Educação Física: atividade epistemológica e objetivismo

Autores

  • Paulo Evaldo Fensterseifer Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.20396/rfe.v2i2.8635493

Palavras-chave:

Educação física. Atividade epistemológica. Objetivismo.

Resumo

A Educação Física, atenta aos desdobramentos no campo das ciências do debate entre as concepções dogmáticas e relativistas, pode encontrar no redimensionamento da noção de objetividade novas possibilidades para pensar a atividade epistemológica desenvolvida em seu âmbito. Sem o recurso ao “tribunal da epistemologia”, orientado por um entendimento dogmático de ciência, e recusando uma postura relativista, visualizamos no referencial hermenêutico outro modo de legitimar os conhecimentos produzidos na área.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Evaldo Fensterseifer, Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul

Professor do Departamento de Pedagogia da UNIJUÍ.

Downloads

Publicado

2010-09-11

Como Citar

Fensterseifer, P. E. (2010). Educação Física: atividade epistemológica e objetivismo. Filosofia E Educação, 2(2), 99–110. https://doi.org/10.20396/rfe.v2i2.8635493