Banner Portal
Ecos da modernidade na lei máxima da Educação Brasileira: uma interlocução com Émile Durkheim
PDF

Palavras-chave

Teorias educacionais.

Como Citar

GOMES, Catarina Barbosa Torres. Ecos da modernidade na lei máxima da Educação Brasileira: uma interlocução com Émile Durkheim. Filosofia e Educação, Campinas, SP, v. 3, n. 1, p. 352–371, 2011. DOI: 10.20396/rfe.v3i1.8635485. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rfe/article/view/8635485. Acesso em: 25 maio. 2024.

Resumo

O principal objetivo deste ensaio é apresentar uma análise sucinta dos reflexos dos argumentos de Durkheim sobre educação no corpo da LDBEN (lei 9394/96). Sua execução foi um desafio, pois sabe-se que Durkheim é o arquiteto de um paradigma clássico para a sociologia e irradia-se alimentando outros paradigmas de teóricos de grande envergadura, que o sucederam. O texto do esboço referencial reflete leituras das obras Educação e Sociologia e Divisão do Trabalho Social, além de comentadores, como Quintaneiro (2002) e Aron (2000).
https://doi.org/10.20396/rfe.v3i1.8635485
PDF

O periódico Filosofia e Educaçãoutiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.