, n. 11, p. 1069-1080, 2012.Disponível em: https://doi.org/10.1080/0144929X.2010.550320. Acesso em: 27 jul. 2020.

YIN, Robert K. Case study research: design and methods. 4. ed. Thousand Oaks (CA): SAGE, 2009.

ZOLLER, Yaron J.; SCHILCUTT, J. Garland.; MULDOON, Jeff. Illuminating the principles of social exchange theory with Hawthorne studies. Journal of Management History, v. 25, n. 1, 2019, p. 47-66. Disponível em: https://doi.org/10.1108/JMH-05-2018-0026. Acesso em: 27 jul. 2020.

Publicado

2020-10-02

Como Citar

SOUZA, L. P. P. de .; SANTOS NETO, J. A. dos .; MORAES, C. R. B. de . Convergências entre a teoria da troca social e a mediação da informação e do conhecimento na perspectiva dos desenvolvedores de software : um estudo de caso. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, SP, v. 18, n. 00, p. e020026, 2020. DOI: 10.20396/rdbci.v18i0.8661113. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/8661113. Acesso em: 27 jan. 2023.