Banner Portal
Um estudo com autoridades de monitoramento do sistema eletrônico do serviço de informação ao cidadão (e-sic)
PDF
PDF (English)
ÁUDIO
VÍDEO

Palavras-chave

Sistema Eletrônico do Serviço de Informação ao Cidadão
e-SIC
Estudos de usuários
Perfil do gestor do Sistema de Informação ao Cidadão
Lei de Acesso à Informação

Como Citar

MORAIS, Luciana de; PAIVA, Eliane Bezerra. Um estudo com autoridades de monitoramento do sistema eletrônico do serviço de informação ao cidadão (e-sic): perfil dos gestores . RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, SP, v. 19, n. 00, p. e021002, 2021. DOI: 10.20396/rdbci.v19i00.8661523. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/8661523. Acesso em: 12 abr. 2024.

Resumo

Introdução: Considerado atributo de uma sociedade contemporânea mais democrática, igualitária e justa, o acesso à informação é um direito constitucionalmente garantido a todo cidadão.  Objetivo: Assim, este estudo foi realizado com profissionais vinculados ao Sistema Eletrônico do Serviço de Informação ao Cidadão (e-SIC), objetivando conhecer o perfil do (a) gestor (a) desse serviço, bem como sua satisfação em relação ao desempenho de suas funções profissionais nesse ambiente de trabalho. Metodologia: Quanto aos procedimentos metodológicos, a pesquisa caracteriza-se por sua natureza, predominantemente, qualitativa do tipo descritiva. Os dados foram coletados por meio de questionários. Resultados: Entre os objetivos alcançados na pesquisa, destaca-se o perfil dos profissionais responsáveis pelo gerenciamento do e-SIC: a maioria tem entre 41 e 50 anos, é do sexo feminino, pertence a diferentes profissões, como, por exemplo, advogado e delegado, e atua de um a dois anos nesse ambiente de trabalho. Conclusão: Verificou-se, também, que, apesar das barreiras encontradas, os (as) gestores (as) do e-SIC desempenham suas funções satisfatoriamente e consideram o Sistema como uma ferramenta de poder entre a sociedade e o setor público, o que possibilita mais controle e comunicação social e contribui significativamente com a população.

https://doi.org/10.20396/rdbci.v19i00.8661523
PDF
PDF (English)
ÁUDIO
VÍDEO

Referências

ARAÚJO, Carlos Alberto Ávila. Fundamentos da Ciência da Informação. Correntes teóricas e o conceito de informação. Perspectivas em Gestão & Conhecimento, v. 4, n. 1, p. 57-79, 2014. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/pgc/article/view/19120. Acesso em: 29 dez. 2019.

BRASIL. Decreto nº 7.724, de 16 de maio de 2012. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2012/Decreto/D7724.htm. Acesso em: 29 dez. 2019.

BRASIL. Lei nº 13. 460, de 26 de junho de 2017. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2017/lei/l13460.htm. Acesso em: 28 jul. 2020.

BRASIL. Lei nº 12.527, de 18 de novembro de 2011. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2011/lei/l12527.htm. Acesso em: 29 dez. 2019.

CARLI, Deneide T. de; FACHIN, Gleisy R. Bóries. Lei de Acesso à Informação nos municípios do extremo oeste de Santa Catarina. Em Questão, v. 22, n. 1, p. 8-36, jan./ abr. 2016.

CHOO, Chun Wei. A organização do conhecimento: como as organizações usam a informação para criar significado, construir conhecimento e tomar decisões. São Paulo: SENAC, 2003. Tradução de Eliana Rocha. 425 p.

CONTROLADORIA GERAL DA UNIÃO. In: PAINEL LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO. Disponível em: http://paineis.cgu.gov.br/lai/index.htm. Acesso em 20. Jan. 2020.

CUNHA, Murilo Bastos da; AMARAL, Sueli Angélica do; DANTAS, Edmundo Brandão. Manual de Estudo de Usuários da Informação. São Paulo: Atlas, 2015. 448p.

FLANAGAN, John. C. A técnica do incidente crítico. Arquivo Brasileiro de Psicologia Aplicada, Rio de Janeiro, v.25, n.2, p. 99-141, 1973. Disponível em: http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/abpa/article/view/16975/15786. Acesso em: 28 jul. 2020.

FREIRE, Gustavo. H. Araújo; FREIRE, Isa Maria. Introdução à Ciência da Informação. 2. ed. João Pessoa: UFPB, 2015.

GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

MACIEL, R. G.; FONSECA, P. G.; DUARTE, F. R.; SANTOS, E. M. dos. Sistema Eletrônico do Serviço de Informação ao Cidadão (e-SIC) e sua contribuição para a transparência: uma experiência gerencial em uma universidade federal. Perspectivas em Ciência da Informação, v.24, n.2, p.143-164, abr./jun. 2019. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362019000200143&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt. Acesso em: 28 jan. 2020.

MICHEL, Maria Helena. Metodologia e Pesquisa Cientifica em Ciências Sociais: um guia prático para acompanhamento da disciplina e elaboração de trabalhos monográficos. 3. Ed. São Paulo: Atlas, 2015.
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2021 Luciana de Morais, Eliane Bezerra Paiva

Downloads

Não há dados estatísticos.