Banner Portal
Tendências epistemológicas da pesquisa em educação especial no Brasil: a análise das dissertações e teses do PPGEEs/UFSCar
PDF

Palavras-chave

Educação especial. Epistemologia. Análise de dissertações e teses.

Como Citar

SILVA, Régis Henrique dos Reis. Tendências epistemológicas da pesquisa em educação especial no Brasil: a análise das dissertações e teses do PPGEEs/UFSCar. Filosofia e Educação, Campinas, SP, v. 2, n. 2, p. 227–246, 2010. DOI: 10.20396/rfe.v2i2.8635502. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rfe/article/view/8635502. Acesso em: 16 jul. 2024.

Resumo

Este estudo teve como objetivo geral, analisar, a partir das abordagens metodológicas, as implicações epistemológicas das dissertações e teses produzidas no PPGEEs/UFSCar, levando em consideração suas inter-relações com os determinantes sociais, políticos e econômicos. Em linhas gerais obtivemos os seguintes resultados, 88,9% dos documentos analisados adotaram a abordagem empírico-analítica, 11,1% a fenomenológica-hermenêutica e 0% a crítico-dialética. Considerando as articulações entre o lógico e o histórico, verificamos que a predomínio da abordagem empírico-analítica, está relacionado com os determinantes sociais, políticos e econômicos do Brasil, especialmente ao modelo de Pós-Graduação implantado no País, assim como, com as características internas do programa estudado.
https://doi.org/10.20396/rfe.v2i2.8635502
PDF

O periódico Filosofia e Educaçãoutiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.