Banner Portal
Ciência e capitalismo
PDF

Palavras-chave

Ciência moderna. Capitalismo. Taylorismo acadêmico.

Como Citar

SOUZA, Julia Paula Motta de. Ciência e capitalismo. Filosofia e Educação, Campinas, SP, v. 2, n. 2, p. 266–280, 2010. DOI: 10.20396/rfe.v2i2.8635504. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rfe/article/view/8635504. Acesso em: 29 maio. 2024.

Resumo

Este artigo reflete sobre as relações entre a ciência moderna e o capitalismo. Historicamente a ciência moderna nasce ligada ao capitalismo, pretendendo-se impor como saber hegemônico, livre de valores e baseada em quantificações. Na presente fase neoliberal do capitalismo, na qual se acentua a tendência a transformar tudo em mercadoria, a ciência vem sendo mercantilizada e as condições de trabalho dos pesquisadores vem sendo degradadas. Um dos aspectos é o surto avaliatório, que quantifica a produção acadêmica. No entanto, os pesquisadores podem exercer sua responsabilidade social que inicia com uma reflexão crítica.
https://doi.org/10.20396/rfe.v2i2.8635504
PDF

O periódico Filosofia e Educaçãoutiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.