A educação como ponto de confluência na obra de Jean-Jacques Rousseau

  • Vilmar Alves Pereira Universidade Federal do Rio Grande
Palavras-chave: Educação. Confluência. Rousseau.

Resumo

A leitura e a análise criteriosas de Emílio ou da educação, d'O contrato social e de Emile e Sophie ou Os solitários permite identificar uma grande coerência no pensamento de Rousseau, no qual aspectos pedagógicos são desenvolvidos de uma forma processual. Não existe contradição entre aquilo que Rousseau pensou como educação (do homem natural) e como  política (do cidadão); ao contrário, em sua proposta a educação funciona como pressuposto para a formação moral e política.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vilmar Alves Pereira, Universidade Federal do Rio Grande

Doutor em Educação e Professor Teorias da Educação no Instituto de Educação e nos Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEDU) Educação  Ambiental (PPGEA/FURG) da Universidade Federal do Rio Grande. Editor da Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental da FURG (REMEA) .

Publicado
2012-10-27
Como Citar
Pereira, V. A. (2012). A educação como ponto de confluência na obra de Jean-Jacques Rousseau. Filosofia E Educação, 4(2), 34-63. https://doi.org/10.20396/rfe.v4i2.8635423

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)