O debate da pós-modernidade: as teorias do conhecimento em jogo

Autores

  • Silvio Ancizar Sánchez Gamboa Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/rfe.v2i2.8635492

Palavras-chave:

Giros epistemológicos. Teorias do conhecimento. Pesquisa educacional.

Resumo

O texto apresenta o debate sobre as correntes pós-modernas que repercutem na pesquisa em educação. Essas correntes tem seu fundamento no “giro linguístico”. Essas abordagens que criticam o racionalismo moderno, paradoxalmente, tem como base uma teoria do conhecimento. A polêmica entre as tendências da pesquisa torna-se mais radical e esclarecedora quando são recuperadas as teorias do conhecimento que as sustentam. Os pesquisadores perante esse quadro de correntes diversas não podem ignorar o jogo de concepções e pressupostos, que revelam os limites e das implicações ideológicas dessas tendências. Essa necessária vigilância crítica poderá propiciar maior qualificação da pesquisa em educação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Silvio Ancizar Sánchez Gamboa, Universidade Estadual de Campinas

Professor da graduação e pós-graduação da Faculdade de Educação da Unicamp. 

Downloads

Publicado

2010-09-11

Como Citar

Sánchez Gamboa, S. A. (2010). O debate da pós-modernidade: as teorias do conhecimento em jogo. Filosofia E Educação, 2(2), 74–98. https://doi.org/10.20396/rfe.v2i2.8635492

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)